Porto Velho (RO) domingo, 15 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Domingues Junior

O dia em que a segunda parou


 
Ela entrou enfurecida aquela manhã, na sede do Ministério Celestial dos Dias e Semanas, o MCDS. Soube que o Chefe estava lá e queria falar com ele: Não aguento mais tanta discriminação, reclamou, horas depois de esperar na fila. Ser segunda-feira é péssimo. Todos os dias da semana tem seu status, seu glamour... A sexta-feira tem até música. Já ouviu alguém cantar “hoje é segundaaaaa-feiraaaaaa”? Então, veja como me sinto. Sábado é dia da feijoada no Brasil e é sagrado pra muita gente. E o domingo também diz que é santo, santarrão... detesto hipocrisia, reclamava com amargura e cara de segunda-feira mesmo. Sobre a terça e a quinta afirmo que as duas ficam com aquele ar de neutralidade, pra ninguém notar que não passam de dois diazinhos sem-graça. A quarta sim, eu respeito: futebol...namoro... cinema mais barato, enfim, tiro o chapéu pra ela.

O Chefe olhava para a segunda e disfarçava uma leve conferida no relógio. É que São Pedro aguardava na sala ao lado porque também estava em crise. Sentia-se culpado e não aguentava mais as reclamações vindas do São Paulo. Pô Pedrão, manéra lá com a minha cidade. É muita água! Para de dizer que a culpa não é da água, mas do piso que não deixa a chuva ir pra lugar algum... Como os dois já não se entendiam muito quando estavam aqui, era hora de gerenciar a crise.

Só que a segunda continuava lá, azucrinando e querendo mudar de dia. Como se isso fosse possível. Chefe, voltava ela à carga, o Garfield ganha a vida comendo lasanha e falando mal de mim. Aliás, todo mundo fala mal de mim. É só tocar a música do Fantástico que já começam a me xingar. Sou o dia seguinte ao descanso. Sou aquela que ninguém queria que chegasse. Imagina como ando me sentindo. Até pensei em fazer um blog, mas não sei se to preparada pra interagir. Imagina o que vão me falar se eu for para as redes sociais...

O que eu faço? Em alguns idiomas não passo de segundo dia. Grande coisa! Em outros sou o dia da lua, piorou. Todo mundo quer saber do sol, do domingão, da praia. Estou fadada ao descaso. Me ajude, pelo amor deVocê

Mesmo! Preciso me reencontrar.

Lembrando que Ele também não descansava há muito tempo, o Chefe estava pronto para mandar a segunda achar o que fazer quando entra Gabriel, avisando que havia um tumulto em função de um boato de que um ex-presidente de um país da América do Sul pensava em ser canonizado vivo. Era a deixa ideal para empurrar a questão para outro dia. Me desculpe, querida, vou ver o que posso fazer por você. Não fale pra ninguém que conversamos sobre isso. E, volte na próxima segunda, ou melhor, venha na terça, às segundas geralmente não me sinto muito bem...
 

Gente de Opinião

Fonte: Domingues Jr 
Contatos: http://twitter.com/dominguesjunior  - Email: benidomini@hotmail.com / www.bendomingues.blogspot.com
 
Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV / Eventos
 Energia & Meio Ambiente   /   YouTube  / Turismo   /  Imagens da História

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Domingues Junior

O fantástico mundo acima do subsolo - Por Domingues Jr.

O fantástico mundo acima do subsolo - Por Domingues Jr.

Estou num elevador, a porta se abre, alguém que nunca vi em toda a minha vida diz um amistoso bom dia! Quer dizer, nem sempre é amistoso e nem sempre

Dose pra elefante - Por Domingues Jr.

Dose pra elefante - Por Domingues Jr.

 Tenho encontrado mais alento, verdade, beleza e até humanidade nos programas que vejo no Animal Planet, do que  na maior parte do que a TV exibe hoje

A Tailândia é logo ali - Por Domingues Jr.

A Tailândia é logo ali - Por Domingues Jr.

Temos sim, uma capacidade, um dom, um talento, que pode ser útil para o mundo. Mesmo que, aparentemente, não seja o nosso mundo, nossa cultura, nosso

Errado, eu? Por Domingues Jr.

Errado, eu? Por Domingues Jr.

O whatsapp, com tantas ferramentas incríveis e uma capacidade inigualável de facilitar a vida de tanta gente, também surge como uma besta-sem-freios