Porto Velho (RO) quarta-feira, 13 de novembro de 2019
×
Gente de Opinião

Aroldo Vasconcelos

Organizações do terceiro setor em Porto Velho


Organizações do terceiro setor em Porto Velho - Gente de Opinião
No final de semana passado, realizando pesquisa sobre o tema do terceiro setor, deparei com as informações sobre o município de Porto velho, nossa amada capital centenária, no site transparência e pesquisas do IBGE.

Aliás, gostaria de parabenizar aqueles que desenharam e que administram o referido site, está muito bom, atualizado e de fácil manuseio, diferente de outros sites oficiais onde que para você conseguir informações, quando encontra, leva uma manhã ou uma tarde.

Pois bem, existem no município de Porto Velho, de acordo com o IBGE, 857 organizações de terceiro setor; são as associações privadas, fundações e institutos que desenvolvem várias ações e projetos sociais de caráter complementar e continuado às politicas públicas do Estado. 
E essas entidades de finalidade não econômica, que empregam ou contratam por tempo determinado mais de 3.100 profissionais estão distribuídas nas seguintes modalidades de atendimento, de acordo com os seus Estatutos Sociais:


SAÚDE

CULTURA E RECREAÇÃO

EDUCAÇÃO E PESQUISA

ASSISTÊNCIA SOCIAL

RELIGIÃO

PARTIDOS POLÍTICOS, SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES PATRONAIS E PROFISSIONAIS

MEIO AMBIENTE E PROTEÇÃO ANIMAL

DESENVOLVIMENTO E DEFESA DE DIREITOS

OUTRAS INSTITUIÇÕES PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS

Outro dado relevante diz respeito aos valores relacionados com os salários (renda) envolvida com essa massa de profissionais e trabalhadores que estão no terceiro setor da capital. Algo em torno de R$ 171 milhões de Reais no ano de 2016, remuneração assalariada e de contratos de serviços que movimentam a economia da capital.

Dia desses eu escrevi que uma norma federal que possa dar alívio tributário nos impostos federais e também nos impostos estaduais e municipais poderão render para as associações urbanas e rurais a condição de empregar e de contratar mais pessoas e outros profissionais para a execução de seus projetos.

Alguém de pensamento reto e sã consciência tem dúvidas?

A sociedade ganha duas vezes. No aumento de postos de trabalho e nos resultados sociais que as entidades sociais e de filantropia poderão trazer às comunidades urbanas e do campo.

Vamos lá, deputados e senadores. 

Vamos lá, Ministros e e governadores e prefeitos de todo o Brasil, vamos olhar mais para as possibilidades do terceiro setor organizado.

Graça e Paz.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Aroldo Vasconcelos

Banco de Projetos Sociais em Porto Velho tem o Fundo Solidário

Banco de Projetos Sociais em Porto Velho tem o Fundo Solidário

Todos que me leem desde 2014 aqui na coluna do Gente de Opinião sabe que desenvolvo muitas teses sobre a importância de reduzir o Estado, apoiar mais

Lançamento oficial do livro do economista Francisco Aroldo

Lançamento oficial do livro do economista Francisco Aroldo

O economista Francisco Aroldo, professor, pesquisador, consultor de projetos sociais e privados, escritor e palestrante, fará o lançamento oficial de

Soluções para o desemprego não passa apenas pelo mercado.

Soluções para o desemprego não passa apenas pelo mercado.

O título acima não está errado, apenas uma chamada de atenção para ampliarmos nosso olhar. Estamos desde sempre acostumados a ver apenas postos de t

Investimentos públicos para o ano de 2020

Investimentos públicos para o ano de 2020

Hoje, dia 24 de outubro, de acordo com o cronograma de atividades do PLOA (projeto de Lei do Orçamento Anual para 2020) é o ultimo dia para apresent