Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Cultura

Educadores pressionam Congresso pelo fim da DRU no orçamento da Educação


BRASÍLIA - Preocupados com a falta de recursos disponíveis para investimentos na Educação no País, representantes de entidades ligadas à educação criaram, no último dia 11, um comitê de apoio à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 66/2007 que prevê paulatinamente o fim da Desvinculação dos Recursos da União (DRU) em quatro anos sobre o orçamento do Ministério da Educação. A idéia é fazer com que os participantes do grupo se articulem com o objetivo de convencer os parlamentares da importância da aprovação da proposta para o futuro da Educação no Brasil.

A reunião, realizada na Presidência da Comissão de Educação da Câmara, contou com representantes dos organismos internacionais Unesco e Unicef, União Nacional Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), integrantes da "Campanha Nacional Pelo Direito à Educação", da Fundação João Mangabeira e do MEC.

Segundos os participantes, o objetivo do encontro, presidido pelo deputado Rogério Marinho (PSB-RN), autor da proposta, foi entender as justificativas da PEC e seus benefícios ao desenvolvimento da Educação no Brasil. Investir na Educação pública e reverter os dados negativos de desempenho dos alunos demonstrados nas pesquisas do governo são os objetivos do comitê e seus integrantes.

Participante da reunião, o assessor e editor de Educação da Unesco, Célio Cunha, o tema financiamento é importante para a pauta da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados. "O trabalho do comitê será importante para acompanhar a melhoria de todos os índices que acompanham o desempenho do ensino".

Para ele, projeto do deputado é de grande relevância. "Temos de discutir o tema à exaustão. Alcançar metas na qualidade de ensino e canalizar mais recursos para a Educação", disse.

Segundo a vice-presidente da Undime, Justina Iva de Araújo Silva, o envolvimento de educadores nas discussões é importante. "A decisão do deputado de convocar as entidades ligadas à Educação foi sábia. Juntos vamos lutar pelo fim da DRU que vem retirando recursos significativos da educação."

Já a consultora do Unicef, Maria de Salete da Silva, defendeu que haja a implementação de uma administração qualificada para o melhor aproveitamento desses recursos. "Não basta só ter o recurso, mais do que isso, é preciso ter uma gestão qualificada para fazer a aplicação do dinheiro na educação", afirmou.

"O comitê será super importante para acompanhar tudo devido à dimensão dos recursos que envolvem a PEC. Temos de acompanhar de perto todo tramite e saber como é feita aplicação do dinheiro", reforçou a consultora.

Uma nova reunião do grupo ficou agendada para ocorrer na primeira semana de agosto, logo após o recesso parlamentar. Atualmente a matéria tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa.

REDUÇÃO - Pela proposta de Marinho, a incidência da DRU que atualmente é de 20% sobre o orçamento da Educação será reduzida gradativamente nos próximos quatro anos até deixar de existir naquela rubrica. O projeto fixa a redução para 15% em 2008, 10% em 2009, 5% em 2010 e zero em 2011.

Pelos cálculos do parlamentar esse processo representará um acréscimo de mais R$ 17,6 bilhões para investimentos na Educação Básica.  "É um montante de recursos que serão suficientes para a realização de uma verdadeira revolução na Educação neste País", afirmou Rogério Marinho.

O Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) recentemente lançado pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, prevê a necessidade de investimentos da ordem de aproximadamente R$ 18 bilhões para se obter sucesso em sua implementação.

A PEC em tramitação no Congresso, caso aprovada, garantirá os recursos necessários para a execução completa do projeto educacional do governo federal.

Fonte:ASCOM

Mais Sobre Cultura

ASFALTÃO PLANEJA AÇÕES ATÉ O CARNAVAL 2019

ASFALTÃO PLANEJA AÇÕES ATÉ O CARNAVAL 2019

Com bastante antecedência e foco no cumprimento de sua missão, a Escola de Samba Asfaltão realizou no ultimo dia 16 de março, seu Planejamento Estraté

Espetáculo ÌFÉ estreia neste sábado inspirado em figura religiosa histórica de Porto Velho

Espetáculo ÌFÉ estreia neste sábado inspirado em figura religiosa histórica de Porto Velho

O espetáculo ÍFÈ, da Companhia Beradera de Teatro, estreia neste sábado (23), às 20h, em Porto Velho e tem como inspiração a história de importante fi

Nossos agradecimentos em sol maior para todos e todas que fizeram o Canta Mulher 2019

Nossos agradecimentos em sol maior para todos e todas que fizeram o Canta Mulher 2019

Sonhos de MarçoPorto de sons e sonhos...Em marçouma paisagem sonorade cantos...um cenário a partecenas se repartem ese juntam em melodiasdiferentesDe

FERROVIÁRIOS ELEGEM NOVA EXECUTIVA SOB PROMESSA GOVERNAMENTAL BOTAR O TREM PRA ANDAR

FERROVIÁRIOS ELEGEM NOVA EXECUTIVA SOB PROMESSA GOVERNAMENTAL BOTAR O TREM PRA ANDAR

Porto Velho, RONDÔNIA - Ainda sem local adequado para se instalar e funcionar como em décadas atrás, a nova diretoria da Associação dos Ferroviári