Porto Velho (RO) sexta-feira, 25 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Turismo

Argentinos devem deixar US$ 100 milhões no Rio no último fim de semana da Copa


Akemi Nitahara
Agência Brasil

Com a expectativa de receber 100 mil turistas argentinos neste fim de semana para assistir à final da Copa do Mundo contra a Alemanha, no domingo, às 16h no Estádio do Maracanã, o Rio de Janeiro espera também que eles injetem US$ 100 milhões na economia do estado.

De acordo com o secretário estadual de Turismo, Cláudio Magnavita, a rede hoteleira das regiões turísticas está com 100% de ocupação a partir de hoje (10) e os hotéis de outras regiões da cidade têm 90% dos quartos ocupados. Além disso, o Terreirão do Samba e o Sambódromo, no centro do Rio, já receberam mais de 200 carros, trailers e motorhomes. A prefeitura de Niterói, na região metropolitana, disponibilizou o espaço do Caminho Niemeyer, com capacidade para 50 veículos.

Magnavita diz que a vinda de tantos turistas em veículos próprios foi uma surpresa e que o governo está monitorando as fronteiras, já que o número pode superar os 500 motorhomes recebidos em Porto Alegre para a partida entre Argentina e Nigéria, na primeira fase da Copa. O secretário reconhece que o país não tem estrutura para receber esse tipo de visitante.

“Uma das fragilidades que foi mostrada na infraestrutura do turismo brasileiro é a inexistência de estrutura para o turismo de camping e motorhomes. Isso é um fenômeno normal, só que no Brasil nós não temos essa cultura, o que nos leva agora, como estado, a criar a obrigação de planejar a instalação desses equipamentos, porque no mundo inteiro esse é um segmento do turismo e no Brasil tivemos a redução por conta da [má] qualidade das nossas estradas. Agora ficou claro que esse é um tipo de turismo que vai ser estimulado, pela própria presença sul-americana por aqui”.

Quanto à recepção dos turistas argentinos, o secretário diz que o objetivo do Rio de Janeiro é ser “campeão como anfitrião, já que não foi possível ser campeão no futebol”. De acordo com ele, um levantamento da Embratur apontou que a imprensa estrangeira aprovou a Copa. “A Copa teve um efeito de mídia positiva no mundo inteiro, com índice de aprovação de 95% entre os jornalistas, que escreveram matérias falando bem do Rio de Janeiro”.

Depois da Copa, o projeto SOS Turista, que ampliou o atendimento a visitantes estrangeiros, será reduzido, para ser retomado nas Olimpíadas de 2016, quando são esperados 10,5 mil atletas e 2 milhões de visitantes no Rio de Janeiro. Durante o Mundial, os postos da secretaria funcionaram na sede do órgão, que fica na Rua Acre, no centro; nos dois terminais de desembarque do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão – Antonio Carlos Jobim; no Aeroporto Santos Dumont, na Delegacia de Atendimento ao Turista (Deat), no Leblon; e no Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur), em Copacabana.

Mais Sobre Turismo

Setur promove 2º edição do Workshop com Guias: Turismo e Cultura de Rondônia

Setur promove 2º edição do Workshop com Guias: Turismo e Cultura de Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), promoveu nesta terça-feira (22), o II Workshop com Guias: Turismo e C

Setur vai promover I Workshop Supera Turismo para fortalecer o empreendedorismo no setor

Setur vai promover I Workshop Supera Turismo para fortalecer o empreendedorismo no setor

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur) tem promovido ações de fomento ao Turismo em diferentes eixos, princ

Setur se reúne com municípios que integram os pólos turísticos para desenvolver a pesca esportiva em Rondônia

Setur se reúne com municípios que integram os pólos turísticos para desenvolver a pesca esportiva em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), vem realizando reuniões em vários municípios do Estado com o objetivo

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Jaci Paraná é um distrito distante cerca de 90 quilômetros da sede, a capital Porto Velho, possui cerca de 18 mil habitantes e foi muito impactado c