Porto Velho (RO) quarta-feira, 18 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Turismo

Abav: Crescimento do turismo é resultado de política de Estado para o setor



 Alana Gandra

Agência Brasil,
Rio de Janeiro - O crescimento do setor de turismo, acima do Produto Interno Bruto (PIB), divulgado hoje (22) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é resultado de uma estratégia definida, a partir de 2002, para o turismo nacional, disse o presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), Carlos Alberto Amorim Ferreira. “[O turismo] virou um programa de Estado, não de governo. E, com isso, foi começando a ser dada mais importância ao setor. Os estados começaram a entender o turismo como economia e os municípios também entenderam que isso poderia gerar emprego e renda”, disse.

De acordo com o IBGE, as atividades de turismo no período apresentaram expansão de 22%, superando os 19,3% de crescimento observados no conjunto da economia brasileira. A contribuição do setor ao PIB, entretanto, permaneceu no mesmo patamar de 3,6%. Para Ferreira, o crescimento “já era mais ou menos esperado, porque desde 2002, com a criação do Ministério do Turismo, esses números vêm crescendo”.

O presidente da Abav disse ainda que as perspectivas para o turismo interno, que mostrou significativa evolução nos últimos anos, são de permanente ampliação, tendo em vista o surgimento, com a melhor distribuição de renda, de uma “classe emergente C e D”, formada por cerca de 25 milhões a 30 milhões de pessoas entrando no comércio de turismo. “Então, esse número não nos surpreende. Eu acredito também que no próximo estudo, de 2007 a 2010, esse número ainda vai crescer mais do que o PIB brasileiro, com toda certeza”.

Ferreira falou ainda dos resultados positivos alcançados pelo setor turístico na Feira das Américas – Abav 2010, que termina hoje, no Riocentro. “Os números vão ser favoráveis também por causa do bom momento da economia”. Segundo ele, os megaeventos esportivos previstos para o Brasil a partir de 2011, envolvendo os Jogos Mundiais Militares, a Copa das Confederações (2013), a Copa do Mundo de Futebol (2014) e os Jogos Olímpicos (2016), farão o movimento turístico crescer muito no país.

“Isso já repercutiu na feira da Abav deste ano. Foram mais expositores presentes, mais países presentes porque o Brasil começa a ser visto lá fora como um potencial destino de passageiros, de turistas, aproveitando que a nossa moeda se fortaleceu bastante. Enfim, os dados são bem positivos”, disse.

Mais Sobre Turismo

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Natureza, ecoturismo e aventura. Essas são as principais motivações dos turistas estrangeiros que visitaram o Norte do Brasil em 2018, de acordo com o

Rondônia tem novo Mapa Turístico aprovado pelo Ministério do Turismo

Rondônia tem novo Mapa Turístico aprovado pelo Ministério do Turismo

O Ministério do Turismo divulgou, na segunda-feira, 26, no Diário Oficial da União, o novo Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021. Ao todo, 2.694 ci

Monte Gordo, um paraíso para veraneio,  a 322 quilômetros de Lisboa

Monte Gordo, um paraíso para veraneio, a 322 quilômetros de Lisboa

A cidade de Monte Gordo, a 322 quilômetros de Lisboa, é um dos principais destinos turísticos do Algarve. Tornou-se conhecida pelas praias com tempera

Municípios do novo Mapa do Turismo Brasileiro serão validados até 30 de julho

Municípios do novo Mapa do Turismo Brasileiro serão validados até 30 de julho

Os governos estaduais têm até o próximo dia 30 de julho para validar a atualização do Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021, que vem sendo cadastrada n