Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de janeiro de 2022
×
Gente de Opinião

Confúcio Moura

CONFÚCIO MOURA: 'Eu preciso de ajuda. Please!'


1 - Nem Platão, nem Sócrates, nem a fama da sabedoria política, nem arte, nem guerra foi capaz de segurar povo grego no pódio da humanidade. Porque os países rodam sempre. E a história não para. Amanhã os 20 países (G-20) mais ricos do mundo estarão em Cannes na França. O Brasil estará presente. Como não há solução pronta e acabada, bem melhor que a Presidenta Dilma chegue em silencio e saia calada. A solidariedade brasileira ficará para depois. Primeiro devemos cuidar do nosso terreiro. Porque na economia é jogo bruto.

2- Quando se ouve tanto falar em crise, melhor acreditar nela. Porque pode ser medida mês a mês na vida dos Estados e Municipios. As transferências obrigatórios podem flutuar. FPM, FPE e outras mais. Como se diz: seguro morreu de velho. Nada de esbanjar e nem ser irresponsável. Quando a seca é prevista deve-se guardar água, comida e vender o gado.

3- Hoje é dia de Finados. Uma homenagem aos nossos mortos queridos. Todo mundo morre. No entanto, em vida devemos construir uma existência sem sofrimento e dor. E fazer o que é possível fazer por ato de vontade. E viver mais tempo, até 100 anos, como aquele indiano que completou uma maratona com esta idade. 42 quilômetros de corrida. Nem tanto, amigo, nem tanto. Mas, não fumar, não engordar, não ao alcoolismo e outras drogas. E cuidar-se direitinho. Para viver bem e muito. Estas coisas dão pra se fazer.

4- Vocês bem sabem como são os médicos e as mães. Sempre dizem as mesmas coisas. Sempre. Cuidado ao atravessar as ruas. Olhem pra um lado e para o outro. Voltem cedo pra casa. Não comam qualquer comida. E se cuidem com as más companhias. O médico: fazer caminhada todos os dias. Mastigar 30 vezes cada porção. Dormir cedo e pelo manos 8 horas. Salada pode abusar. Uma taça de vinho 3 vezes por semana. Namorar a vontade. E xô estresse. Os exames preventivos uma vez ao ano. É sempre assim.

5- Saúde pública – investir pesado em capacitação. Em todos os níveis. Para este quesito não se pode economizar. CETAS? Pra quê CETAS? para treinar o trabalhador em saúde? Então chegou sua hora, para se justificar. Se não – será como ADEUS, cinco letras que choram. Tem mais – é treinamento mesmo, pesado, sério. Com a FIOCRUZ e tudo mais. Universidades, SUAS. Não é este faz de contas de sempre. Deve variar de cursos intensivos, pós-graduações e outros mais. A etapa será esta: capacitar e capacitar.

6- a vocação pelo poder exige certa rusticidade (Mangabeira Unger). Pura verdade. Não dá para governar só com poemas. Nem com declarações de amor. Alguém já me disse também – que governar é a arte de degolar sempre. Eu sou um moderado e me baseio em outro principio: a virtude está no meio.

7- Pra mim democracia se faz com imprensa livre. Claro que ninguém gosta de ser manchete de criticas. Mas, faz parte do processo. Como se diz – na política tem o pires de doce e o sapo. Um de cada vez. Vale o resultado final: mais doce ou mais sapos. Eu nunca liguei pra nenhum jornalista, rádio ou TV pedindo pra me aliviar o couro. Todo mundo trabalha em paz.

8- CONDER – Conselho de Desenvolvimento do Estado de RONDONIA. Tudo bem, incentivar as empresas em troca de empregos é atitude sensata. Sou o Presidente do CONDER. Fui a uma assembléia. Para ser sincero – não gostei. Um xarope. Uma mesmice que enfada. Só irei a próxima, quando a equipe se mexer. Que tipologia de empresa RONDONIA precisa incentivar? Mais frigoríficos? – impossível. Mais laticínios? Não creio e se creio qual a especificidade? E a área de tecnologia, de Educacão, Madeira certificada, serviços especializados, serviços ambientais, calçados, confecção e outros ramos interessantes de negócios? Vamos mudar gente! O tempo ruge.

9- Educacão – para se ter qualidade é preciso começar. Creio que se pode começar com uma escola bonita, bem arrumada, banheiros limpos, com papel higiênico, sabão, torneira funcionando. Um bom começo – lavar as mãos depois de usar o vaso sanitário. você está vendo, que Educacão de qualidade pode iniciar pelo banheiro? E daí pra frente é só dar asas para a imaginação e seguir o caminho que todo mundo sabe. O menino tem que saber ler, escrever e contar. Para isto o caminho é lento, mas, é possível.

10- E aí gente, qual a sua solução para os presídios rondonienses? Alguma coisa está errada. E não vejo vantagem nenhuma. Presos demais, cerca de 8000. Bem mais que muitos Estados brasileiros que tem maior população. No médio e longo prazos – Educacão de qualidade em tempo integral para todos e a implantação da CULTURA DA PAZ, com foco no controle preventivo e curativo dos efeitos nocivos das drogas. Estou construindo mais presídios, mais vagas, nem é rima e nem solução. Faço com o coração partido e os olhos rasos d’água. Eu preciso de ajuda. Please!

Fonte: Blog do Confúcio


 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Confúcio Moura

Urus e Pacaás

Urus e Pacaás

Vou inventar um nome aqui. Aliás, nomes. Porque falar em manter reserva de índio, florestas nacionais ou parques é motivo para ser assassinado. O no

Histórias inacreditáveis

Histórias inacreditáveis

Contar história é também uma arte e um ofício. E cada pessoa, depois de alguns “janeiros” nas costas, vai olhando pra trás e vê pelo retrovisor – a

O salto no escuro (uma história da pandemia COVID-19) Capítulo 60

O salto no escuro (uma história da pandemia COVID-19) Capítulo 60

Falei no capítulo 59 que daria um tempo para continuar com a série. Se não fizer esta pausa, terminarei repetindo demais, indo e voltando. Estou ven

O salto no escuro (uma história da pandemia COVID-19) Capítulo 59

O salto no escuro (uma história da pandemia COVID-19) Capítulo 59

Temos um ano, apenas, de convivência com o coronavírus (Covid-19). E o esforço tem sido enorme pelos profissionais de saúde para, pouco a pouco, ire