Porto Velho (RO) sexta-feira, 14 de dezembro de 2018
×
Gente de Opinião

Aroldo Vasconcelos

Lançamento da Terceira Edição da Feira Portoagro


Foi na quinta-feira passada, dia 02, portanto a oito dias trás que no auditório do SENAC Esplanada, na capital de Rondônia reuniu-se agricultores, produtores rurais, pecuaristas, empreendedores do meio rural e urbano da cidade centenária com os representantes do governo e da prefeitura municipal para o lançamento oficial da 3ª. Edição da FEIRA PORTOAGRO.

Agora em novo local, com a coordenação geral da secretaria municipal SEMAGRIC e todas as parcerias das outras edições realizadas em 2015 e 2016 no velho conhecido Parque dos Tanques.

A FEIRA PORTOAGRO é na verdade o esforço desde 2014, quando foi elaborado o projeto original, do produtor rural e do pecuarista de Porto Velho em divulgar seu trabalho e seus produtos, gerando a dinâmica motora da economia do agro em todas as suas possibilidades.

Porto Velho e os quatro municípios dessa região norte de Rondônia estão, no setor rural, embasadas em quatro pilares: criação e abate de gado de corte (1,65 milhões de cabeças), produção de leite (179 mil litros/dia), piscicultura (20 mil toneladas), fruticultura e as atividades agricultura de beirada do Rio Madeira e seus afluentes que abastecem as mesas de mais de 100 mil famílias residentes e outras 100 mil pessoas da chamada população flutuante (negócios e turismo) - o que movimenta os bares, lanchonetes, restaurantes e hotéis na capital.

A FEIRA PORTOAGRO 2018 em novo local, na BR 364 vai promover certamente uma impulsão no setor nesse segundo semestre.

A previsão de crédito rural para mais de 200 projetos deve sair em setembro e girar em torno de mais de R$ 100 milhões de reais.

É a força do campo na capital e será realizada de 29 de agosto ao dia 1º de setembro.

Os reflexos de arrecadação para o Estado em termos gerais e compondo os diversos itens da cesta fiscal além do ICMS deverá ficar em torno de 20 milhões de reais que chegam aos cofres no final de setembro e meados de outubro.

Nessa época ali adiante, vamos dar a palavra a SEMFIN e a SEFIN para a possível confirmação.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Aroldo Vasconcelos

Saque das contas do FGTS para pedidos de demissão

Saque das contas do FGTS para pedidos de demissão

Não é de hoje que os trabalhadores do setor privado clamam individualmente e por meio dos seus sindicatos e centrais que o governo possa liberar os

Dados gerais sobre as organizações da sociedade civil no Brasil e Rondônia

Dados gerais sobre as organizações da sociedade civil no Brasil e Rondônia

De acordo com o instituto IPEA em seu documento editado e divulgado recentemente, conhecido como perfil das organizações da sociedade civil do Brasi

Apoio técnico, desoneração e fomento real para organizações de 3° setor

Apoio técnico, desoneração e fomento real para organizações de 3° setor

Para aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de navegar no universo maravilhoso do chamado Terceiro Setor, gostaria de dividir um pouco da expe

Organizações privadas de Terceiro Setor, animem-se!

Organizações privadas de Terceiro Setor, animem-se!

É fato que os vários atores sociais de uma determinada sociedade, em determinado momento se alternam na condução dos rumos das coisas