Porto Velho (RO) sábado, 21 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Aroldo Vasconcelos

Os próximos 24 meses e os doze trabalhos de Hércules​


 
Diz a lenda que 
Zeus, o rei dos deuses olímpicos, que havia engravidado sua amante, Alcmene, proclamou que o próximo filho a nascer da casa de Perseu seria coroado rei de MicenasHera, sua esposa, ao descobrir o fato, fez com que Euristeu nascesse prematuro de sete meses, antes do filho de Alcmene, Hércules. Zeus enfureceu-se ao saber do que ela havia feito, porém nada pode fazer; sua proclamação continuou em vigor.
 

Mais tarde, já adulto, Hércules assassinou sua esposa, Mégara, filha de Creonte, e seus três filhos, num acesso de loucura provocado por Hera. Quando se deu conta do que havia feito, o herói se isolou, fugindo para o campo e vivendo sozinho. Foi encontrado por seu primo Teseu, e foi convencido a visitar o oráculo em Delfos, para recuperar sua honra. O oráculo lhe contou que, como penitência, Hércules deveria executar uma série de doze tarefas, ou trabalhos, e servir doze anos a Euristeu, e ao final dos trabalhos ele se tornaria imortal.
 

Aqui no Brasil dos dias de hoje temos em semelhança com o caso dos deuses do Olimpo a recente saga das relações tumultuadas do PT e do PMDB, seus aliados , amigos e familiares com a Justiça; onde a Economia e as Relações Internacionais, tomando o lugar de Zeus, impuseram a necessidade de saírem de cena uns e sentarem no trono outros. Aqui no caso, outros é o Temer que tem pela frente a pedreira "herculiana" de recolocar o trem do desenvolvimento nos trilhos e as coisas da politica no seu devido lugar.
 
É fato que, sendo o Temer orientado pelo Oráculo, tem ele dois caminhos sem volta. O primeiro é honrar os compromissos com o Brasil e com a Economia nacional - o que não é fácil e nem prazeroso - e ao final de 2018 receber os louros como herói nacional; o outro, menos bom, será converter ouro em carvão e ser relegado como a sua antecessora ao ostracismo e ignorância histórica.
 
Nosso Hércules que se cuide, pois, mesmo sem a devida condição ou mesmo liderança, vários pseudo-herois e oportunistas de plantão já começaram a reverberar nosso infortúnio nacional e suas qualidades pouco visíveis - Hera não brinca e está armada com veneno.
 
Fica a sugestão para o nosso Hércules atual: não ficar chorando pitangas e se lamentando no campo dos infortúnios e da indecisão, corra e execute com fidelidade os trabalhos que lhe foram imputados pelo Oraculo da redenção nacional.
 
 
Francisco Aroldo
Economista

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Aroldo Vasconcelos

Legislação específica para servidores temporários no Brasil

Legislação específica para servidores temporários no Brasil

Meus caríssimos amigos e amigas leitores da minha coluna no Gente de Opinião, havia dias que eu não manifestava temas aqui, mas as redes sociais e o t

Política Nacional de Manutenção das Estruturas de Estado

Política Nacional de Manutenção das Estruturas de Estado

O Brasil é uma república federativa composta por 26 estados membros e um Distrito Federal (DF) como reza na atual Constituição da República Federati

Qual o valor do agronegócio para o Brasil?

Qual o valor do agronegócio para o Brasil?

O agronegócio segue confirmando o quanto é importante para a economia brasileira. No final da década passada (2020) vários artigos de vários jornais

Cuide bem do seu tesouro; cuide bem de você e de sua família

Cuide bem do seu tesouro; cuide bem de você e de sua família

Pessoal, caros amigos e amigas, irmãos e irmãos, colegas e caminhantes; gostaria de sua atenção por seis ou sete minutos, é o tempo de ler essa mens