Porto Velho (RO) sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Aguarda-se uma surpresa + Novos lançamentos imobiliários + Carta na manga dos evangélicos


Aguarda-se uma surpresa + Novos lançamentos imobiliários + Carta na manga dos evangélicos - Gente de Opinião

Aguarda-se uma surpresa

No mundo em crises que assombram a humanidade com destruição, morte e até a extinção da espécie, como a climática, muitas mágicas políticas e econômicas foram testadas e a cada teste a euforia inicial e os recursos materiais, financeiros e humanos investidos deram em frustração e fracasso.

O neoliberalismo, a magia imposta ao mundo desde as primeiras experiências no Chile de Pinochet, chega ao esgotamento e até o FMI já condena a “austeridade” que antes pregava. Diante de tantas experiências que fracassaram, desde o desenvolvimentismo nacional (que deu em dívida) até a ditadura (que deu na década de 1980 na mãe das atuais crises), só se saiu bem quem apostou que esses planos iriam se dar mal.

Em meio ao ceticismo, quase uma nova religião num mundo que desconfia das instituições e das crenças, está claro que criar o Conselho da Amazônia foi uma resposta aos críticos das controversas políticas ambientais brasileiras, que na lei são um primor e na prática chegam à irresponsabilidade da prevaricação.

No entanto, o fato de ter sido uma resposta formal aos críticos não significa necessariamente que terá o mesmo destino dos conselhos criados para garantir robustas mesadas aos amigos do rei. Os céticos já dizem que não vai dar certo. Os otimistas vão preferir pressionar para ver até onde o Conselho poderá ir. Como dar certo será surpresa, o melhor a desejar é que surpreenda.

.......................................................

Plano diretor

A prefeitura de Porto Velho está atrasada na sua campanha para conscientizar a população no tocante a aquisição de terrenos em loteamentos clandestinos a margem esquerda do Rio Madeira ao longo da BR- 319. Ocorre que centenas de famílias já compraram seus lotes e pequenas chácaras na região e agora sofrerão as penalidades e restrições criadas pelo Plano Diretor. O plano de expansão urbana não contempla aquela região, por conseguinte, os moradores ficarão sem os benefícios de infraestrutura.

Novos lançamentos

O mercado imobiliário se mostra otimista em Porto Velho depois de quatro anos de retração. Entre os novos lançamentos, temos  o Condomínio Cancun, na Zona Norte (depois do Conjunto 4 de Janeiro), numa região de expansão onde já estão em andamento as torres da SBS, o condomínio Vila Bela. Com isto o setor de construção  reage gerando empregos  também na Embratel com vários arranha-céus em andamento. Depois do ciclo das usinas que deixou a capital rondoniense combalida, finalmente boas notícias.

Carta na manga

Nem o deputado estadual Eyder Brasil (PSL), tampouco o deputado federal Crisóstomo (Aliança pelo Brasil). O governador Marcos Rocha teria um outro candidato para chamar de seu para disputar a prefeitura de Porto Velho na eleição de outubro. Uma carta na manga que viria do segmento evangélico, um cara ilustre que participa da sua administração. O ungido pelo CPA ao meio da sua congregação  já é tido como certo nome certo para a peleja. Quem seria?  Quiçá o sabichão  e mandatário dos Portos?

Mais ética?

Numa verdadeira cruzada moralizadora pela ética partidária, o senador Confúcio Moura (MDB-RO) que é vice-presidente nacional do MDB, defende a revitalização da Comissão de Ética e até penalidades como a expulsão para os convencionais faltosos. É um dedo na ferida, já que seu partido é um verdadeiro campeão em casos escabrosos na política brasileira e se a prática moralista for realmente adotada pela legenda – o que não acredito – haveria uma verdadeira debandada do manda brasa.

Prazo dilatado

As entidades municipalistas estão comunicando aos prefeitos rondonienses que o prazo para a apresentação de emendas parlamentares de deputados federais e senadores  - aquelas destinadas ao atendimento das bases nos municípios -foi ampliado até 16 de fevereiro. Portanto, avante alcaides! Rumo à Brasília para tentar incluir suas demandas, sensibilizando os congressistas. O governador Marcos Rocha também está de olho gordo nas emendas conjuntas,  aquelas de bancada, com recursos mais generosos.

 

Via Direta

***Para resolver a questão da extinção dos pequenos municípios, foi apresentada proposta de emenda constitucional para realização de um plebiscito em todo País *** Dificilmente em ano político a matéria será aprovada e os prefeitos e vereadores das cidades atingidas já estão no pé dos congressistas para abortar o projeto *** Impressiona o número de pretendentes na disputa da  prefeitura de Porto Velho em 2020. Muitos forçando a barra para ser vice ou até mesmo disputar a vereança *** Temos  escândalos a vista na área política atingindo mais ex-prefeitos. Em Rondônia é só piscar e se coçar, que já pinta mais uma operação policial de tantos políticos com o poleiro sujo *** A Energisa tem sido mais cuidadosa em suas ações em Rondônia depois de forte reação das comunidades *** Em ano de eleição catimbar é preciso.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

A pauta é grande + Pedetista cotado + A superlotação + A mineração

A pauta é grande + Pedetista cotado + A superlotação + A mineração

A pauta é grande Sem destruir, mentir ou enrolar ninguém, uma empresa amazônica vende garrafas de 750 ml de água extraída do ar da floresta por mód

A tragédia amazônica + Os eleitos + A reeleição + Muitas zebras

A tragédia amazônica + Os eleitos + A reeleição + Muitas zebras

A tragédia amazônicaO cineasta Jorge Bodanzky já lidava com a Amazônia bem antes que a região fosse focada mundialmente como a solução para os prob

O Parlamento Amazônico +  Fervilhando com Garçom + Caça às bruxas + As diferenças

O Parlamento Amazônico + Fervilhando com Garçom + Caça às bruxas + As diferenças

O Parlamento AmazônicoÉ urgente superar, pelo consenso, a polêmica em torno da composição limitada do Conselho da Amazônia, que desagradou aos gove

Um cenário caótico + Dinheiro na praça + A Era Raupp + Mais ilusões

Um cenário caótico + Dinheiro na praça + A Era Raupp + Mais ilusões

Um cenário caóticoAs chuvas que desabaram em Porto Velho no meio de semana comprovaram mais uma vez um cenário caótico no inverno amazônico. As gal