Porto Velho (RO) sábado, 22 de janeiro de 2022
×
Gente de Opinião

Aroldo Vasconcelos

2015, Ano do diálogo Social como motor do desenvolvimento



Em 2014 escrevi 19 artigos sobre o terceiro setor. Ora nacional, ora da realidade de nosso estado. Vislumbrando o desenrolar das estratégias das organizações, empresas e do governo, sinto que em todo o país é chegada a hora de ampliar e promover o diálogo social entre os três setores. Governo, Empresas e as organizações da sociedade civil e seus movimentos sociais. O mundo anda revolto com tantas dificuldades sociais, econômicas, espirituais e toda a matiz material e nem tanto assim. Estamos ainda de ressaca da chegada do novo milênio; afinal as pessoas esperaram ansiosas pelo ano 2000 desde o século XIX - faz tempo. Para muita gente 10 anos é muito, mas para um povo não; para a humanidade 10 anos é um minuto. Por isso nesses últimos vinte anos ficou meio que adormecido o momento presente. É preciso dialogar. Em casa, na igreja, no campo, no trabalho, nas mídias sociais, no e-mail, nos salões, em todo o lugar é preciso dar mais força para a fala e a conversa. Voltar atrás como há cinquenta anos foi é mero saudosismo nosso; devemos procurar, mover, ir ao encontro; propagar as ideias de melhorias, pois a sociedade melhorada é para todos usufruírem. No campo do desenvolvimento social e econômico não há prosperidade em nenhuma cidade que relega o diálogo, o respeito, a amizade, a ajuda, a solidariedade, a ética e a gestão humanizadas das relações. Rondônia prosperará na medida em que os canais de diálogo sejam abertos e perenes. É preciso cuidar todo dia de tudo. Portante, nesse artigo de inicio de ano, quero dividir com todos esse desejo que é real para muitos e que pode multiplicar. Estado, Sociedade civil e empresas devem unir esforços para alavancar e construir um lugar melhor para todos. Feliz sonhos a todos nós rondonienses que pensamos no dia de ontem, no dia de hoje e nos dias que ainda hão de vir.


***************************************************
Francisco Aroldo Vasconcelos de Oliveira
Economista Gerente de Fomento ao 3 Setor
Secretaria de Estado de Assuntos Estratégicos
Governo do Estado de Rondônia

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Aroldo Vasconcelos

Qual o valor do agronegócio para o Brasil?

Qual o valor do agronegócio para o Brasil?

O agronegócio segue confirmando o quanto é importante para a economia brasileira. No final da década passada (2020) vários artigos de vários jornais

Cuide bem do seu tesouro; cuide bem de você e de sua família

Cuide bem do seu tesouro; cuide bem de você e de sua família

Pessoal, caros amigos e amigas, irmãos e irmãos, colegas e caminhantes; gostaria de sua atenção por seis ou sete minutos, é o tempo de ler essa mens

Por um projeto real de desenvolvimento para o sul da Amazônia

Por um projeto real de desenvolvimento para o sul da Amazônia

Outra vez estamos retomando a questão de planejamento do desenvolvimento regional da região geográfica do sul da Amazônia Brasileira, cujos desafios

Execução Orçamentária e a Arrecadação em Rondônia

Execução Orçamentária e a Arrecadação em Rondônia

A Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPOG), órgão da estrutura do Poder Executivo responsável pelo planejamento, acompanhame