Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de setembro de 2021
×
Gente de Opinião

Beto Ramos

Diz a lenda – Um olho no padre outro na missa!


Diz a lenda – Um olho no padre outro na missa! - Gente de Opinião

Por: Beto Ramos

 

 Papai Noel esqueceu o meu presente!

Após a noite do Natal, com a roupa vermelha amarrotada, o tal velhinho, que em algumas partes das terras Karipunas poderia ser chamado de o “Tal Velhaco”, enviou-me uma carta, pedindo 10% do valor do meu presente!

- Querido beradeiro, sinto muito, mas é complicada a liberação de alguns presentes, pegue sua canoa e vá pescar em outra freguesia!

Fico imaginando aquele monte de renas que rodeiam o Papai Noel, cada uma ganhando sua porcentagem e esquecendo um monte de Karipunas que estão com um olho no padre e outro na missa.

Bem, tenho um recado ao Papai Noel da cultura dos 10%:

- Já estão de olho na placa do seu trenó!

O trenó vai carregado de muitos ASPONEIS, e com super lotação, alguém pode querer saber dos 10% para liberar o trenó.

Como eu já estou a caminho de um exílio voluntário, onde não existe este trenó e nem estes presentes, vou brincar o carnaval.

Não vou levar nem araruta nem arrozina.

É a maisena o pó do Mistura Fina.

Além de encontrar alguns amigos no A Fina Flor do Samba.

Viva o samba!

Que 2012 seja repleto de transformações e mudanças no terreiro do porto do velho Pimentel.


Diz a lenda

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Beto Ramos

DIZ A LENDA – DUZENTOS E CINQUENTA EM QUATRO I

  Os pesadelos não podem ofuscar nossos sonhos. Diante da inconsequência de quem resume a vida dos outros na sua prisão de lamentos, o que nos resta a

DIZ A LENDA.O POETA, A POESIA E O MEDO.

DIZ A LENDA.O POETA, A POESIA E O MEDO.

  Por: Beto Ramos Quando das viagens pelas barrancas do Madeira com o Poeta Mado, presenciamos e convivemos com muitos causos de vivos e visagens. Car

DIZ A LENDA – VELHA SENHORA

DIZ A LENDA – VELHA SENHORA

Por: Beto Ramos   Acordamos cedo. Lavamos o rosto no giral ainda iluminado pela luz da lamparina. Precisávamos passar na fábrica de telha próxima a Ca

DIZ A LENDA – ELOGIO CALOROSO

DIZ A LENDA – ELOGIO CALOROSO

Por: Beto Ramos   Eraste, hoje fomos elogiados calorosamente por um asinino. Interpelado e elegantemente chamado de beradeiro recalcado. Pupunhamente