Porto Velho (RO) domingo, 26 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Reformulação da Lei de Incentivo à Cultura é tema de audiência na Câmara


          
A realização da audiência foi proposta pela Deputada Federal Marinha Raupp (PMDB)

A proposta de reformulação da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet) foi tema de audiência pública, realizada na última semana, na Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional. Durante o evento, o ministro da Cultura, Juca Ferreira, destacou a necessidade de mudanças no texto da Lei para capacitá-la a atender à produção e à difusão cultural em todas as regiões do país. Ele também enalteceu a iniciativa da deputada Marinha Raupp em propor a audiência por meio de Requerimento aprovado na Comissão da Amazônia.

Durante a audiência, o ministro afirmou que as alterações da atual Lei de Incentivo à Cultura possibilitarão uma maior participação do governo na destinação de recursos a diferentes expressões culturais, em todas as regiões do Brasil. Segundo ele, no atual modelo de financiamento, após a aprovação dos projetos pela Comissão Nacional de Incentivo à Cultura, o governo não tem mais nenhum controle sobre o que será financiado. São as empresas que escolhem quais setores da cultura nacional serão estimulados.          

De acordo com o ministro, o resultado disso “é uma grande concentração dos investimentos nas regiões Sul e Sudeste do país, financiando espetáculos de artistas consagrados, dirigidos a um público de alto poder aquisitivo, que traga retorno à imagem institucional das empresas”. Isso porque, de acordo com dados do Ministério da Cultura, atualmente 80% dos recursos captados para incentivar a cultura nacional são direcionados às regiões Sul e Sudeste, enquanto a Região Norte recebe apenas 3%.

Juca Ferreira também afirmou que a proposta de revisão da Lei Rouanet prevê o fortalecimento orçamentário do Fundo Nacional de Cultura (FNC), a redução dos limites de recursos autorizados à renúncia fiscal, a criação do Vale Cultura para financiar o consumo cultural da população de baixa renda, a criação da Loteria da Cultura, entre outros.

Ao final da audiência, a deputada Marinha Raupp agradeceu a presença do ministro, e afirmou acreditar que a nova Lei de Incentivo à Cultura contribuirá para ampliar os recursos culturais para o Norte e Nordeste, reduzindo as desigualdades regionais. Segundo ela, a nova proposta poderá oferecer subsídios para que os artistas e produtores culturais possam apresentar seus projetos, com os recursos necessários para efetivá-los.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio