Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de janeiro de 2021
×
Gente de Opinião

Turismo

Rio 2016 encerra ciclo de megaeventos organizados pelo Brasil


Nielmar de Oliveira - Repórter da Agência Brasil

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 encerram um ciclo de megaeventos organizados pelo Brasil desde 2007, segundo o presidente do Instituto Brasileiro do Turismo (Embratur), Vinícius Lummertz. A lista começou nos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio; seguido pela Jornada Mundial da Juventude com a vinda do papa Francisco, em 2013; e a Copa do Mundo, em 2014.

“Neste momento em que estamos fechando um ciclo de grandes eventos, o maior benefício está além dos números imediatos, mas muito mais para o retorno midiático que o evento trará para a cidade [Rio de Janeiro] e o país em consequência da exposição mundial do evento, muito superior ao da Copa do Mundo”, disse hoje (8) o presidente da Embratur durante a inauguração de exposição na Casa Brasil, no Píer da Praça Mauá, centro do Rio.

Segundo Lummertz, apesar de mais apelo midiático e do número significativamente maior de telespectadores em todo o mundo, a Rio 2016 atrairá muito menos turistas estrangeiros que a Copa do Mundo. A expectativa é que 400 mil visitantes de outros países venham para a Olimpíada. Na Copa, o Brasil recebeu 1 milhão de estrangeiros.

“O número total de turistas presentes na cidade terá chegado a cerca de 1 milhão, quando somados os mais de 500 mil turistas brasileiros que também vieram ao Rio para os jogos. Já quanto isto trará em divisas para o Brasil não temos estimativas ainda, porque é preciso esperar o final das Olimpíada”, disse.

Apesar no número menor de visitantes, o retorno midiático dos Jogos será muito maior, segundo o gestor da estatal de turismo. A Olimpíada tem 25 mil jornalistas credenciados, 10 mil a mais que a Copa, por exemplo. Além disso, o número estimado de telespectadores dos Jogos em todo o mundo é de mais de 5 bilhões de pessoas, ante 3 bilhões durante a Copa do Mundo.

O presidente da Embratur também enumerou os benefícios que a cidade do Rio terá com a realização da Olimpíada. “O Rio de Janeiro é a porta de entrada para o turismo brasileiro e avançou em alguns poucos anos o que levaria 20 a 30 anos para avançar. Sem falar que dobrou o número de quartos de apartamentos em hotéis da cidade, passando de 28 mil para quase 60 mil. Temos ainda a cidade hoje com um dos mais modernos sistemas de transporte do mundo, equiparando com os mais modernos já existentes.”

Exposição na Casa Brasil

A Exposição Visual Itinerante dos Patrimônios Culturais da Humanidade no Brasil, inaugurada hoje na Casa Brasil ficará aberta até 18 de setembro.

A mostra expõe os sítios brasileiros reconhecidos pela Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e pelo Centro do Patrimônio Mundial e pretende incentivar a comercialização dos patrimônios culturais nacionais como produtos turísticos, considerando a diversidade e os aspectos materiais e imateriais do país.

A exposição, segundo a Embratur, “reforça as ações desenvolvidas pelo instituto que visam divulgar e valorizar a cultura brasileira por meio da promoção internacional do destino Brasil, além de fortalecer as parcerias formadas com o Ministério da Cultura, órgãos estaduais de turismo e instituições ligadas ao setor”.

“Com o fluxo de turistas durante a Rio 2016, criamos um espaço para incentivar o turismo em outras regiões e até em áreas antes timidamente exploradas no exterior. Os dados sobre as preferências dos turistas internacionais demonstram que a cultura, ao lado das belezas naturais, é o maior diferencial competitivo na promoção do turismo brasileiro no mercado turístico global”, destacou Lummertz.

O Brasil tem 13 sítios reconhecidos pela Unesco, cinco bens imateriais como Patrimônio Cultural da Humanidade, além de mais de 40 mil imóveis, 15 mil sítios arqueológicos e inestimáveis acervos de arte e documentos.

Mais Sobre Turismo

Rolim de Moura entra no “Mapa do Turismo”

Rolim de Moura entra no “Mapa do Turismo”

A prefeitura de Rolim de Moura (RO, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SEMMADU) está realizando Inventário

Turismo: destinos turísticos de Rondônia impressionam pela beleza e economia, afirmam servidores

Turismo: destinos turísticos de Rondônia impressionam pela beleza e economia, afirmam servidores

Viajar é sempre uma experiência prazerosa, e é difícil encontrar quem não goste de conhecer novos lugares, fotografar diferentes paisagens e experimen

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

O Ministério do Turismo, Embratur, Governo de Rondônia e Sebrae realizam na próxima segunda-feira, 21 de outubro, o Seminário Investe Turismo. O Siste

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

O Turismo é uma grande mola propulsora dentro da economia de um país. Em Rondônia, seus potenciais estão latentes, necessitando de apoio para seu