Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Aroldo Vasconcelos

Manter as exportações e incrementar novos produtos - Por Aroldo Vasconcelos


Manter as exportações e incrementar novos produtos - Por Aroldo Vasconcelos - Gente de Opinião

Bom dia a todos os nossos leitores do jornal Gente de Opinião, grasso que tenha sido um mês de outubro muito determinante para todos e que possamos ter um final de 2018 cheio de boas lembranças, um saldo positivo de humanidade e aprendizado e que possamos nos renovar para os projetos de futuro.

Sobre esse ultimo, gostaria de hoje falar um pouco mais sobre o futuro da agropecuária de nossa amada Rondônia.

Sobre esse tema da economia rural temos conversado um pouco desde o ano de 2014, não é mesmo?

Pois bem, de posse dos números, e, fazendo uma analise simplificada dos níveis de produção e de exportação de Rondônia nos últimos seis anos, é correto afirmar que os próximos governantes, o nosso governador eleito Marcos Rocha e sua equipe podem ter os olhos fixos na manutenção dos níveis atuais e, também que devemos perceber investimentos em novos produtos desse setor.
 
Gostaria de chamar a atenção para um bom programa de efetivo apoiamento a piscicultura e a suinocultura.

Isso mesmo. Rondônia tem muitas propriedades dedicadas ao peixe e pouca expressão em agregamento de valor e no caso dos suínos, precisamos elevar metas para os próximos quatro (04) anos posto que o consumo interno é de apenas 5 (cinco porcento) da demanda, sendo que compramos carne suína de MT, PR, AC, SC, MS e SP.

Olha ai o campo aberto para os produtores, projetistas, bancos públicos e privados.

Além desse consumo interno, em breve peixes e suínos podendo ser processados, certamente que vão elevar as vendas externas.

O mundo também quer consumir nosso peixe e nosso suíno.

Vamos então aos planos de governo, e ao exercício das negociações em relação ao PPA, fazendo os devidos investimentos em 2019 e 2020 por intermédio da atual secretaria SEDI e da conhecida e atuante SEAGRI.

Outra coisa que pode ser colocada em prática nos próximos anos em Rondônia, com o incentivo do governo do Estado é um bom programa de agro industrialização associativa, juntar a agricultura familiar em associações e cooperativas.
Tem muita gente boa no setor público e também no setor privado que conhece bem essa estratégia.

Vamos copiar os estados do sul e o próprio Goiás.

Pois é um fato que a estrutura fundiária de Rondônia é bastante propícia a esse modelo de produção e comercialização.

Graça e Paz.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Aroldo Vasconcelos

LANÇADAS AS BASES DO TERCEIRO CONSORCIO INTERESTADUAL DO BRASIL

LANÇADAS AS BASES DO TERCEIRO CONSORCIO INTERESTADUAL DO BRASIL

Em meados do ano de 2.018 eu escrevi alguns artigos sobre a criação dos primeiros dois consórcios interestaduais do Brasil, o Brasil Central e o Consó

GOVERNO FEDERAL PRECISA REVOGAR A LEI DE GÉRSON

GOVERNO FEDERAL PRECISA REVOGAR A LEI DE GÉRSON

Existe a Lei de Murphy, conhecida em todo o mundo civilizado

CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2019

CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2019

O tema é bastante pertinente, trata-se da Fraternidade e Politicas Públicas

Uma contribuição técnica para o debate da Energisa, a nova CERON

Uma contribuição técnica para o debate da Energisa, a nova CERON

Que 2.018 foi um ano de muitas emoções para o Brasil, não resta a menor dúvida; mas no quesito energia elétrica, os consumidores dos estados do Acre e