Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Confúcio e Raupp voltaram a se aproximar e entraram em acordo - Por Carlos Sperança


Visões macabras

Em meados de 1980 o garimpo do ouro no Rio Madeira atingia o seu ápice criando tantos milionários em Porto Velho. A migração de todo País era intensa para Rondônia, os colonos buscando a doação de terras no interior, mas para a capital, a chegada de contingentes migratórios era de garimpeiros, com suas balsas e dragas tomando conta das águas barrentas do Madeirão.

Num destes primeiros anos da década de 80, com mais de dez mil dragas quase coladas no Rio Madeira e um formigueiro de pessoas nas ruas movimentando o comércio, emergiram alguns milionários do garimpo. Tanto sucesso despertou a cobiça da população. No ano seguinte se atiraram ao Rio Madeira dentistas, médicos e advogados, além de jornalistas, construtores, padres, pastores, políticos, prostitutas, todos mirando a riqueza. E o Madeirão que tinha sido generoso até então se transformou num cenário de terror: o ouro rareou. Surgiam então os latrocínios nas estradas de quem transportava cargas valiosas, os corpos de garimpeiros assassinados eram vistos com freqüência boiando no rio, em visões macabras. E os aventureiros voltando para a cidade como as andorinhas em revoada com as asas quebradas e cheias de dor...




 

Emitindo sinais I

O governador Confúcio Moura (PMDB) que emitia sinais de que seria candidato ao Senado agora confunde todo mundo ao negar a postulação. O que se sabe é que Confúcio e Raupp voltaram a se aproximar e que entraram em acordo, costurado da seguinte forma: Maurão será o candidato ao governo do PMDB em vista da necessidade do partido ter candidatura própria para alavancar os postulantes a Assembléia Legislativa e a Câmara dos Deputados.

Confúcio e Raupp voltaram a se aproximar e entraram em acordo - Por Carlos Sperança - Gente de Opinião

Emitindo sinais II

Na busca de consolidar a candidatura de Maurão, Confúcio vai viajar mais deixando o cargo para o presidente da ALE se projetar. O vice Daniel Pereira, por coincidência, a cada viagem do governador também viaja deixando a função de vice para Maurão. Outro fato interessante é a pequena reforma administrativa em andamento. Geralmente governador candidato esbanja recursos. Confúcio está economizando. Será que ele é para concluir o mandato?


 

No controle

A tradição é de que os cardeais dos partidos com intenção de disputar cadeiras ao Senado ou ao governo tenham controle da legenda para não sofrerem problemas de última hora. Nilton Capixaba (PTB), Ivo Cassol (PP), Acir Gurgacz (PDT), Marcos Rogério (DEM), por exemplo, tem maioria nos seus diretórios. Já Maurão (PMDB) depende do casal Raupp, Amorim (PTB) depende de Capixaba, José Guedes (PSDB) de Expedito e assim por diante.

Pulando cirandinha?

Depois de um tempo rompidos por conta da traição nas eleições de 2014, o presidente da Assembléia Legislativa Maurão de Carvalho (PMDB) voltou a conversar com o ex-senador Ivo Cassol (PP) que preteriu seu nome em favor da sua irmã Jaqueline na peleja ao governo do estado. O encontro foi no gabinete da presidência e nenhum deles revelou o tema, acredita-se que o assunto foi... eleições 2018.


 

A largada

Confúcio e Raupp voltaram a se aproximar e entraram em acordo - Por Carlos Sperança - Gente de Opinião

Caberá as dependências do Clube Ellus Eventos (antigo Forasteiro), na capital, com capacidade de abrigar milhares de pessoas, sediar a convenção estadual do PDT, durante o dia de hoje, tendo como convidados especiais o ex-ministro Ciro Gomes, presidenciável do partido e o presidente nacional da legenda Carlos Luppi. É a grande largada do socialismo moreno para as eleições do ano que vem. O partido também vai discutir suas nominatas a ALE e Câmara dos Deputados.


 

Via Direta

*** Mesmo com as chuvas, o prefeito interino Edgar do Boi conseguiu tocar várias frentes de obras na capital nos últimos dias *** Engenheiro, o bovino é do ramo e sabe fiscalizar bem as obras da municipalidade *** Tudo indica que o prefeito de Ji-Paraná Jesualdo Pies abdicou da disputa de uma cadeira ao Senado no ano que vem *** Mesmo sendo liderança emergente, ele sinaliza que ficará no cargo até o fim do seu mandato.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

NOVO FRENTÃO - Por Carlos Sperança

NOVO FRENTÃO - Por Carlos Sperança

Esta se formando um Frentão para a disputa das cadeiras à Câmara dos Deputados

Cadê as propostas? Por Carlos Sperança

Cadê as propostas? Por Carlos Sperança

Se o uirapuru falasse...A ciência comprovou aquilo que os povos da floresta sempre disseram a respeito do pequeno uirapuru: é a sentinela do passaredo

É grande o canibalismo na disputa a Câmara dos Deputados em PVH - Por Carlos Sperança

É grande o canibalismo na disputa a Câmara dos Deputados em PVH - Por Carlos Sperança

É grande o canibalismo na disputa por cadeiras a Câmara dos Deputados em Porto Velho

A recuperação do tucano - Por Carlos Sperança

A recuperação do tucano - Por Carlos Sperança

Já temos um verão consistente e as obras estão aparecendo mostrando a recuperação da imagem do tucano