Porto Velho (RO) sábado, 21 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Aroldo Vasconcelos

Sobre as ações para a meta fiscal de 2017 e 2018.


 

Francisco Aroldo Vasconcelos, Economista.


Eu li na Reuters que a equipe econômica do governo federal calcula que o contingenciamento necessário para cumprir a meta fiscal de 2017 deve ficar em torno de 30 bilhões de reais; li também que além disso, a ideia é arrecadar cerca de 14 bilhões de reais elevando impostos e outros 14 bilhões de reais com receitas extraordinárias, devendo dessa forma cobrir o rombo detectado de 58,2 bilhões.

Olha isso é mesmo uma necessidade, mas é imperioso que as receitas advindas da cobrança de impostos dos mais ricos, com uma modificação e uma necessária correção urgente na aliquota e na tabela do IR pessoa física e jurídica deve ser apresentada e votada esse ano, posto que a classe média do Brasil não deve arcar sozinha com essa conta, que não fecha desde o ano de 2010, não é de agora não.

Outras medidas impopulares que o presidente e os seus ministros precisam coragem para tomar é a mudança esse ano do ICMS para nivelar em todo o pais a guerra fiscal. E também o ISS para as quase seis mil prefeituras. Passando o imposto estadual nivelado em 12% e o imposto municipal nivelado em 5% auxiliará de imediato à elaboração dos PPA e das LDO e também a LOA em todo o país para o exercício de 2018 que deverá ocorrer para o bem de todos e felicidade geral da nação. E acima de tudo, iniciar urgente uma campanha nacional com os gestores públicos de todas as esferas sobre a arte de controlar gastos operacionais.

Outra medida que o executivo deve tomar e o congresso deve votar até meados de setembro é a questão de encerrar a participação do Estado em empresas que não dizem respeito à sua estrita ação constitucional; isso sim demonstra bastante seriedade de ambos os poderes em tempos de crise social e econômica e pode repercutir mui positivamente no fechamento das contas nacionais em dezembro de 2018, podendo o atual presidente imaginar que terá procedido como a nação espera de alguém que está de passagem.


Francisco Aroldo Vasconcelos de Oliveira
Economista Consultor
Assessoria pública e privada

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Aroldo Vasconcelos

Legislação específica para servidores temporários no Brasil

Legislação específica para servidores temporários no Brasil

Meus caríssimos amigos e amigas leitores da minha coluna no Gente de Opinião, havia dias que eu não manifestava temas aqui, mas as redes sociais e o t

Política Nacional de Manutenção das Estruturas de Estado

Política Nacional de Manutenção das Estruturas de Estado

O Brasil é uma república federativa composta por 26 estados membros e um Distrito Federal (DF) como reza na atual Constituição da República Federati

Qual o valor do agronegócio para o Brasil?

Qual o valor do agronegócio para o Brasil?

O agronegócio segue confirmando o quanto é importante para a economia brasileira. No final da década passada (2020) vários artigos de vários jornais

Cuide bem do seu tesouro; cuide bem de você e de sua família

Cuide bem do seu tesouro; cuide bem de você e de sua família

Pessoal, caros amigos e amigas, irmãos e irmãos, colegas e caminhantes; gostaria de sua atenção por seis ou sete minutos, é o tempo de ler essa mens