Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Cultura

Alunos de Vilhena são capacitados com oficina de artesanato promovida pela Associação Diversidade Amazônica


Alunos de Vilhena são capacitados com oficina de artesanato promovida pela Associação Diversidade Amazônica - Gente de Opinião

A Associação Cultural, Educação, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Diversidade Amazônica (ACEMDA), realizou uma iniciativa transformadora lavando as salas de aula da Escola Estadual Shirlei Ceruti, em Vilhena, em aulas de artesanato.  

Entre os meses de abril e maio deste ano, os alunos tiveram a oportunidade única de mergulhar no mundo do artesanato com palha de buriti, graças à realização da "2ª Oficina de Artes Criativas: Saberes Amazônicos". 

Essa jornada de aprendizado, fruto de uma parceria entre a ACEMDA e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), não se restringiu apenas à confecção de artefatos. Foi um verdadeiro mergulho na diversidade das expressões artísticas, abrangendo desde oficina de grafite até fotografia, proporcionando aos 90 jovens vilhenenses participantes uma imersão multifacetada no universo das artes. 

O artesão Marcio Guilhermon foi professor  dos alunos em uma jornada de descoberta e criação sobre artesanato com palha de buriti. As aulas teóricas foram complementadas por práticas enriquecedoras, onde cada estudante pôde experimentar a magia de transformar simples fibras de palha em obras de arte. 

"Agradecemos imensamente aos servidores e alunos da Escola Shirlei Ceruti pelo apoio e dedicação a este projeto. Expressamos também nossa gratidão ao CMDCA de Vilhena por se unir a nós nesta missão. Este programa desempenha um papel crucial ao fornecer conhecimento prático e estimular habilidades criativas nos adolescentes", ressaltou Andréia Machado, presidente da ACEMDA. 

Ao final do curso, cada participante foi agraciado com um certificado de participação, reconhecendo não apenas seu envolvimento, mas também seu esforço e comprometimento com o processo de aprendizado. Para Andréia Machado, esta é uma etapa fundamental na formação integral dos jovens, fornecendo-lhes ferramentas valiosas para explorar e aprimorar seus talentos artísticos. 

"Através da arte, buscamos não apenas promover a expressão de sua identidade cultural, mas também expandir suas perspectivas de futuro", enfatizou Andréia Machado, destacando o potencial transformador desse projeto na vida dos alunos de Vilhena.

Galeria de Imagens

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Cia de Artes Evolução participa de mais uma edição do projeto ‘Sesc 52’

Cia de Artes Evolução participa de mais uma edição do projeto ‘Sesc 52’

A Cia de Artes Evolução encerrou, na última sexta-feira, mais uma participação no projeto Sesc 52. Esta é a 2ª vez que a Cia participa do projeto, c

Lançamento Oficial da 40ª edição do Arraial Flor do Maracujá acontece no dia 31

Lançamento Oficial da 40ª edição do Arraial Flor do Maracujá acontece no dia 31

No dia 31 de maio, o governo de Rondônia promove o lançamento oficial da 40ª edição do Arraial Flor do Maracujá. O evento vai acontecer às 19h, em u

Livro de contos desafia a imaginação entre realidade e subjetividade

Livro de contos desafia a imaginação entre realidade e subjetividade

Mergulhar nas profundezas da existência e refletir a dualidade entre realidade e subjetividade. Essa é a experiência literária que a poeta e escrito

Padre Júlio Lancellotti

Padre Júlio Lancellotti

Escrita pelo multipremiado escritor paulistano Luiz Eduardo de Carvalho e apresentada com linguagem objetiva, predominantemente jornalística, salpic

Gente de Opinião Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)