Porto Velho (RO) sábado, 19 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Ciro Pinheiro

Cerimonial III: Dicas e Dúvidas


O Cerimonial tem sua origem nas sociedades primitivas. É a linguagem que regulamenta os rituais. Os rituais são paralelos ao aparecimento da humanidade e eram criados para garantir o nascer do sol, o cair da chuva e a fertilização do solo. Com o avanço da civilização, a conexão dos rituais com o místico e o sagrado diminuiu e as relações sociais entre as pessoas passaram a ser disciplinadas por uma estrutura conceitual e convencional regida por um conjunto de preceitos interpretados e dirigidos pelo Cerimonial. A tônica constante do Cerimonial é o respeito recíproco, a solidariedade e a cooperação. No Brasil, o termo Cerimonial foi consagrado pelo decreto 70.274, de 9 de março de 1972, que aprovou as Normas do Cerimonial Publico da República do Brasil e Ordem Geral da Precedência. Atualmente, os cerimonialistas, orientados pelo Comitê Nacional do Cerimonial Público, se empenham na revisão desse decreto, acompanhando a condução política, cultural e social do país. As normas criadas pelo Cerimonial orientam e permitem ao cidadão integrar-se no sistema rítmico do comportamento da sociedade, controlando o acaso e influenciando positivamente o processo da organização social. O Cerimonial evita constrangimentos nas cerimônias públicas, contribui para a preservação da imagem dos governantes e do Estado e coordena a seqüência dos atos para que a cerimônia flua normalmente. O Cerimonial trabalha com detalhes que podem parecer insignificantes mas que têm grande força para determinar a aceitação e a ordem com que se movimentarão os representantes do poder em determinado ambiente. O nosso assunto no próximo comentário será a Ordem Geral de Procedência. Nos três níveis: federal, estadual e municipal. Até lá. Até a próxima. Contatos com Ciro Pinheiro ciro@enter-net.com.br redacao@gentedeopiniao.com.br

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Ciro Pinheiro

Distante - Aplausos - Yedda nos 80 - Sem abnael - Homenagem - Sargentos – promoções na PM

Distante - Aplausos - Yedda nos 80 - Sem abnael - Homenagem - Sargentos – promoções na PM

 DISTANTEEstou em São Paulo desde o dia 2 deste julho, hoje já preparando as malas para a volta para Porto Velho. Fomos, nesse tempo - eu e Penha -

Nova prefeitura na margem do Madeira

Nova prefeitura na margem do Madeira

A mudança da sede da Prefeitura de Porto Velho do “Palácio Tancredo Neves” (que era antes 31 de Março), para o “Prédio do Relógio” foi a melhor inic

Ruas de Porto Velho

Ruas de Porto Velho

Nome de rua em Porto Velho é um caso sério

DE RELÓGIO PARA TANAJURA

DE RELÓGIO PARA TANAJURA

O primeiro prefeito eleito de Porto Velho (1917)