Porto Velho (RO) terça-feira, 19 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Cultura

Odontologia da FIMCA: Não perca essa oportunidade


 
“Se fosse possível imaginar um mutirão para acabar com a epidemia de cárie no país, os 200.000 cirurgiões-dentistas brasileiros, que representam 10% de todos os profissionais do mundo, necessitariam trabalhar 24 horas por dia, durante 5 anos, só para chegarmos ao nível aceitável de CPOD (Índice de Dentes Cariados, Odontologia da FIMCA: Não perca essa oportunidade  - Gente de OpiniãoPerdidos e Obturados) da OMS - (Organização Mundial de Saúde)”. A afirmativa é da doutora Hilda Maria Montes Ribeiro de Souza, da Fundação Oswaldo Cruz, e reflete o universo de oportunidades de trabalho para quem pretende fazer o curso de Odontologia. 

Mas, além de combater o problema específico da cárie, o cirurgião-dentista atua na prevenção e reabilitação das doenças bucais em geral e suas seqüelas, assim como no diagnóstico de doenças sistêmicas com manifestações bucais, o que amplia ainda muito mais o seu campo de atuação profissional. 

Estrutura do Curso na FIMCA 

Para se inserir com vantagens competitivas nesse mercado de trabalho, o interessado deve optar por uma faculdade que lhe proporcione sólidos conhecimentos científicos e habilidades técnicas, assim como formação humanística, postura ética, responsabilidade social e consciência de permanente aprendizado através de formação continuada. Tudo isso, em Rondônia, pode ser encontrado na FIMCA – Faculdades Integradas Aparício Carvalho, instituição pioneira na formação de cirurgiões dentistas no estado. 

Na FIMCA, o estudante interessado na área de Odontologia dispõe da infra-estrutura ideal e dos melhores professores para uma formação de qualidade. “Nos primeiros três semestres do curso, ele divide as salas de aula com alunos de Medicina, Enfermagem, Nutrição e Farmácia, recebendo uma formação básica sobre as ciências biológicas. O currículo inclui matérias como imunologia, histologia, genética, anatomia e microbiologia”, explica a professora Dra. Mirna Licia Gelle, coordenadora do Curso. 

É a partir do 4º semestre que o acadêmico começa a atender pacientes nas três Clínicas Odontológicas existentes no Campus, uma, inclusive, destinada ao atendimento de recém-nascidos até dois anos de idade. “Mas antes de chegar à parte prática, nossos alunos têm treinamentos com manequins, no Laboratório Pré-Clínico”, esclarece a coordenadora, acrescentando que ao mesmo tempo, nas aulas teóricas, aprendem a fazer diagnóstico bucal (estomatologia), tratamento de canal (endodontia), tratamento de gengiva (periodontia), restaurações diversas (dentística), reabilitação oral (prótese), extrações simples (cirurgia) e têm noções de como corrigir uma arcada dentária (ortodontia). “Importante ressaltar que em todas essas atividades envolvemos nossos acadêmicos com uma formação humanística e social, com ênfase na área de Saúde Coletiva”, concluiu Mirna. 

Inscrições e Bolsa Rotativa 

Odontologia da FIMCA: Não perca essa oportunidade  - Gente de OpiniãoCom a experiência de dez turmas formadas, a FIMCA está com inscrições abertas até o dia 29 deste mês, para o vestibular do Curso de Odontologia, cujas provas serão realizadas no dia 31. As inscrições podem ser feitas pela internet, no endereço www.fimca.com.br, ou pessoalmente na secretaria da instituição, mediante o pagamento da taxa de apenas R$ 25,00 (vinte e cinco reais). 

Os vestibulandos que optarem pelo Curso de Odontologia vão contar este ano, pela primeira vez na história da FIMCA, com o benefício da Bolsa Rotativa. “A Bolsa Rotativa, modalidade de financiamento próprio, através do qual a instituição financia até 50% do curso, não contemplava o Curso de Odontologia. Mas este ano, atendendo a inúmeros pedidos, resolvemos estender o benefício a 30 alunos. Deste modo, o aluno que for aprovado no vestibular para Odontologia e estiver interessado na Bolsa Rotativa, deve encaminhar seu requerimento e, se contemplado, vai pagar apenas R$ 703,45 por mês, durante os cinco anos do curso e, depois de formado, por mais cinco anos”, esclareceu o Dr. Aparício Carvalho, diretor geral da FIMCA. 

A Bolsa Rotativa facilita a vida dos estudantes que enfrentam alguma dificuldade financeira para custear sua formação superior. Ele paga a metade do valor do curso enquanto está estudando, e a outra metade depois de formado. “É um incentivo e um voto de confiança no futuro profissional. No caso do cirurgião-dentista, o mercado de trabalho é muito amplo. Hoje a atuação desse profissional está mais voltada para o serviço público do que para o privado, ao contrário do que era no passado recente.”, concluiu Aparício. 

Fonte: Sergio Mello

Mais Sobre Cultura

Nossos agradecimentos em sol maior para todos e todas que fizeram o Canta Mulher 2019

Nossos agradecimentos em sol maior para todos e todas que fizeram o Canta Mulher 2019

Sonhos de MarçoPorto de sons e sonhos...Em marçouma paisagem sonorade cantos...um cenário a partecenas se repartem ese juntam em melodiasdiferentesDe

FERROVIÁRIOS ELEGEM NOVA EXECUTIVA SOB PROMESSA GOVERNAMENTAL BOTAR O TREM PRA ANDAR

FERROVIÁRIOS ELEGEM NOVA EXECUTIVA SOB PROMESSA GOVERNAMENTAL BOTAR O TREM PRA ANDAR

Porto Velho, RONDÔNIA - Ainda sem local adequado para se instalar e funcionar como em décadas atrás, a nova diretoria da Associação dos Ferroviári

Projeto Sesc Mulher promove um mês inteiro de atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher

Projeto Sesc Mulher promove um mês inteiro de atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher

Em celebração ao Dia Internacional da Mulher (08 de março), o Sesc em todo o Brasil prepara diversas programações sociais. As atividades têm como

Agenda Cultural; Projeto Canta Mulher leva ao palco Show Musical “Sonho Meu”

Agenda Cultural; Projeto Canta Mulher leva ao palco Show Musical “Sonho Meu”

Numa homenagem a Dona Ivone Lara e outras divas do samba, o projeto Canta Mulher 2019, apresenta nos dias 07, 08 e 09 de março o Show Musical “Sonho