Porto Velho (RO) domingo, 16 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Turismo

Abav: Crescimento do turismo é resultado de política de Estado para o setor



 Alana Gandra

Agência Brasil,
Rio de Janeiro - O crescimento do setor de turismo, acima do Produto Interno Bruto (PIB), divulgado hoje (22) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é resultado de uma estratégia definida, a partir de 2002, para o turismo nacional, disse o presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), Carlos Alberto Amorim Ferreira. “[O turismo] virou um programa de Estado, não de governo. E, com isso, foi começando a ser dada mais importância ao setor. Os estados começaram a entender o turismo como economia e os municípios também entenderam que isso poderia gerar emprego e renda”, disse.

De acordo com o IBGE, as atividades de turismo no período apresentaram expansão de 22%, superando os 19,3% de crescimento observados no conjunto da economia brasileira. A contribuição do setor ao PIB, entretanto, permaneceu no mesmo patamar de 3,6%. Para Ferreira, o crescimento “já era mais ou menos esperado, porque desde 2002, com a criação do Ministério do Turismo, esses números vêm crescendo”.

O presidente da Abav disse ainda que as perspectivas para o turismo interno, que mostrou significativa evolução nos últimos anos, são de permanente ampliação, tendo em vista o surgimento, com a melhor distribuição de renda, de uma “classe emergente C e D”, formada por cerca de 25 milhões a 30 milhões de pessoas entrando no comércio de turismo. “Então, esse número não nos surpreende. Eu acredito também que no próximo estudo, de 2007 a 2010, esse número ainda vai crescer mais do que o PIB brasileiro, com toda certeza”.

Ferreira falou ainda dos resultados positivos alcançados pelo setor turístico na Feira das Américas – Abav 2010, que termina hoje, no Riocentro. “Os números vão ser favoráveis também por causa do bom momento da economia”. Segundo ele, os megaeventos esportivos previstos para o Brasil a partir de 2011, envolvendo os Jogos Mundiais Militares, a Copa das Confederações (2013), a Copa do Mundo de Futebol (2014) e os Jogos Olímpicos (2016), farão o movimento turístico crescer muito no país.

“Isso já repercutiu na feira da Abav deste ano. Foram mais expositores presentes, mais países presentes porque o Brasil começa a ser visto lá fora como um potencial destino de passageiros, de turistas, aproveitando que a nossa moeda se fortaleceu bastante. Enfim, os dados são bem positivos”, disse.

Mais Sobre Turismo

Turismo: destinos turísticos de Rondônia impressionam pela beleza e economia, afirmam servidores

Turismo: destinos turísticos de Rondônia impressionam pela beleza e economia, afirmam servidores

Viajar é sempre uma experiência prazerosa, e é difícil encontrar quem não goste de conhecer novos lugares, fotografar diferentes paisagens e experimen

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

O Ministério do Turismo, Embratur, Governo de Rondônia e Sebrae realizam na próxima segunda-feira, 21 de outubro, o Seminário Investe Turismo. O Siste

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

O Turismo é uma grande mola propulsora dentro da economia de um país. Em Rondônia, seus potenciais estão latentes, necessitando de apoio para seu

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Natureza, ecoturismo e aventura. Essas são as principais motivações dos turistas estrangeiros que visitaram o Norte do Brasil em 2018, de acordo com o