Porto Velho (RO) sexta-feira, 20 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Uma coluna sem papas na língua 30/12/10



No vermelho

Com as constantes quedas no rateio no Fundo de Participação dos Municípios -FPM, a maior parte dos prefeitos brasileiros ameaça encerrar o exercício de 2010 no vermelho. Em alguns estados, existem municípios já praticando economia de guerra para saldar seus compromissos. Em Rondônia, muitos alcaides manifestam também preocupação com a questão do transporte escolar, um drama para as pequenas municipalidades.

 

Tem reajuste

Nos bastidores a informação é que o preço da tarifa de transportes coletivos na capital pode subir de R$ 2,30 para R$ 2,80 a partir de janeiro. A planilha com a proposta de reajuste do Sindicato das Empresas de Transportes- SET já repousa na SEMTRAM para os devidos estudos. O preço médio, no entanto, deverá ser cravado em R$ 2,50 como em outras capitais brasileiras. Como sempre, a chiadeira será grande.

 

A expectativa

Com o noticiário político em baixa por causa do recesso na Assembléia Legislativa e no Congresso, todas as atenções agora estão voltadas à posse do governador Confúcio Moura, seu vice Airton Gurgaz e seu corpo de secretários neste sábado, dia 1º de janeiro. Os deputados que estavam viajando já estão chegando pra o evento, assim como empresários, políticos, convidados etc.

 

Preparativos

Entre os preparativos finais de posse, o governador concluiu ontem um seminário entre seus assessores e secretários, onde explanou sobre seus projetos para o governo que se inicia. O clima é de otimismo, depois do choque de renovação dos quadros técnicos e políticos com as últimas nomeações, Confúcio aposta agora num choque de gestão. Falo dos seus desafios na seção  Do Cotidiano.

 

Crise hoteleira

Para os políticos, empresários e convidados em geral do interior do estado, para a posse do novo governador, aproveito para avisar que é preciso antecipar as reservas nos hotéis. Os índices de ocupação tem chegado a mais de 80 por cento em Porto Velho por conta do que se chama turismo de negócios e a rede hoteleira poderá ter problemas em abrigar tanta gente.

 

As alagações

Com novo maquinário adquirido para tratar da limpeza e combater as alagações, o prefeito Roberto Sobrinho prevê uma temporada menos alarmante em 2011 do que as passadas. Face às doações de terrenos na região do JK e Tancredo na década de 80 e de seguidas invasões, Porto Velho acabou direcionando seu crescimento para a Zona Leste, a região mais baixa da cidade.

 

Falta de planejamento

Por falta de planejamento e mesmo pelo crescimento  desordenado nos anos 80, Porto Velho pena até hoje para corrigir as distorções e demandas urbanas. Com isso serão necessários grandes investimentos para o combate as alagações, canalização de igarapés, infra-estrutura, adensamento etc. A cidade já ultrapassou as fronteiras do Ulysses, Marcos Freire e Ronaldo Aragão. Coisa de louco, são quase 17 quilômetros do centro comercial da Av. 7 de Setembro.

 

 

Do Cotidiano

Mirando bons exemplos

Na procura de bons exemplos para os desafios que terá pela frente a partir de 1º de janeiro, o governador eleito de Rondônia Confúcio Moura (PMDB), desenvolveu suas peregrinações por vários estados e em Brasília onde teve encontros com a bancada federal para falar a mesma língua. O novo governador busca experiências bem sucedidas para enfrentar o colapso no sistema de saúde, o caos estabelecido na segurança pública e demais áreas que atribui prioridade, como educação, moradia, infra-estrutura etc.

Nem assumiu ainda, o futuro mandatário já buscava desamarrar verdadeiros nós para seu governo. Em Brasília, por exemplo,  procurou apoio para resolver as pendências existentes com relação as obras de água e esgoto, travadas pelo Tribunal de Contas da União - TCU. A grande verdade é que o legado de Ivo Cassol e João Cahulla ainda é um enigma para a coalizão de forças ligada ao novo governador, mas o fato da atual administração deixar pagos os salários de dezembro e o décimo-terceiro do funcionalismo público estadual é um indicativo que não haverá surpresas desagradáveis pela frente.

Inovador, criativo, com a cabeça fervilhando de idéias Confúcio Moura que teve duas administrações estupendas em Ariquemes, busca repetir a eficiência. Tem grandes obras para concluir, em fases adiantadas, como o Centro Político Administrativo, o teatro municipal, a rede de água e esgoto na capital.

Na área de transportes, mesmo com a maioria das ligações das cidades fora do eixo da BR 364 já asfaltadas, o novo governo vai enfrentar o período das chuvas onde as estradas vicinais e coletoras são seriamente danificadas prejudicando o transporte de gado, de elite, de madeira e outros produtos agrícolas rondonienses.

Sem dúvidas no entanto, serão as questões da saúde e da segurança pública, os problemas que mais preocupam. Tanto na capital, como no interior as queixas tem se multiplicado neste final de governo e a forte migração para a capital rondoniense provocou um verdadeiro colapso. E com a taxa de homicídios nas alturas e o tráfico de drogas se espraiando no estado – são centenas de pontos de vendas – a segurança pública terá que melhorar muito nos próximos anos.
 

 

Via Direta 

*** Pelo antigo sistema conhecido como “goela abaixo”, o ex-deputado federal Miguel de Souza tomou o comando do PR em Rondônia do prefeito Laerte Gomes *** Miguel é homem de confiança do presidente nacional do PR, Alfredo Nascimento  *** Atenção esposas dedicadas de políticos: teúdas e manteúdas  ganharam apartamentos novinhos em Porto Velho no Natal...   

Siga o Gentedeopinião no Gente de Opinião

 

 



Fonte: Carlos Sperança - csperanca@enter-net.com.br
Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /   YouTube  / Turismo   /  Imagens da História

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

A sonhada conciliação + Até linchamento + Causando terror + O desaparecimento de jovens garotas em Rondônia

A sonhada conciliação + Até linchamento + Causando terror + O desaparecimento de jovens garotas em Rondônia

A sonhada conciliaçãoHá sérias dúvidas sobre a preparação feita pelo chanceler Ernesto Araújo para que o presidente Bolsonaro tenha uma acolhida favo

O milagre do fogo + Léo Moraes fugindo da raia? + Renovação política + Grande duelo

O milagre do fogo + Léo Moraes fugindo da raia? + Renovação política + Grande duelo

O milagre do fogoO liberal gaúcho Gaspar Silveira Martins supunha que “ideias não são metais que se fundem”, mas interesses contrários podem se unir

Propaganda é insuficiente + Movidas à soja + Autonomia gorou + Depenando casas

Propaganda é insuficiente + Movidas à soja + Autonomia gorou + Depenando casas

Propaganda é insuficientePara tristeza da comunidade amazônica, seus problemas não são abordados com a resolutividade necessária. Não é um fenômeno

Fatos desprezíveis + Imigração japonesa + Poder feminino + Caprichando o visual

Fatos desprezíveis + Imigração japonesa + Poder feminino + Caprichando o visual

Fatos desprezíveisEntre fogaréu, as trocas de insultos e notícias falsas trouxeram mais calor que luz para a compreensão dos problemas amazônicos. Al