Porto Velho (RO) segunda-feira, 14 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Turismo

Túmulos históricos são reformados em Porto Velho


Gente de Opinião

Major Amarantes

O governo de Rondônia recuperou e reformou os jazigos de dois importantes personagens da história de Rondônia. Trata-se do major Emmanuel Silvestre do Amarante e do poeta Vespasiano Ramos, que estão enterrados no cemitério dos Inocentes, em Porto Velho.

Para uma justa homenagem a estas figuras históricas, a Superintendência Estadual de Turismo (Setur) promoverá uma solenidade nos túmulos, que será conduzida pela Academia Rondoniense de Letras (ARL) e 17ª Brigada de Infantaria de Selva. O evento acontecerá dia 5 de junho, às 17h.

Para o momento solene, foi convidado o pároco da Catedral Metropolitana que fará uma oração, logo a seguir rápidos discursos que farão uma resumida biografia dos homenageados e, em seguida, será dado um toque de silencia por um integrante da banda de música da 17ª Brigada.

Os cemitérios são museus a céu aberto e contam a história de muitos personagens que já se foram e que contribuíram de alguma maneira para a história de Rondônia. Os jazigos estavam completamente abandonados, coberto por mato e sem nenhuma identificação que, segundo o Superintendente da Setur, Julio Olivar, não condiz com o momento de resgate da história de Rondônia.

Gente de Opinião

Escritor Vespasiano Ramos

Olivar lembra que o escritor Vespasiano Ramos foi um poeta maranhense que veio morar em Porto Velho e foi considerado um percussor das letras em Rondônia; poeta admirado em seu tempo por notáveis “literatos nacionais”, com apenas um livro, “Cousa Alguma”, que foi elogiado pela crítica especializada e por membros da Academia Brasileira de Letras. Vespasiano Ramos faleceu aos 32 anos em 1916.

O carioca major Amarante era genro do patrono de Rondônia, marechal Cândido Mariano da Silva Rondon. “A ele o Estado deve muito, pois foi um desbravador dedicado, contribuindo para as instalações de linhas telegráficas, comandou os estudos cartográficos e etnográficos de toda a região, algo notável para o Brasil e para o Mundo no século passado” informou Julio Olivar.

Lembrou ainda que o major Amarante, “homem culto e viajado, morreu em 1929. Aos 49 anos, distante da família, por imperativo de sua dedicação à vida militar e da fidelidade às causas de seu sogo, hoje oficialmente herói da Pátria”, finalizou o superintendente.


Fonte
Texto: Marilza Rocha
Fotos: Divulgação/Setur
Secom - Governo de Rondônia

Mais Sobre Turismo

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Jaci Paraná é um distrito distante cerca de 90 quilômetros da sede, a capital Porto Velho, possui cerca de 18 mil habitantes e foi muito impactado c

Setor de turismo é capacitado para a formatação de roteiros em Porto Velho

Setor de turismo é capacitado para a formatação de roteiros em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho realizou mais uma capacitação on-line tendo como foco o fortalecimento da economia no período pós-pandemia. O tema tratado

Setur assina Carta do Turismo na Amazônia durante Simpósio de Pesca Esportiva

Setur assina Carta do Turismo na Amazônia durante Simpósio de Pesca Esportiva

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), assinou a Carta do Turismo na Amazônia durante o primeiro Simpósio de

Setur e Sebrae iniciam parceria para desenvolvimento do Turismo em Rondônia

Setur e Sebrae iniciam parceria para desenvolvimento do Turismo em Rondônia

Em reunião realizada última semana (11), na sede do Sebrae em Porto Velho, o Superintendente da Setur/RO, Gilvan Pereira, foi recepcionado pela di