Porto Velho (RO) quinta-feira, 23 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

FIMCA realiza programação especial em comemoração ao Dia do Psicólogo


Uma palestra sobre o tema “O Papel Social da Psicologia”, proferida pela Doutora Maria Berenice Alho Tourinho, Magnífica Reitora da UNIR, seguida de uma apresentação da Orquestra de Violões e a exibição da “Expografia em Comemoração aos 50 anos da Psicologia no Brasil”, marcaram as atividades alusivas ao Dia do Psicólogo e aos 50 anos da regulamentação da profissão no Brasil, na noite do dia 27 de agosto no auditório da FIMCA, Faculdades Integradas Aparício Carvalho.

As atividades contaram com a participação de acadêmicos e profissionais da psicologia e com as presenças da professora Valdira Abreu Magalhães Nina Lee de Sá, diretora acadêmica da FIMCA/Metropolitana; da Sra. Mercedes Gurgel, coordenadora da Seção Rondoniense do Conselho Regional de Psicologia; e da professora Maria Cristina Calori, que representou os docentes e discentes do Curso de Psicologia da FIMCA.

50 anos da Psicologia no Brasil

Psicologia é a ciência que estuda o comportamento humano. Essa é a definição mais básica da profissão que completa 50 anos no Brasil. Sua regulamentação como profissão ocorreu em 1962, no período da ditadura militar, com o intuito de refletir sobre a autonomia dos sujeitos.

A área mais conhecida da Psicologia é a chamada clínica, na qual os profissionais atendem em seus consultórios pacientes que buscam diagnósticos, tratamentos ou apenas melhores condições no desenvolvimento da saúde; entretanto a Psicologia não se restringe apenas a esta área. Apresentar a história e as perspectivas desta ciência, sua metodologia, intervenção e inserção no mercado também como outras áreas de atuação foi um dos objetivos do painel “Expografia em Comemoração aos 50 anos da Psicologia no Brasil” que ficou em exposição durante todo o evento.

Concerto da Orquestra de Violões

A programação foi encerrada com um coquetel, servido logo após a apresentação de um concerto musical da Orquestra de Violões da FIMCA, sob a regência do músico Bruno Milliane Cruz.

Muito aplaudida pelos presentes, a Orquestra de Violões da FIMCA é um projeto de extensão que visa estimular a prática da música e do violão dentro e fora da faculdade. O trabalho desenvolvido pelo professor Bruno Milliane Cruz visa ensinar a arte do violão a iniciantes e aprimorar técnicas, leitura musical e estilos daqueles que já possuem conhecimento do instrumento. O repertório trabalhado inclui música de raiz brasileira a peças de caráter erudito.

Seus integrantes são: Kairly (piano), George (flauta transversal), Najaira (violão e voz), Fernanda (violão e voz), Gláucia (violão e voz), Franklin (violão), Cristiano (violão), Roger (violão), Criciano (violão), Felipe (violão), Milton (violão), Jaqueline (violão e voz), Gleiciane (violão e voz) e Diogo (violão).

Fonte: Sérgio Mello
 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio