Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

Vacinadores da rede pública municipal participam de atualização profissional


 
Cerca de 70 vacinadores participaram de um encontro com profissionais da secretaria municipal de saúde (Semusa), e também com os diretores das Unidades de Saúde (US), para promoção de atualização profissional. O evento teve a apresentação da vacina Meningocócica conjugada tipo C, que foi inserida no Calendário Básico de Vacinação da Criança, e em eventos adversos pós-vacinais, preconizados pelo Ministério da Saúde (MS), que será implantada na rede municipal na segunda quinzena de outubro pela coordenação de imunização estadual.

A vacina conjugada contra o meningococo não fazia parte da rotina de vacinação da rede pública de saúde, ela é indicada na imunização ativa para prevenção de doença invasiva causada por Neisseria meningitidis do sorogrupo C. Essa vacina protege contra a bactéria meningocóco C, que causa a meningite e não estava entre as vacinas oferecidas pela rede de saúde pública. É aplicada em injeção, de duas ou três doses no primeiro ano de vida. Um reforço aos 15 meses é recomendado. Se a criança maior de um ano ainda não foi vacinada, a dose é única.

O momento oportuno também teve congratulações com os profissionais que se empenharam em campanhas como da H1N1, que durou cerca de cinco meses de trabalho, e resultou na superação da meta de vacinação estipulada pelo Ministério da Saúde (MS) que era de 95%. O evento também foi palco de discussões e contribuições sobre o ambiente de trabalho e o exercício do profissional nas unidades, como forma de melhorar ainda mais as estratégias das atividades realizadas pela Divisão de Imunização da Semusa.

O secretario da Semusa Williames Pimentel, participou da abertura dos trabalhos e confirmou o compromisso desta gestão com a formação de vacinadores e a ampliação no atendimento. “Este ano já realizamos duas capacitações para os vacinadores da rede que atuam nas salas de vacina das unidades estabelecidas nos bairros e nas campanhas de vacinação, e adiantamos a atualização dos nossos profissionais com atividades práticas e exercícios baseados na apresentação da vacina, para que ao começar a campanha estejam todos preparados”, informou.

Fonte: Aurimar Lima
 

Mais Sobre Saúde

Sílvia cobra ação mais efetiva do Ministério da Saúde na prevenção contra o cânce

Sílvia cobra ação mais efetiva do Ministério da Saúde na prevenção contra o cânce

A deputada federal Silvia Cristina (PDT-RO) cobrou do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o início imediato de operação para acelerar o proje

Presidente Laerte Gomes sugere menos burocracia para tratar impasses no convênio entre Sesau e Hospital do Amor

Presidente Laerte Gomes sugere menos burocracia para tratar impasses no convênio entre Sesau e Hospital do Amor

Uma reunião para tratar de impasses quanto ao convênio entre o Governo de Rondônia e a Fundação Pio XII – Hospital de Câncer de Barretos foi realiza

Justiça de Rondônia libera o cultivo de Cannabis para casal tratar da filha com autismo e epilepsia, em Ji-Paraná

Justiça de Rondônia libera o cultivo de Cannabis para casal tratar da filha com autismo e epilepsia, em Ji-Paraná

Os pais de uma criança com diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista Infantil (CID 10 F84.0), com crises graves de epilepsia, obtiveram, mediante

Porto-Velhense recebe apoio Conexão Azul Rosa na batalha contra o câncer de mama

Porto-Velhense recebe apoio Conexão Azul Rosa na batalha contra o câncer de mama

Paciente do Hospital de Amor Amazônia, Neusa participou de palestra sobre a doença que mais acomete mulheres no país; ela é uma das beneficiadas do pr