Porto Velho (RO) segunda-feira, 19 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Sínodo para Amazônia - Por Carlos Sperança


Sínodo para Amazônia - Por Carlos Sperança - Gente de Opinião

Foi marcado pelo papa Francisco para outubro de 2019 o Sínodo dos Bispos para a Amazônia. Ele recomendou à região “a arte de viver juntos na simplicidade, na benevolência e na fraternidade” e “educar na cultura do respeito e do encontro, que é a base para um futuro”.

A política é um território de disputas. Onde ela falha e os governantes ficam impopulares, cria-se um vácuo a ser preenchido de alguma forma, para o bem ou para o mal. Onde o consenso é alcançado, brota o Estado com regras estáveis e saudáveis de convivência. As crises econômicas cíclicas, porém, abalam as conquistas e produzem novas disputas.

No mundo em crise o Brasil vive internamente uma disputa entre cumprir ou rasgar de vez a Constituição de 1988. Os políticos não sabem se a rasgam de vez ou a remendam. Com isso, os impasses aumentam e se agravam como o caos da insegurança e do sistema prisional.

É duvidoso supor que com Lula preso e sem uma Assembléia Nacional Constituinte desvinculada do Congresso viciado pelos maus costumes que o produziram possa haver um novo consenso no Brasil. Sem isso, cabe apenas atender às recomendações do papa ao Sínodo da Amazônia: que na cultura do respeito às pessoas não se esganem entre ofensas e agressões.


A velha guarda

Sínodo para Amazônia - Por Carlos Sperança - Gente de OpiniãoPolíticos da velha guarda como Amir Lando, Chagas Neto e José Guedes (Porto Velho), Rosaria Helena (Ouro Preto do Oeste), Tiziu Jidaias e Ernandes Amorim (Ariquemes) trabalham pela volta à ribalta política no estado no pleito de outubro. Alguns como postulantes a Assembléia Legislativa, outros pugnando cadeiras para a Câmara dos Deputados ou suplências ao Senado.

A aposentadoria

Sínodo para Amazônia - Por Carlos Sperança - Gente de OpiniãoJá, lideranças da qualidade de José Bianco (ex-governador e ex-senador), Odacir Soares (passagem brilhante no Senado), Assis Canuto (ex-vice-governador, ex-deputado federal e ex-prefeito de Ji-Paraná), optaram pela aposentadoria. O mesmo ocorreu com ex-federais como Edson Fidelis e Francisco Sales e deputados estaduais do porte de Dedé de Melo (Guajara Mirim). 

A soberania

Sínodo para Amazônia - Por Carlos Sperança - Gente de OpiniãoOs deputados estaduais Cleyton Roque (PSB), Só na Bença (MDB) e o ex-prefeito Jean Mendonça (Podemos) brigam pela soberania política na região de Pimenta Bueno nesta temporada de 2018. Todos são pré-candidatos a Assembléia Legislativa de Rondônia. Por enquanto o cacique maior da região é Cleyton Roque, já que emplacou a esposa Juliana na prefeitura de Pimenta no último pleito.

Eleições 2018

Sínodo para Amazônia - Por Carlos Sperança - Gente de OpiniãoEnquanto em outros estados já pipocam as primeiras pesquisas para os governos estaduais, Rondônia ainda está longe de saber quem é quem para o pleito de outubro. A definição dos nomes passa por pendências judiciais e pela formação de grandes agrupamentos. Independente dos nomes lançados, dois blocos começam a polarizar: de um lado aliança liderada pelo senador Acir, de outro a coalizão do senador Ivo Cassol.

A hegemonia

Sínodo para Amazônia - Por Carlos Sperança - Gente de OpiniãoNa eleição de outubro também a hegemonia política estará em jogo no Vale do Jamari, onde o cacique Adelino Follador, o deputado estadual mais votado na eleição passada e que elegeu seu filho Lucas a vice-prefeito em Ariquemes, se tornou a maior referência. Lá a disputa pela ALE tem mais três fortes oponentes, Saulo Moreira, Alex Redano e Ezequiel Junior.
 

Via Direta

Sínodo para Amazônia - Por Carlos Sperança - Gente de Opinião*** Seguem extensas rodadas de negociações entre os partidos para a montagem de um chapão ao governo estadual *** O ex-petista Sidney Orleans e o ex-PSB Julio Olivar reforçam a nominata do Podemos para a Assembléia Legislativa de Rondônia *** Com eleição suplementar ou não para o Palácio dos Parecis, a família do patriarca Melki Donadon larga na frente em Vilhena *** Resta achar um nome entre o clã.    

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Triste despedida - Por Carlos Sperança

Triste despedida - Por Carlos Sperança

Vários deputados estaduais, mesmo com mandatos eficientes, estão se despedindo...

No limite prudencial da LRF, o novo governo de Rondônia vai ter que se espichar para dar conta do recado - Por Carlos Sperança

No limite prudencial da LRF, o novo governo de Rondônia vai ter que se espichar para dar conta do recado - Por Carlos Sperança

Fala-se na redução de secretarias e de cargos comissionados para a economia de recursos

Porto Velho  tem milhares de “rabichos” - Por Carlos Sperança

Porto Velho tem milhares de “rabichos” - Por Carlos Sperança

 A despolitização. Será?Como foi anunciada, a orientação do presidente eleito Jair Bolsonaro aos governadores eleitos pelo PSL nos estados de Rondônia

Governador Marcos Rocha procura formar a sua base aliada - Por Carlos Sperança

Governador Marcos Rocha procura formar a sua base aliada - Por Carlos Sperança

Balaio de incertezasHá 90 anos, quando Werner Heisenberg formulou o “princípio da incerteza”, é evidente que não tratou de sensações humanas, mas da i