Porto Velho (RO) sábado, 21 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Domingues Junior

O esporte sempre foi empurrado com a barriga


Esporte I

Pouco se falou na campanha eleitoral sobre o esporte. Na briga pela presidência os candidatos debateram Olimpíadas e Copa, como se o tema  se limitasse a eventos e construção de estádios e ginásios. Aqui em Rondônia o assunto também não  ganhou o devido destaque. Talvez pela falta de status. Muita gente acha que esporte é secundário. É para depois do segundo tempo das prioridades. Já ouviu a expressão “ledo engano”? Pois é, ela cabe muito bem aqui.

 

Esporte II

Pensar no esporte como algo que pode ficar para depois é desconhecer a força do tema e as experiências bem sucedidas no Brasil e no mundo. Ações que ajudaram governos a mudar a cara de suas comunidades e gastar menos com segurança e saúde, por exemplo. É óbvio que se houver um trabalho bem feito na base, com crianças e jovens sendo assistidos, será muito menor o investimento em outras áreas. As cidades ficarão mais seguras e menos doentes.

 

Esporte III

A questão é que o esporte sempre foi empurrado com a barriga. Serviu de bandeira política durante muito tempo, mas quase sempre com limitação do campo de debate. Reduzido a quatro linhas de um campo de futebol. Mas  e se as crianças estiverem envolvidas, na escola e nas praças, com as artes marciais, com a natação,  handebol, o xadrez, ou qualquer outra modalidade?

 

Esporte IV

O esporte poder ser um parceiro da educação, do social, do meio ambiente, da secretaria de obras, do Detran, do planejamento, da comunicação, de todo mundo. Quando for levado a sério e passar a fazer parte da vida dos bairros, poderá ser um agente transformador. O adolescente envolvido com a disciplina, o resultado, o preparo físico e mental, a competição, o acompanhamento de profissionais, será um cidadão benéfico para a sociedade como um todo.

 

Esporte V

Em Rondônia a primeira coisa a fazer é separar a secretaria de cultura da pasta do esporte e lazer. Não é nenhuma novidade, mas é algo que precisa ser falado como se fosse um mantra. Com uma secretaria arejada e próxima das demais, será possível planejar ações e adaptar outras ao trabalho feito por setores do governo. Será possível estabelecer metas em parceria com o contraturno escolar. Será possível agir em conjunto com a iniciativa privada, o terceiro setor, as entidades sociais. Falo do futuro, com o desejo sincero de acordar amanhã e ver que as coisas já começaram. Com um país de Olimpíada que seja olímpico. Um Estado rico e promissor, de bem com a vida.

Gente de Opinião

Fonte: Domingues Jr 
Contatos: http://twitter.com/dominguesjunior  - Email: benidomini@hotmail.com / www.bendomingues.blogspot.com
 
Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV / Eventos
 Energia & Meio Ambiente   /   YouTube  / Turismo   /  Imagens da História


 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Domingues Junior

O fantástico mundo acima do subsolo - Por Domingues Jr.

O fantástico mundo acima do subsolo - Por Domingues Jr.

Estou num elevador, a porta se abre, alguém que nunca vi em toda a minha vida diz um amistoso bom dia! Quer dizer, nem sempre é amistoso e nem sempre

Dose pra elefante - Por Domingues Jr.

Dose pra elefante - Por Domingues Jr.

 Tenho encontrado mais alento, verdade, beleza e até humanidade nos programas que vejo no Animal Planet, do que  na maior parte do que a TV exibe hoje

A Tailândia é logo ali - Por Domingues Jr.

A Tailândia é logo ali - Por Domingues Jr.

Temos sim, uma capacidade, um dom, um talento, que pode ser útil para o mundo. Mesmo que, aparentemente, não seja o nosso mundo, nossa cultura, nosso

Errado, eu? Por Domingues Jr.

Errado, eu? Por Domingues Jr.

O whatsapp, com tantas ferramentas incríveis e uma capacidade inigualável de facilitar a vida de tanta gente, também surge como uma besta-sem-freios