Porto Velho (RO) quinta-feira, 24 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Turismo

Conetur apoia projeto e lança campanha para tornar Porto Velho a capital nacional da pesca esportiva


 

O Conselho Empresarial de Turismo de Rondônia – Conetur – quer tornar Porto Velho a capital nacional da pesca esportiva. O embrião do ousado projeto nasceu da ideia de um grupo de empresários do setor de material náutico e pesca, também amantes dessa prática esportiva na Capital. O Conetur abraçou a ideia e convocou parceiros para discutir o projeto. Na tarde de terça-feira (01), o Conselho se reuniu já para apresentar uma proposta de campanha publicitária para promover o potencial pesqueiro de Porto Velho em âmbito estadual e, numa segunda etapa para dentro e fora do País.

A campanha, desenvolvida pela equipe de comunicação da Fecomércio-RO, instituição que preside o Conselho - foi aprovada pelos presentes. Com o mote: Porto Velho Sport Fishing – a Capital da Pesca Esportiva – a campanha vai enfatizar e divulgar a diversidade e a abundância de peixes nas águas do Rio Madeira, Rio Jamari e de seus afluentes, como o Rio Verde. Estudos recentes feitos pela Usina de Santo Antonio e Unir apontam que Porto Velho possui a maior ictiofauna biogeográfica do planeta. Foram catalogados mais de 800 espécies de peixes.Conetur apoia projeto e lança campanha para tornar Porto Velho a capital nacional da pesca esportiva - Gente de Opinião

Já o Sebrae, também membro do Conetur, apresentou a proposta de desenvolvimento do projeto por etapas envolvendo, ao lado da campanha de marketing, a capacitação da rede hoteleira, de restaurantes, de taxistas, agências de viagens e de guias de pesca voltada à recepção desse turista, um segmento diferenciado que precisa de um tratamento do mesmo nível.

O deputado estadual Léo Moraes, entusiasta do projeto da Pesca Esportiva como atrativo turístico em Porto Velho, participou da reunião e se mostrou disposto a articular apoio político em favor do sucesso dessa iniciativa, em parceria com os demais deputados estaduais .

As capacitações deverão contar com a expertise do SENAC e Sebrae. Para Cláudio Hirogue, um dos idealizadores do projeto, empresário do ramo de pesca e náutica, também desportista nesse segmento, acredita que essa capacitação, especialmente, voltada à formação dos guias de pesca, com certificação, será um grande diferencial. Segundo ele, que já praticou esse esporte, em vários estados brasileiros e no exterior, esse deverá ser um outro grande atrativo para estimular a prática da pesca esportiva em Porto Velho. “ Não há isso em nenhum lugar do Brasil”, assegura o experiente pescador esportivo.

O secretário de Comércio, Turismo, Trabalho e de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Porto Velho, Júlio César Siqueira, titular do Conetur, disse que a Prefeitura está concluindo a elaboração de um projeto também voltado ao turismo de pesca em Porto Velho, mas que agora considera produtivo integrar em um só todas as iniciativas. “Não faz sentido dois projetos para o mesmo objetivo. Vamos integrar as duas ideias”, afirmou o secretário.

O sentido de integração para resultados ficou muito patente na reunião. A secretária executiva do Conselho, Cileide de Macedo, enfatizou que essa é uma premissa do Conetur. “ Acolhemos esse projeto porque ele está dentro dos objetivos estratégicos do Conselho que é afirmar Porto Velho como um forte pólo turístico de Rondônia. A pesca esportiva é um grande potencial e para alavancar a capital como centro nacional desse esporte não precisa de muito. Só de um esforço integrado dos vários atores públicos e privados nesse sentido”, frisou.

Samuel Almeida, diretor administrativo do Sebrae, também reforçou esse aspecto integrador do projeto. “A pesca esportiva é um poderoso filão na capital, vem ao encontro do planejamento estratégico feito pelo Conetur de apoiar e incentivar os vários segmentos do turismo em Rondônia e, em particular em Porto Velho, onde também são fortes os segmentos de eventos, de esporte de aventura e ecoturismo”, salientou.

Além das instituições membros do Conselho Empresarial de Turismo, dos empresários do setor de pesca e náutica, participou da reunião a Associação dos Pescadores Amadores de Rondônia – Sopescar -. Gilmar Jancone, representante da entidade se entusiasmou com a proposta e disse que a Sopescar já realiza um torneio de pesca amadora em Porto Velho e que será muito promissor fazer parte desse audacioso projeto.

Mais Sobre Turismo

Setur promove 2º edição do Workshop com Guias: Turismo e Cultura de Rondônia

Setur promove 2º edição do Workshop com Guias: Turismo e Cultura de Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), promoveu nesta terça-feira (22), o II Workshop com Guias: Turismo e C

Setur vai promover I Workshop Supera Turismo para fortalecer o empreendedorismo no setor

Setur vai promover I Workshop Supera Turismo para fortalecer o empreendedorismo no setor

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur) tem promovido ações de fomento ao Turismo em diferentes eixos, princ

Setur se reúne com municípios que integram os pólos turísticos para desenvolver a pesca esportiva em Rondônia

Setur se reúne com municípios que integram os pólos turísticos para desenvolver a pesca esportiva em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), vem realizando reuniões em vários municípios do Estado com o objetivo

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Jaci Paraná é um distrito distante cerca de 90 quilômetros da sede, a capital Porto Velho, possui cerca de 18 mil habitantes e foi muito impactado c