Porto Velho (RO) sábado, 25 de junho de 2022
×
Gente de Opinião

Beto Ramos

É preciso compreender para crescer


 


Por Beto Ramos

Veja a composição de um samba que não é quadrado.

Um samba com muito suor,

disposição e sem vergonha de ouvir um não.

Fizemos um samba, que em dois dias trouxe a alegria

para a nossa população.

Fizemos um samba de poeta.

Do menino buchudo que cresceu,

e que a pedido do menino barrigudo,

que nasceu em São Carlos,

resolveu escrever o que fica longe do quadrado.

Fizemos um samba que até mesmo a chuva veio abençoar.

Um samba que uniu.

Um samba que fez o poeta chorar.

Fizemos um samba,

que ninguém pode reclamar.

Um samba da dificuldade.

Um samba com um chamado para Porto Velho.

Fizemos um samba, onde o diploma de amigo do samba foi assinado pelo povo,

e foi dado ao povo com muita música e só sucesso.

Veja a composição de um samba cheio de sorrisos.

Um samba do resgate da alma do artista.

Fizemos um samba, com Sílvio, Bainha, Ernesto, Chico da Silva e o nosso povo.

Quero ver falarem em quadrado ?

Vou falar sim!

Todos estamos do mesmo lado.

Não estamos em chatas ou navios cargueiros.

Navegamos em canoas no rio Madeira.

E da beira do rio avistamos a nossa cultura.

Cultura plural.

Cheia de gente que necessita fazer acontecer.

O quadrado é o chapéu sempre na mão.

Mas, todos nós precisamos aprender.

Fizemos um samba de porta em porta.

De cem em cem e sem nenhuma vergonha de fazer tudo certo.

Fizemos um samba para a nossa cidade.

O samba nunca foi quadrado.

Quadrado é o saquitel nas noites de Porto Velho.

Quadrado é o paternalismo que sempre nos deixa órfãos.

Veja a composição de uma página para a história.

Fizemos um samba popular.

Não para incomodar, mas, para fazer pensar que tudo é possível.

Que não precisamos de quadrados,

o que precisamos é que acreditem que somos capazes de fazer acontecer.

A nossa cultura beiradeira sempre fica quando o nosso céu se faz moldura.

Então, vamos sambar, dançar CARIMBÓ, toadas e o que ajudar no crescimento

da nossa história.


Diz a lenda
 

Siga o Gentedeopinião no Gente de Opinião



Fonte: Beto Ramos -  [email protected] 
 
Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /  Siga o Gentedeopinião noTwitter  /   YouTube 
 Turismo   /  Imagens da História

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Beto Ramos

DIZ A LENDA – DUZENTOS E CINQUENTA EM QUATRO I

  Os pesadelos não podem ofuscar nossos sonhos. Diante da inconsequência de quem resume a vida dos outros na sua prisão de lamentos, o que nos resta a

DIZ A LENDA.O POETA, A POESIA E O MEDO.

DIZ A LENDA.O POETA, A POESIA E O MEDO.

  Por: Beto Ramos Quando das viagens pelas barrancas do Madeira com o Poeta Mado, presenciamos e convivemos com muitos causos de vivos e visagens. Car

DIZ A LENDA – VELHA SENHORA

DIZ A LENDA – VELHA SENHORA

Por: Beto Ramos   Acordamos cedo. Lavamos o rosto no giral ainda iluminado pela luz da lamparina. Precisávamos passar na fábrica de telha próxima a Ca

DIZ A LENDA – ELOGIO CALOROSO

DIZ A LENDA – ELOGIO CALOROSO

Por: Beto Ramos   Eraste, hoje fomos elogiados calorosamente por um asinino. Interpelado e elegantemente chamado de beradeiro recalcado. Pupunhamente