Porto Velho (RO) sábado, 18 de setembro de 2021
×
Gente de Opinião

Turismo

Copa:Rede hoteleira registra 80% de ocupação na 1ª semana


 
 

Gente de Opinião

Um levantamento do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), associação que reúne cerca de 600 hotéis em operação e 97 mil unidades habitacionais, indica que a taxa de ocupação do setor nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo chegou a uma média de 80% durante a semana de 11 a 18 de junho – a primeira do Mundial. Os números superam a expectativa inicial, que era de 46% de ocupação em fevereiro e havia subido para 74% em maio.

“As notícias veiculadas pela imprensa nos últimos dias, de que os estrangeiros e turistas em geral estão aprovando a Copa do Mundo no Brasil em todos os quesitos, contrariam o que foi divulgado pela mídia anteriormente ao início do Mundial e colaboram com o aumento nas taxas de ocupação. A decisão dos jogos da segunda fase também foi um fator decisivo para o crescimento das vendas. Grande parte dos hóspedes acaba realizando suas reservas quando os jogos de seus respectivos times se aproximam”, diz Roberto Rotter, presidente do FOHB.

O estudo aponta ainda que foram comercializadas 108 mil novas diárias em vésperas e dias de jogos nessa primeira semana de Copa do Mundo, entre 11 e 18 de junho. Ou seja, 100 mil diárias a mais do que na última consulta divulgada em maio (350 mil). Contando todo o período do torneio até agora, foram comercializadas mais de 450 mil diárias nas 12 cidades-sede.

A cidade de São Paulo, que tem o maior número de leitos do país, está na liderança de vendas deste primeiro período de junho, com mais de 28 mil diárias comercializadas. Na sequência vêm o Rio de Janeiro, com 20 mil, e Belo Horizonte, com 14 mil. Já no ranking das cidades com maior taxa de ocupação, estão o Rio de Janeiro (92%), Salvador (90%) e Cuiabá (88%).

A pesquisa também mostra a comparação entre a ocupação prevista e a realizada em todas as cidades-sede em vésperas e dias de jogos nesta primeira fase da Copa do Mundo, com destaque para as datas específicas das partidas, mostrando um gráfico de evolução, por cidade-sede, com as maiores taxas de ocupação durante os jogos. Em algumas partidas, foram registrados picos de até 95% de ocupação, como é o caso do jogo entre Espanha e Chile, no Rio de Janeiro, além do jogo entre Brasil e México, em Fortaleza, com 92% de ocupação.

» Confira o estudo completo

Fonte: Giuliander Carpes, do Portal da Copa no Rio de Janeiro

Mais Sobre Turismo

Sedam discute propostas para fomentar turismo de pesca esportiva em Rondônia

Sedam discute propostas para fomentar turismo de pesca esportiva em Rondônia

Em benefício do desenvolvimento pesqueiro do Estado, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam) se r

Governo de Rondônia promulga Lei de Política de Turismo e define estratégias de implementação do Plano Estadual de Turismo

Governo de Rondônia promulga Lei de Política de Turismo e define estratégias de implementação do Plano Estadual de Turismo

A Lei n° 5.093 que institui a política estadual de turismo em Rondônia, já está em vigor. O texto foi aprovado pelo Poder Legislativo no dia 17 de a

Setur abre 3ª edição do “Famtour” para exploração turística do Polo Vale do Jamari

Setur abre 3ª edição do “Famtour” para exploração turística do Polo Vale do Jamari

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), anuncia a 3ª edição do “Famtour”, um projeto de familiarização turíst

Turismo em Rondônia é destaque na televisão

Turismo em Rondônia é destaque na televisão

O turismo de Rondônia ganha destaque mais uma vez na SIC TV, uma das afiliadas mais antigas da RECORD TV no Brasil. “Rolê Especial Verão” estreia se