Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Uma coluna sem papas na língua 20/11/10


 

Ranking de homicídios

No ranking nacional de homicídios não solucionados, o estado de Rondônia esta em nono lugar com 1.991 casos. Proporcionalmente aos outros estados este é um numero assustador, pois Rondônia tem 1.500.000 habitantes, enquanto que o estado de São Paulo com seus quase 40 milhões de habitantes, encontra-se na oitava posição com 2.017 homicídios não desvendados. Coisa de louco!

 

Rei morto, rei posto

Com o governador João Cahulla derrotado nas urnas no último pleito, o presidente regional do PPS, deputado federal Moreira Mendes ensaia uma aproximação com o PMDB do senador Valdir Raupp e do governador Confúcio Moura. O namoro já rendeu a indicação de Moreirão para o cargo de coordenador da bancada federal em Brasília no próximo ano.

 

Bênçãos às avessas

Quando disse aqui nesta coluna que o apóstolo Valdomiro Santiago estava concedendo bênçãos às avessas ao governador João Cahulla e ao senador eleito Ivo Cassol, durante a campanha eleitoral deste ano, nem imaginava que o Ministério Público já estava de olho na irregularidade deste apoio, ou seja, nos showmícios evangélicos transmitidos ao vivo em Porto Velho e Rolim de Moura. O bicho pegou.

 

Choque de gestão?

O governador Confúcio Moura (PMDB) fala em choque de gestão em Rondônia. Felizmente a situação do estado não é tão aflitiva assim. Se  Cahulla Morsa, o El Bigodón, cumprir o acordo de entregar o governo estadual com o pagamento da folha de dezembro e décimo-terceiro em dia, o novo governador encontrará o Palácio Presidente Vargas em boas condições. E com o Centro Político Administrativo para inaugurar...

 

Forças de segurança

O Ministério da Justiça anuncia que vai manter por mais 90 dias as forças de segurança nos estados que  mais padecem com o tráfico de drogas e cujas fronteiras se encontram desprotegidas. Na lista dos estados “beneficiados” estão Acre, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Mato Grosso etc. Em Rondônia estas forças de segurança são quase uma piada, com contingente tão minúsculo: o narcotráfico por aqui continua rolando frouxo, nadando de braçadas.

 

Tráfego pesado

Com a abertura ontem do trecho asfaltado da Avenida Farquhar, entre avenida dos Imigrantes e Estrada do Belmont, a prefeitura de Porto Velho resgata uma das mais importantes reivindicações do populoso Bairro Nacional. O movimento já é intenso, de ônibus e carretas, reduzindo sensivelmente o tempo de acesso daquela população  ao Centro Cívico e ao centro da capital rondoniense..

 

Com asas crescidas

Com asas crescidas, o PC do B começa a discutir sua partici pação no governo Confúcio Moura. A legenda tem como representante na Assembléia Legislativa o deputado estadual Davi Chiquilito Erse e deverá receber uma secretaria, dentro da coalizão de sustentação ao novo governo. Os vermelhinhos, quem diria, ano a ano, vão botando seu bloco na sua.

 

Do Cotidiano
 

A massa crítica
 

Uma compilação de estudos sobre a região amazônica feita pelo Banco Mundial apontou que se o desmatamento da Amazônia atingir a marca de 20%, o aquecimento global se encarregará de destruir o que sobrou. Vale dizer que 17% da floresta já se foi.

Para os cientistas, o efeito conjunto de incêndios, desmatamento e mudança climática empurra a floresta para um estado em que ela perde sua “massa crítica”.

O que acontecerá se, de acordo com as previsões, a floresta da Amazônia se reduzir em níveis intoleráveis para manter a regulação natural? Logo de saída, chuvas mais fortes alternadas por secas mais ferozes, o que vai causar danos à vazão dos rios de toda a bacia.

Nesse caso, como ficam as alegações daqueles tão propagandeados cientistas que negam, a existência do “aquecimento global”. Ficam onde sempre estiveram, pois, a rigor, não há um aquecimento que possa estropiar de uma vez com todo o planeta: o aquecimento sempre vai afetar mais algumas áreas que outras.

Há radicais desmiolados, como um certo Rush Limbaugh, um fundamentalista radical da ultradireita americana, para quem o alerta de aquecimento global é uma sórdida e diabólica mancomunação “comunista” para destruir a angelical civilização das chaminés fumarentas.

Imagine-se o chilique de Mr. Limbaugh quando até o complacente presidente George W. Bush reconheceu que o aquecimento é real e se intensificou por conta da ação humana.

O cenário que se apresenta é a “nordestinização” do Leste da Amazônia, que terá o avanço da vegetação típica do semiárido: até 2025, a região poderá perder 74% de sua atual área de floresta. No Sul da Amazônia, cerca de um terço de floresta tropical será substituído por cerrado até 2025.

A partir daí, como a caatinga, as árvores menores absorverão menos gás carbônico, elevando o aquecimento e o disseminando pelo País. O Nordeste ficará com estiagens ainda mais prolongadas, prejudicando a agricultura e a geração de energia elétrica na região.

Talvez seja a hora de esquecer as teorias conspiratórias e ouvir Thomas Lovejoy, um especialista em biodiversidade que recomenda juntar as informações mais bem apuradas em variados campos e colocá-las no mesmo caldeirão para extrair conclusões gerais.
 

 

Via Direta

 

*** Os tucanos fecharam para balanço e já pensam na reestruturação da legenda para as eleições municipais de 2012*** Nos bastidores se comenta a possibilidade do ex-deputado federal Miguel de Souza assumir uma pasta no governo do PMDB que toma posse em janeiro *** Os novos deputados estaduais já estão escolhendo suas salas na ALE-RO. Marcelino Tenório ficará com a cobiçada sala de Tiziu Jidaias.

 

Siga o Gentedeopinião no Gente de Opinião



Fonte: Carlos Sperança - csperanca@enter-net.com.br
 Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /   YouTube  / Turismo   /  Imagens da História

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Um divisor de águas  + O confronto + A fantasmarada + Forças armadas

Um divisor de águas + O confronto + A fantasmarada + Forças armadas

Um divisor de águas O capital político do presidente Jair Bolsonaro começou com ativo espetacular de 58 milhões de votos e um Ministério recheado d

A sonhada conciliação + Até linchamento + Causando terror + O desaparecimento de jovens garotas em Rondônia

A sonhada conciliação + Até linchamento + Causando terror + O desaparecimento de jovens garotas em Rondônia

A sonhada conciliaçãoHá sérias dúvidas sobre a preparação feita pelo chanceler Ernesto Araújo para que o presidente Bolsonaro tenha uma acolhida favo

O milagre do fogo + Léo Moraes fugindo da raia? + Renovação política + Grande duelo

O milagre do fogo + Léo Moraes fugindo da raia? + Renovação política + Grande duelo

O milagre do fogoO liberal gaúcho Gaspar Silveira Martins supunha que “ideias não são metais que se fundem”, mas interesses contrários podem se unir

Propaganda é insuficiente + Movidas à soja + Autonomia gorou + Depenando casas

Propaganda é insuficiente + Movidas à soja + Autonomia gorou + Depenando casas

Propaganda é insuficientePara tristeza da comunidade amazônica, seus problemas não são abordados com a resolutividade necessária. Não é um fenômeno