Porto Velho (RO) quinta-feira, 30 de junho de 2022
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Rondônia elege governador pelo voto direto pela sétima vez


Rondônia elege governador pelo voto direto pela sétima vez - Gente de Opinião

Cerca de 1 milhão de eleitores votam neste domingo, em 52 municípios, para eleger o governador de Rondônia pela sétima vez desde a criação do estado em 1981. Com governador nomeado – o gaúcho Jorge Teixeira de Oliveira – nas primeiras eleições em 1982 foram eleitos apenas três senadores, oito deputados federais e 24 deputados estaduais para formar a Assembléia Estadual Constituinte.

O primeiro governador eleito pelo voto direto foi o goiano Jerônimo Garcia de Santana (PMDB), em 1986, tendo como vice Orestes Muniz. Santana galgou o Palácio Presidente Vargas depois de ter sido deputado federal por três vezes e prefeito de Porto Velho.

Em 1990, ano da tragédia que vitimou o senador Olavo Pires (PMDB), candidato favorito para ganhar o governo estadual, assassinado na reta final das eleições, disputaram o segundo turno o catarinense Valdir Raupp de Mattos, ex-prefeito de Rolim de Moura e o ex- presidente da Assembléia Legislativa, o rondoniense Oswaldo Piana. Foi uma verdadeira reviravolta nas eleições e com apoio dos prefeitos de Porto Velho, Francisco Chiquilito Erse e José Bianco, de Ji-Paraná, Piana ascenderia ao Palácio Presidente Vargas, sede do governo estadual.

Em 1994 começaria a hegemonia dos políticos do interior ao governo estadual. O rolimorense Valdir Raupp (PMDB), numa das mais sensacionais viradas já ocorridas no estado, derrotou o favorito Francisco Chiquilito Erse (PDT), ex-prefeito da capital. De lá para cá se sucederam representantes do interior no governo estadual: o paranaense José Bianco (PFL), com base em, Ji-Paraná, eleito em 1998 (também ganhando de virada) e o catarinense Ivo Narciso Cassol (PSDB) em 2002, sendo reeleito em primeiro turno em 2006.

Com quase 800 mil eleitores – contra apenas 270 mil da capital -, o pujante interior rondoniense promete continuar dando as cartas na sucessão estadual. Formado majoritariamente por migrantes oriundos dos estados do sul do país, o interior tem feito prevalecer a sua força eleitoral nesta temporada com os candidatos Confúcio Moura (PMDB) e João Cahulla (PPS), respectivamente com bases eleitorais em Ariquemes e Rolim de Moura, que despontam como nomes favoritos para disputar segundo turno.

Na disputa das duas vagas ao Senado, conforme as últimas pesquisas, o ex-governador Ivo Cassol (PP) e os atuais senadores Valdir Raupp (PMDB) e Fátima Cleide (PT) se engalfinham numa disputa renhida.

 

Dormiu deputado,
Acordou suplente

Um dos fatos mais pitorescos das eleições rondonienses ocorreu nas eleições de 1982. Eleito, o deputado estadual Joaquim Azevedo (PMDB-Cacoal), viajouRondônia elege governador pelo voto direto pela sétima vez - Gente de Opinião para São Paulo, onde foi visitar familiares e comemorar uma vitória sofrida – a diferença foi muito pequena – com relação ao seu suplente, Ângelo Angelim (PMDB-Vilhena).

Na ausência de Azevedo, o TRE atendeu recurso de recontagem de votos e por menos de uma dúzia, Angelim tomou a vaga do titular. O resultado transformaria a vida deste deputado com base no Cone Sul: em 1985, indicado pela Aliança Democrática, uma coalizão entre o PMDB e o PFL, Angelim assumiria o governo do estado, substituindo o consagrado governador Jorge Teixeira de Oliveira, considerado o pai da criação do estado.

E quanto ao cacoalense Joaquim Azevedo? Comunicado da perda do cargo, Azevedo quase enfartou, sendo atendido as pressas por médicos na capital paulista. Recuperado do susto, ainda na primeira legislatura, graças à ascensão de Angelim ao governo estadual, Azevedo teria sua vez assumindo o cargo tão sonhado
.

 

Um candidato paraRondônia elege governador pelo voto direto pela sétima vez - Gente de Opinião
As prostitutas em RO

Corriam meados da década de 80, anos dourados para Porto Velho. Era o apogeu do garimpo no Rio Madeira, onde mais de 3 mil balsas e dragas flutuavam entre a capital e a região do Abunã. Com a fartura do ouro em pó, milhares de garimpeiros reforçavam a economia local e com tanto dinheiro circulando as prostitutas acorriam para Porto Velho às milhares, vindas das mais diferentes regiões do país. Calcula-se em estavam por aqui explorando o lenocínio pelo menos umas 10 mil em 1985, quando Porto Velho não tinha alcançado 200 mil habitantes.

Foi neste cenário, que um candidato a deputado estadual resolveu representar as profissionais do sexo nas eleições de 86. O comerciante Jaimar Saraiva – hoje radialista em Manaus – depois de contatos nas boates e na Zona do Baixo Meretrício garantiu apoio das lideranças do segmento e de donas de boates e realizou um grande comício de encerramento na Zona do Roque com a presença de uma verdadeira multidão de prostitutas, seus clientes e aficionados.

Feitas as contas as vésperas das eleições, estimou-se que o representante das mariposas alcançaria pelo menos uns três mil votos, mais do que suficiente para uma cadeira na Assembléia Legislativa na época. Mas o que acabou acontecendo na contagem dos votos foi um verdadeiro fiasco nas urnas: ocorre que as prostitutas não tinham transferido seus títulos de eleitores das suas cidades de origem para Rondônia...

 

Siga o Gentedeopinião no Gente de Opinião



Fonte: Carlos Sperança - [email protected]
 Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /   YouTube  / Turismo   /  Imagens da História

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Eleição e corrupção + Contagem regressiva + Cenário nublado + Baita renovação

Eleição e corrupção + Contagem regressiva + Cenário nublado + Baita renovação

Eleição e corrupçãoÉ fácil acreditar em acusação falsa contra alguém que a pessoa detesta enquanto o discurso anticorrupção demagógico e mentiroso,

Página infeliz + Centro histórico de Porto Velho + Multidão de indecisos

Página infeliz + Centro histórico de Porto Velho + Multidão de indecisos

Página infelizPor mais que estejam na moda escapismos como supor as antigas civilizações amazônicas destruídas por ETs, com Rússia e EUA alimentand

Febre imigratória + Fazendo a diferença + Efeito manada + As projeções

Febre imigratória + Fazendo a diferença + Efeito manada + As projeções

Andorinhas humanasNão poderia passar em branco nos EUA e Canadá a triste notícia de que a andorinha-azul (Progne subis) tem sua população progressi

Pão amargo + União de forças do MDB + Movimentações no interior + José Guedes é pra valer

Pão amargo + União de forças do MDB + Movimentações no interior + José Guedes é pra valer

Pão amargoQuando o Brasil começava a obter ganhos diplomáticos no exterior, o desaparecimento do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista Bru