Porto Velho (RO) sábado, 24 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Aroldo Vasconcelos

Final do primeiro semestre está à porta!


Final do primeiro semestre está à porta! - Gente de Opinião

Nosso último artigo escrito e publicado foi dia 10 de junho e para não perder esse vínculo maravilhoso com os leitores eu resolvi mandar essas poucas frases para nossas reflexões em Rondônia, Porto Velho e no amado Brasil.

 

Este meu jejum de escrever é porque minha amada genitora, Dona Erani Vasconcelos está numa luta grande pela recuperação de sua saúde; desde meados de março - ela já esteve no João Paulo II (Deus seja louvado), por três internações, fez cirurgia no HB e esteve 11 dias no Santa Marcelina - agora está sendo tratada de sepsia (louvado seja Deus) no hospital Samaritano aqui em Porto Velho.

 

Não vou nem falar nada sobre o hospital João Paulo II - infelizmente continua do mesmo jeito de sempre.

 

E esses vai e vem de hospitais e medicamentos e cuidados de noites e dias mal dormidos e passados tem me deixado e a minha família, atônitos.

 

Àqueles que possam rezar e orar em favor da saúde plena dessa maranhense guerreira, eu sinceramente agradeço.

 

Mas, hoje é, para os católicos dia de comemoração da natividade de São João Batista, precursor da pregação e do evangelho de Cristo. Preparou com sua vida dedicada de profeta os caminhos de Jesus, seu primo.

 

Vamos imitar, falar de coisas que nem todos gostam de ouvir: mas lá vai - profeticamente solicito ao nosso Pai amado que dê os rumos e as luzes.

 

Hoje é para todos nós a última segunda feira do mês e antecede para o parlamento nacional e os locais o conhecido recesso de julho. Agora tudo vai ser votado apenas dias 06 e 07 de agosto.

 

Águas nas fervuras, meu senhor - ou panos quentes, por favor! prefiro dizer panos mornos.

 

No mundo das políticas nacionais ao andar dessa carruagem, julho e agosto podem ser mesmo é quentes, pelando as bocas e os bolsos.

 

Pouco feito para quase 180 dias - minha humilde opinião sobre tantos desafios que o Brasil inteiro tem desde sempre.

 

Em Brasilia-DF, salvo algum ou outra coisa velha de 2014, 2016 ou de 2018 - nada, apenas o tremendo tema nebuloso e discordante da reforma da previdência -ninguém se entende até ontem.

 

É preciso mais.

 

Todos estamos vendo nos últimos 36 meses, 24 meses, 18 meses, seis meses que o desemprego galopante não se rendeu às fake news dos lados de esquerda e direita e nem se declinou em razão da apatia meritória do pessoal de centro.

 

Sem grandes decisões politicas a economia e o desenvolvimento capengam, certamente que o crescimento do Brasil em 2019 não chegará a 0,5%.

 

É esperado que o segundo semestre venha com boas e muitas surpresas agradáveis, pois este que finda realmente não acrescentou melhorias significativas ao povo brasileiro.

 

Graça e Paz.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Aroldo Vasconcelos

Mensagem aos gestores públicos do Brasil

Mensagem aos gestores públicos do Brasil

Há no livro sagrado uma passagem onde o servo de Deus: Jó e seus três amigos discorrem sobre tudo e sobre si mesmos como homens justos e sábios, às ve

Palavra do Santo Livro da Vida aos mandatários

Palavra do Santo Livro da Vida aos mandatários

Em todo o mundo católico ontem, domingo, dia do Senhor, ouvimos essa palavra que ao ser analisada com carinho, dá-nos mais uma vez a lição que vem do

Grupo de empresários de Rondônia tem nova agenda em Brasília

Grupo de empresários de Rondônia tem nova agenda em Brasília

O grupo de Empresários e lideranças dos diversos setores produtivos de Rondônia já está buscando nova agenda no Distrito Federal. Desta vez as reuniõe

Representantes do setor produtivo reúnem com o presidente Bolsonaro

Representantes do setor produtivo reúnem com o presidente Bolsonaro

Aqui no estado as lideranças dos diversos segmentos empresariais apontaram desde o mês de fevereiro em reuniões com o governador Marcos Rocha diversos