Porto Velho (RO) quinta-feira, 23 de maio de 2019
×
Gente de Opinião

Vinício Carrilho

Existem diferenças entre intervenção militar e golpe militar? Por Vínicio Martinez


RESUMO: Entre o direito democrático e a técnica de governo mediante exceções, o Brasil brinca de democracia. A Carta Política não admite exceção ao que a própria Lei Constitucional não faça distinção. Para efeito didático, o texto está dividido em duas partes: 1) Da “suposta” intervenção militar; 2) Força Normativa Democrática da Carta Política de 1988. Foi utilizado o método hipotético-dedutivo e uma pesquisa do tipo bibliográfica, apresentando-se a temática da intervenção constitucional e do golpe militar, para ao final concluir que não há diferença entre um e outro.

PALAVRAS-CHAVE: Carta Política; CF/88; Intervenção militar; Estado de Exceção; Força Normativa da Constituição. Leia artigo completo em PDF, abaixo:

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Vinício Carrilho

A POLÍTICA (do) SURREAL

A POLÍTICA (do) SURREAL

A Constituição Federal de 1988 tem o escopo de uma Carta Política, isto é, tem por pressupostos a Justiça Social e o Direito Democrático

Transmutação ou negativação da CF/88

Transmutação ou negativação da CF/88

O Objeto Negativo da CF88 também revela o recrudescimento da exclusão social e cultural

A Política constrói a luta pelo Direito

A Política constrói a luta pelo Direito

Um conjunto de slides, foi apresentado em Aracati/Ceará, numa palestra para cursos de Direito, Letras, Pedagogia e Serviço Social. Por iniciativa do N

O FASCISMO CRESCE ONDE TERMINA A POLÍTICA

O FASCISMO CRESCE ONDE TERMINA A POLÍTICA

Mas, qual é o direito que vem do berço?