Porto Velho (RO) sábado, 25 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica comemora Centenário



Em Rondônia, os campi do Instituto Federal de Rondônia em Colorado do Oeste e Ji-Paraná têm programação voltada para toda comunidade


Nesse dia 23, a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica completa 100 anos de criação e em todo o país os Institutos Federais comemoram a importante data com uma movimentada programação. O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia, através dos Campi Colorado do Oeste e Ji-Paraná, realiza atividades envolvendo alunos, professores e comunidade.

O Instituto Federal de Rondônia foi implantado em dezembro do ano passado, quando o presidente Luis Inácio Lula da Silva sancionou a Lei 11.892 que transformou os antigos Centros Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Cefets) em Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. “Rondônia está recebendo uma rede de Educação Tecnológica de relevância histórica, que tem formado gerações de jovens trabalhadores, deste modo contribuído para o desenvolvimento sustentável do país”, ressalta o reitor do Instituto, professor Raimundo Vicente Jimenez. Os números demonstram que 70% dos egressos dos cursos oferecidos pela Rede estão atuando na sua área de formação.

Rondônia conta hoje com dois campi em funcionamento, o de Colorado do Oeste e o de Ji-Paraná. Estão em construção os campi de Vilhena, Ariquemes e Porto Velho, que começarão a atender no próximo ano. “O país tinha uma dívida com Rondônia, esta dívida agora é sanada com esses cinco campi que vão fornecer educação pública, da educação básica ao ensino superior, com a qualidade que a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica historicamente oferece há 100 anos”, afirma o reitor Raimundo Jimenez.

Programação do Centenário em Rondônia

Para o dia 23, o Campus Colorado preparou o Dia da Integração, em que a comunidade será convidada a conhecer a instituição. Nesse dia haverá o descerramento da placa comemorativa do Centenário, atividades culturais, esportivas e a complementação do plantio de 100 árvores, com o plantio da centésima árvore na cerimônia.

Em Ji-Paraná será realizada a ‘I Mostra de Cultura, Ciência e Tecnologia’, com estandes temáticos, palestras, oficinas e apresentações culturais. A Mostra de Cultura tem como objetivo dar visibilidade ao trabalho do Instituto Federal de Rondônia e socializar informações trabalhadas em sala de aula, abrindo as portas para visitação e disponibilizando à comunidade o produto do investimento realizado com base nos recursos públicos aplicados. 


Um pouco da história do Centenário


Por um decreto de Nilo Peçanha, então presidente da República, o Brasil passou a contar com 19 escolas técnicas federais espalhadas pelo país. O documento, assinado em 23 de setembro de 1909, criou a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica que, ao longo do tempo, cresceu em tamanho e importância. As escolas de aprendizes e artífices deram origem às escolas técnicas federais que, por sua vez, foram transformadas em centros federais de educação profissional e tecnológica (Cefets), passando a atuar também no ensino superior.

Em dezembro do ano passado, os Cefets foram transformados em Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. A transformação, mais uma vez, não se deu apenas no nome. Os Institutos Federais foram investidos de grande responsabilidade na promoção de crescimento e desenvolvimento sustentável nas regiões em que se instalam. A transformação social é uma prerrogativa dos Institutos, um compromisso com a Nação.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio