Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Sergio Pires

Milei assume com a missão de salvar a Argentina, mas nada conseguirá sem o Brasil, seu maior parceiro comercial no continente


Milei assume com a missão de salvar a Argentina, mas nada conseguirá sem o Brasil, seu maior parceiro comercial no continente  - Gente de Opinião

O domingo agenda a posse de um dos mais novos e mais controvertidos líderes políticos da América Latina dos últimos anos. Uma espécie de Bolsonaro piorado, sem freios, da direita conservadora, um extremista como os são alguns ditadores (o exemplo mais notório é Nicolas Maduro, o que está destruindo seu país e seu povo) Javier Milei chega com a simbologia de Salvador da Pátria, o que, por si só, é um risco. Ele vai liderar um país que já foi exemplo para a economia mundial, mas que sucessivos governos esquerdistas conseguiram tornar quase insolvente, como uma dívida interna impagável; com uma externa que tem que se renegociada a cada dois anos, no mínimo; com uma inflação batendo nos 140 por cento e com cerca de 40 por cento dos argentinos vivendo na pobreza, quando, antes do esquerdismo, esse percentual não chegava a 10 por cento. Milei ganhou a eleição literalmente no grito, berrando ofensas aos seus adversários, prometendo ressuscitar seu país, o fazendo ressurgir das cinzas, qual uma Fênix. E ganhou inclusive ofendendo o presidente Lula, afirmando, entre outras bizarrices, que não negociaria com um país comandado por um comunista e ladrão. Passada a disputa, MIlei teve que se desculpar, claro, inclusive fazendo um convite oficial para que Lula estivesse em sua posse, o que, obviamente, não ocorrerá. Quem estará lá será o ex-presidente Jair Bolsonaro, fã de Milei e a quem o novo presidente argentino vive enchendo de elogios. A direita se une, enquanto a esquerda é quem continua mandando em vários países da América Latina.

A Argentina é o maior parceiro comercial do Brasil, na nossa região, a quem vendemos muito e de quem compramos bastante. No ano passado, o Brasil exportou para lá nada menos do que 15 bilhões e 300 milhões de dólares, enquanto compramos deles 13 bilhões e 100 milhões. Ou seja, tivemos um saldo positivo desta balança comercial de 2 bilhões e 200 milhões de dólares. Seria insano, tanto do lado argentino quanto do brasileiro, que se criasse uma guerra política. Os dois lados seriam muito prejudicados, mas, principalmente, o lado de lá. Enquanto as batalhas ideológicas certamente vão prosseguir, aquilo que interessa mesmo, que é a grana (e ela quase sempre se sobrepõe à política e a politicagem) vai continuar unindo os dois lados. Lula como candidato foi um, como Presidente é outro. Picanha e felicidade para todos foi só discurso. Certamente é o que acontecerá com Milei. No palanque, ofensas, palavrões e ataques aos adversários ideológicos. Na prática, ele vai querer mesmo é tirar seu país do fundo do poço. E não conseguirá isso, sem a parceria com o Brasil. Discursar em palanque é uma coisa, governar é outra, muito, mas muito diferente. Que o digam Lula e Javier Milei!

 

CONFÚCIO DESABAFA, DIZ QUE NÃO É COMUNISTA, QUE É DA BASE DE LULA E QUE NÃO ACEITA “OS FREIOS DA DIREITA”!

Foi uma espécie de texto/desabafo. Criticado no Estado onde teve uma das mais brilhantes e compeltas carreiras políticas (duas vezes prefeito; deputado federal; duas vezes governador) Confúcio Moura está irritado com o racha social em seu Estado, apenas em direita e esquerda. E deixou isso bem claro no seu blogdoconfúcio, na edição dominical. Deixando que sempre foi de centro-esquerda e que hoje faz parte da base aliada do governo do presidente Lula, Confúcio relembrou: “ Nas minhas alianças, sempre junto com PDT, PT, PCdoB, PSD e aceitava apoios do PSDB. Os de direita sempre foram arredios a apoios”, acrescentando ainda que “Em Rondônia não havia, ainda, uma direita sectária e polarizada, como existe hoje!”. Embora não respondesse diretamente aos que o têm criticado por suas pautas ambientalistas (a criação de onze novas reservas no Estado, no final do seu governo, é um dos maiores alvos das críticas), Confúcio deixou claras suas posições. “Quem for desmatador compulsivo, quem for madeireiro ilegal, quem for invasor de unidades de conservação, quem for de acabar com os rios e igarapés, quem for contra o meio ambiente, por favor, aceito de vocês a oposição”. Também deu um recado claro à direita: “Não queira me ajustar aos freios da direita. Não sou de direita. Deixo bem claro. Os meus votos no Senado ou minhas posições, como cidadão, são claramente, contra a ditadura e este mundo de radicalismos que se vê e ouve por aí. Meu voto é centrado na coerência. Na minha história. No meu conhecimento acumulado. Eu não entro na onda do radicalismo. Do extremismo. Fique bem claro, eu sou de centro esquerda. Caso, este modelo esteja ultrapassado, que me deixe ser assim mesmo. Não quero mudar. Não vou mudar. Comunista não sou”. Recado dado! 

.

PRIMEIRA ETAPA DA RODOVIA DO BOI ESTÁ NA RETA FINAL. ELA FOI REDUZIR EM 100 QUILÔMETROS O TRAJETO PARA ESCOAMENTO DA NOSSA PRODUÇÃO

Mais de 200 milhões de reais serão investidos numa grande obra de Rondônia, que está sendo pouco falada (a não ser na região que beneficia) e que anda a passos céleres. Não tão rápida quanto a construção da Rodoviária de Porto Velho, mas célere sim, apesar da sua grandeza e da necessidade de uma infraestrutura diferenciada, que custa muito e que normalmente é um serviço demorado. A RO 370 tem o nome pomposo de TransRondônia, mas que é chamada pelo apelido que pegou, aliás como pegam todos os apelidos: Rodovia do Boi. Ela tem uma extensão total de 195 quilômetros e será pavimentada em diferentes etapas. É a primeira delas, que sai de Corumbiara, no extremo sul do Estado e vai até a localidade de Trevo da Pedra. Essa primeira fase totaliza 84 quilômetros, dos quais 70 quilômetros já estão pavimentados e com toda a estrutura necessária, incluindo-se aí um asfalto em Concreto Betuminoso Usinado Quente – CBUQ, com 10 centímetros de espessura e mais de 200 chamadas obras de arte, com pontes, galerias e bueiros. A Rodovia do Boi será de fundamental importância para o transporte de gado e produtos agrícolas, encurtado em cerca de 100 quilômetros a ligação com o município de Parecis e sempre correndo paralelamente à nossa maior rodovia federal. Facilitar o escoamento da produção, por uma estrada nova e de qualidade, representará aos produtores menos custo no transporte e ao consumidor, preços finais menores. A obra está sendo executada pelo DER estadual, comandado por Eder Fernandes e é tratada como absoluta prioridade nos planos do Palácio Rio Madeira/CPA, de onde o governador Marcos Rocha monitora todo o andamento dos serviços.

 

SALÁRIO DE DEZEMBRO E 13º SÓ DO ESTADO VÃO COLOCAR MEIO BILHÃO DE REAIS NA ECONOMIA DURANTE ESTE DEZEMBRO

A sexta-feira chega com quase 258 milhões de reais entrando na economia de Rondônia. Isso mesmo! Toda essa grana bate nos bancos e vai para o bolso dos mais de 56 mil servidores do Estado, que recebem sua segunda parcela do 13º salário. Daqui a duas semanas, outro tanto de dinheiro cairá na conta dos servidores, que receberão, antes do Natal, o seu salário referente a Dezembro. A Prefeitura da Capital também paga o 13º e salário de Dezembro, tudo junto, no dia 20, uma quarta-feira, bem antes do Natal. A Assembleia Legislativa igualmente quita salários e 13º dos seus servidores antes do Natal, assim como a grande maioria das Prefeituras do Estado e Câmaras de Vereadores. O governador Marcos Rocha destaca que o pagamento em dia é um compromisso inarredável. “Estamos mantendo firme o nosso propósito de cumprir o calendário de pagamentos, e sempre que possível, também pagamos antes do previsto, mantendo a preocupação com o bem-estar dos servidores”. As vendas no comércio, impulsionadas pelas várias promoções lideradas por CDL e Fecomércio, entre outras entidades (como os Domingões, que começaram no último final de semana na zona suil) certamente vão dar um salto, quando todo esse dinheiro começar a cair no bolso dos donos dos contracheques certamente darão um salto. Mesmo com todas as dificuldades do ano, há otimismo entre os lojistas rondonienses, tanto dentro do Porto Velho Shopping quanto fora dele. O Natal tende a ser gordo!

 

ASFALTO, NOVA AVENIDA, FESTA NO PARQUE DA CIDADE: TUDO ISSO NÃO SUPERA A ALEGRIA DE HILDON COM A NOVA RODOVIÁRIA

O prefeito Hildon Chaves anunciou asfalto para mais três bairros da cidade, o que se somará mais onze quilômetros aos mais de 700 já realizados durante seu governo de cinco anos. Praticamente todos os dias, acompanhado de secretários, Hildon anda pela Capital, vendo de perto os serviços, cobrando providências, conversando com os porto-velhenses. Mas ele continua mesmo é encantado com a nova Rodoviária, obra que tem tido uma velocidade inesperadamente positiva. Na semana passada, quando a colocação do telhado do prédio foi praticamente concluido, o Prefeito fez questão de gravar mais um vídeo para as redes sociais, comemorando o andamento das obras e deixando claro sua alegria em ver uma das mais esperadas realizações do seu governo, até agora. Também nessa semana, a entrega das duas pistas da avenida Santos Dumont, ligando o Espaço Alternativo aos bairros da zona norte, foi mais um evento importante, assim como a iluminação de Natal no Parque da Cidade, fundos do Porto Velho Shopping. A má notícia dos últimos dias foi o anúncio da empresa vencedora da licitação para concluir um núcleo de casas populares, ter desistido da obra. Felizmente, a Prefeitura vai concluir o trabalho com recursos próprios, depois de ter rompido o contrato anterior. Hildon está chegando ao final do ano com muitos avanços a comemorar, mas sem dúvida a construção da Rodoviária, em ritmo acelerado, tem sido o principal motivo da alegria do Prefeito, nas últimas semanas.

 

ROCHA E THOMÈ: RONDÔNIA PARTICIPOU ATIVAMENTE DA COP 28, QUE SE REALIZA ATÉ TERÇA EM DUBAI, NOS EMIRADOS ÁRABES

A comitiva brasileira na COP 28 é uma das maiores de todo o mundo, com mais de 1.320 pessoas. Rondônia também está presente naquele que é considerado um dos maiores eventos sobre questões ambientais de todo o Planeta. A Conferência iniciou dia 30 de novembro e prossegue até dia 12, terça-feira desta semana que se aproxima.  O governador Marcos Rocha e o secretário da Sedam, Marco Antônio Lagos, além de outros membros da equipe técnica da Secretaria, estão participando ativamente do evento, levando informações sobre os esforços do Estado em diminuir o desmatamento e as queimadas (o que está conseguindo, segundo números divulgados pelo Governo) além de programas de proteção e desenvolvimento ambiental. Também teve participação importante no evento, o presidente da Federação das Indústrias de Rondônia, Marcelo Thomé, que comanda também o projeto Amazônia + 21, que tem conquistado importantes avanços para o desenvolvimento sustentável da nossa floresta e da nossa região. Além de manter importantes contatos com empresários de várias partes do mundo, Thomé também participou de painéis de debates, direcionados a financiamentos de projetos sustentáveis e desafios da cadeia produtiva, baseadas na bioeconomia, entre várias outras ações. No retorno, as autoridades rondonienses presentes ao evento certamente vão relatar suas participações no evento mundial.

 

MADURO QUER CONSPURCAR UM PAÍS VIZINHO, MAS MEXEU COM OS AMERICANOS, QUE TÊM A MAIOR FORÇA MILITAR DO MUNDO

O ditador venezuelano Nícolas Maduro imaginou que poderia fazer com outros povos o que faz com o seu: transformar em escravos quem fica embaixo do seu tacão. Os sete milhões de venezuelanos que fugiram do país e disseram não à sanguinária ditadura (admirada pelo presidente Lula, do Brasil) sabem do que escaparam. Maduro, com seus devaneios ditatoriais, imaginou que poderia fazer com seus vizinhos o mesmo que está fazendo com a Venezuela: tomar conta de tudo e fazê-lo para abastecer sua cada vez mais isolada ditadura. Talvez não imagine, nos seus arroubos de grandeza, o que lhe espera. Ao anunciar que vai invadir o território de um país livre e com grande riqueza de petróleo, o arremedo de Presidente, depois de plebiscito que, para surpresa de ninguém, aprovou com 90 por cento a anexação de boa parte do território da Guiana, certamente está começando a ver o que fez. Os Estados Unidos, a maior força militar do mundo, anunciou que começa agora uma série de “manobras militares” exatamente onde o dedo podre de Maduro imagina conspurcar. Os americanos adoram quando os ditadores mostram suas garras. Quanto maiores elas forem, mais fáceis de serem cortadas. Vamos agora aguardar os próximos episódios.

 

POLÍCIA COMPETENTE: BANDIDOS QUE LEVARAM GRANDE QUANTIDADE DE COCAÍNA DA POLITEC, JÁ ESTÃO NA CADEIA

Seria de uma atroz injustiça não se elogiar o trabalho dos investigadores da nossa polícia. Em poucos meses, os homens e mulheres da Polícia Civil não só descobriram os responsáveis pelo roubo de 45 quilos de cocaína pura, levadas do laboratório da Politec, como os prenderam e os colocaram à disposição da Justiça. Pelo menos quatro criminosos já foram presos e agora as investigações se expandem, pela suspeita, praticamente confirmada, de que pessoas que tinham acesso ao local (as primeiras suspeitas são direcionadas a pessoas que cumprem serviços terceirizados no local) deram aos bandidos todas as informações necessárias para que a droga pudesse ser encontrada no prédio e levada. Foi aquela, em junho passado, na primeira vez que sumia droga da área de perícia da Politec. Não foram tomadas as medidas necessária e, em novembro, outra carga de 67 quilos, essa ainda sob investigação, foi roubada, com a droga apreendida voltando ao mercado, depois do grande esforço da polícia para tirá-la das ruas. No caso dos 45 quilos furtados, pelo menos uma dupla entrou no prédio, localizou a droga e saiu pelos fundos, pulando um muro e entrando num Jipe que já os esperava do lado de fora. O trabalho policial agora é o de descobrir para quem a droga foi entregue. Enfim, a polícia fez a sua parte, mais uma vez, com extrema competência. E certamente vai pegar também os responsáveis pelo segundo furto! A droga apreendida, agora, já não fica mais na Politec.

 

PERGUNTINHA

Passadas as emoções da reta final do disputadíssimo Campeonato Brasileiro, você também ficou com a impressão de que, com raríssimas exceções, acabou o tempo em que o Brasil era formador de alguns dos maiores craques do mundo e que agora somos um país de jogadores medianos, para não dizer medíocres?

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Gente de OpiniãoSegunda-feira, 26 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Se acontecer como previsto, multidão pacífica nas ruas de São Paulo, neste domingo, vai sacudir o Brasil

Se acontecer como previsto, multidão pacífica nas ruas de São Paulo, neste domingo, vai sacudir o Brasil

O domingo é daqueles para entrar na História do Brasil, de um jeito ou de outro. Para o conservadorismo, será (caso a Justiça não a proíba na última

Falta efetivo, torre sem iluminação, câmeras só com tela preta: nosso presídio federal é uma bomba prestes a explodir

Falta efetivo, torre sem iluminação, câmeras só com tela preta: nosso presídio federal é uma bomba prestes a explodir

A situação do Presídio Federal de Porto Velho, que está tendo cada vez menos servidores em serviços e cada vez mais afastados por problemas de saúde

Lula assusta o Brasil com ataques exagerados, diretos e dolorosos na ferida dos judeus, que jamais fechará

Lula assusta o Brasil com ataques exagerados, diretos e dolorosos na ferida dos judeus, que jamais fechará

Até a imprensa cooptada e bem paga se assustou! Dessa vez, o presidente Lula teria ido longe demais, ao acusar os judeus de agiram como Hitler agiu

Obra histórica: única capital brasileira que não tem um pronto socorro municipal vai ganhar o seu, em breve!

Obra histórica: única capital brasileira que não tem um pronto socorro municipal vai ganhar o seu, em breve!

O sonhado Heuro, o Hospital de Urgência e Emergência de Porto Velho, há tantos anos esperado, parece que dessa vez vai sair mesmo. As obras, embora

Gente de Opinião Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)