Porto Velho (RO) sábado, 28 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Vinício Carrilho

Epistemologia, método e educação política


 
Vinício Carrilho Martinez

O fato de que 2014 seja um ano eleitoral importante, diferenciado dos demais porque deve ser marcado por temas como a Reforma Política, despertou uma questão antiga – um clássico político – mas de alguma forma já ultrapassado, uma vez que a política ficou tão ruim no Brasil que as pessoas já nem falam mais em métodos e em educação política. Como se este resultado catastrófico – misturando corrupção, má vontade e incompetência – não pudesse mais ser revertido com a participação popular.

Nesta abordagem traremos o mais simples dos métodos analíticos da política longamente aplicados na modernidade do século XX. Para facilitar a compreensão, primeiro o método será exposto por meio de uma tabela, em seguida analisaremos cada item que compõe a mesma tabela. O método, como consta da tabela, é composto de quatro fases e cada fase tem três etapas (subdivisões) que auxiliam na compreensão, como elementos que formam um composto.
Epistemologia, método e educação política - Gente de Opinião
Clique AQUI e leia artigo completo em PDF

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Vinício Carrilho

A morte é institucional

A morte é institucional

Talvez a morte sempre tenha sido institucionalizada no Brasil, desde o capitão do mato. Porém, hoje, demos um passo à frente: o Brasil instituiu a p

Inclusão na Ciência

Inclusão na Ciência

Desde 2020, para nossa coordenação no PPGCTS, Inclusão significou inserção efetiva. Com o sentido, sentimento, de fazer parte e, assim, atuar. Portan

Como seria uma "Ciência Materialista"?

Como seria uma "Ciência Materialista"?

Trata-se de uma resposta muito complexa e que, obviamente, deve recusar toda forma reducionista de pensamento e de abordagem.  Sob a égide do capital

O que é normal?

O que é normal?

Entramos nisso que se chamou de "novo normal". Basicamente trata-se de encarar a realidade excepcional (das condições de exceção, Estado de Exceção