Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de julho de 2018
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

O governo do PMDB com Temer 'mãos de tesoura', está devendo para Rondônia - Por Carlos Sperança


O espaço multieventos

A prefeitura de Porto Velho e o governo do estado retomaram as negociações em torno do fabuloso e inacreditável Espaço Multieventos na região do Aeroclube. Numa área de 74 hectares, seriam implantados desde a nova rodoviária  que já tem recursos de R$ 42 milhõesO governo do PMDB com Temer 'mãos de tesoura', está devendo para Rondônia - Por Carlos Sperança - Gente de Opinião repassados ao município - até um estádio municipal, num dos empreendimentos mais ambiciosos de todos os tempos em Rondônia.

Na mesma área escolhida poderia ser construído o sonhado bumbódromo, o parque de exposições agropecuárias entre outras pretensões municipais e estaduais que remontam desde a primeira administração do petista Roberto Sobrinho.

Nos últimos dez anos apenas o que avançou em termos do Espaço Multieventos foi uma emenda parlamentar para projetos técnicos e a compra da área pelo prefeito Mauro Nazif. É difícil acreditar que em tempos bicudos, o prefeito HIldon Chaves consiga realizar tudo isto em apenas três anos e meio de gestão. Se construir a nova rodoviária Porto Velho já estará no lucro pois o projeto vai começar do zero, depois de um trabalhão danado do governador Confúcio Moura que acabou desistindo de realizar uma obra tão importante para a capital.




 

A ponte da discórdia

O governo do PMDB com Temer 'mãos de tesoura', está devendo para Rondônia - Por Carlos Sperança - Gente de Opinião

A construção da ponte sobre o Rio Madeira na altura do Abunã tem sido motivo de discórdias entre o governador Tião Viana (PT) e a oposição no Acre. Viana reclamou recentemente que as obras da ponte estavam paralisadas e culpou a falta de empenho dos parlamentares oposicionistas para sua conclusão. O DNIT desmentiu o governador afirmando que a ponte segue. Na verdade as obras continuam, mas tudo meia boca.


 

Mãos de tesoura

O governo do PMDB com Temer 'mãos de tesoura', está devendo para Rondônia - Por Carlos Sperança - Gente de Opinião

Sabem daqueles R$ 132 milhões, de emendas parlamentares conjuntas da bancada federal de Rondônia, destinados a Porto Velho para pavimentação? Pois é, só a metade dos recursos foi liberada e o restante, algo em torno de R$ 60 milhões foram contingenciados pelo governo federal.  O governo do PMDB com Temer “mãos de tesoura”, está devendo para Rondônia. Tem muita obra federal quase parando.

Fórum de Cuiabá

Depois de reclamarem de mais apoio da esfera federal para a vigilância das fronteiras com os países produtores de entorpecentes, os governadores da Amazônia, encerraram na sexta-feira à tarde o Fórum de Governadores realizado em Cuiabá divulgando uma Carta, onde estão inseridas as deliberações do Congresso. Segurança pública foi um dos temas de destaque dos governadores que tiveram encontro com o presidente Temer no MT.

Terra de ninguém

Diante da gravidade da situação da população do Vale do Jamari, e todo o interior do estado, com ocorrências de seqüestros, roubos, assaltos e uma criminalidade crescente, o deputado federal Lucio Mosquini (PMDB) apresentou projeto de lei liberando porte de armas para os proprietários de imóveis rurais em Rondônia. É um projeto polêmico, mas a situação já é desesperadora. Rondônia virou terra de ninguém.

SOS Rondônia

Constatei pelas ruas muita gente preocupada com a liberação dos 80 presos em Porto Velho para o Dia dos Pais, sendo no total 320 em todo o estado. Ora, ora, ora! Só na capital fala-se que temos mais de 2 mil mandados de prisão de ladrões, traficantes, latrocidas, estupradores, sequestradores a serem cumpridos, além de dezenas de presos evadidos dando seus golpes na cidade. É muito bandido a solta. De ficar com cabelos arrepiados...

Via Direta

*** A revitalização do Centro histórico de Porto Velho foi anunciada pelo prefeito Hildon Chaves *** O projeto vem da gestão anterior, do ex-prefeito Mauro Nazif após entendimentos com a classe empresarial da capital *** A estiagem na região do Abunã é severa, obrigando dragagem particular para abreviar a travessia de caminhões de cargas no Rio Madeira *** Nos bastidores já é tida como certa a candidatura do historiador Julio Olivar (PSB) a deputado estadual pela região de Vilhena.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

O magic Confúcio nunca perdeu uma parada - Por Carlos Sperança

O magic Confúcio nunca perdeu uma parada - Por Carlos Sperança

Cenários em escaladaRecentemente apresentado em Manaus pelo Ipea, o estudo “Brasil 2035 – Cenários para o Desenvolvimento” traz um misto de preocupaçã

As convenções - Por Carlos Sperança

As convenções - Por Carlos Sperança

Os partidos já estão programando suas convenções – no período de 20 de julho a 5 de agosto...

Entrou água no Frentãonic lançado em Vilhena - Por Carlos Sperança

Entrou água no Frentãonic lançado em Vilhena - Por Carlos Sperança

A guerra também é nossaUma causa da II Guerra Mundial foi à onda nacionalista decorrente da reação dos EUA à Grande Depressão, que abalou o capita

Temos aí, uma eleição repleta de incógnitas - Por Carlos Sperança

Temos aí, uma eleição repleta de incógnitas - Por Carlos Sperança

Pesquisas indicam que a metade da população não quer votar neste pleito...