Porto Velho (RO) sábado, 28 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Silvio Persivo

Delação da Odebrecht atinge mais de 230 políticos


Gente de Opinião
 
DELAÇÕES ESTÃO APAVORANDO BRASÍLIA E NÃO SÃO AS DE CUNHA 
 
Brasília está em polvorosa. E a insônia parece ter tomado conta da grande maioria da classe política com as informações de que no acordo de colaboração premiada firmado por quinze diretores (e cerca de cinquenta gerentes) da Odebrecht são apontados mais de 230 políticos como favorecidos diretos de desvios de dinheiro público. Segundo consta é infindável relação que inclui  deputados federais, senadores, ex-ministros, ministros, governadores e ex-governadores na lista investigada. Consta também que, em vários casos, a propina foi efetuada para pagamento de dívidas de campanha (o famoso caixa 2), mas, de qualquer forma a lista seria apenas de doações ilegais. Somente em 2015, a Odebrecht faturou mais de R$ 130 bilhões com negócios no Brasil e no Exterior e foi generosa com os políticos que a ajudaram. Agora a Lava-Jato está atrás de provas adicionais que possam formalizar o acordo de delação. Mas, uma coisa é certa: no grupo de cobradores de propinas delatados constam políticos de todas as siglas, embora a responsabilidade maior seja do PT, era quem governava, há  PMDB, PP, PDT, PSDB, PTB e por aí vai. Pelo jeito as cadeias vão ficar abarrotadas. 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Persivo

O custo (quase) invisível do isolamento

O custo (quase) invisível do isolamento

O presidente Bolsonaro não é um homem que se possa dizer que seja refinado, nem culto, nem que se destaque por manejar as palavras, enfim, por ser u

Rondônia tem o maior rendimento domiciliar per capita da Região Norte

Rondônia tem o maior rendimento domiciliar per capita da Região Norte

O IBGE divulgou hoje os valores dos rendimentos domiciliares per capita referentes a 2019, para o Brasil e unidades da federação, calculados com bas

Arte para quê?

Arte para quê?

A questão do que é a arte e da beleza da arte tem sido um tema sempre permanente nas discussões intelectuais.

REVEILLON: comemoração será multimusical + Lenha na Fogueria

REVEILLON: comemoração será multimusical + Lenha na Fogueria

Lenha na FogueiraNo apagar das luzes ou como se diz no jargão futebolístico, nos acréscimos, a polêmica entre a Sejucel (leia-se, superintendente Jobs