Porto Velho (RO) segunda-feira, 22 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

SESAI promove I Oficina sobre Contaminação por Mercúrio

Objetivo é treinar colaboradores do Distrito Sanitário Especial Indígena de Porto Velho para situações de risco e manifestações da intoxicação


O mercúrio (Hg) é um elemento presente no ambiente que pode causar intoxicação grave em diversos seres vivos. Ele é emitido para o ambiente de duas formar gerais: a natural (ciclo geológico) e a antropogênica (garimpos, desmatamento). Atualmente, a exposição humana ao mercúrio ocorre quase exclusivamente na sua forma orgânica (metil mercúrio), proveniente do consumo de peixes, principalmente no que diz respeito aos povos indígenas.

A prevenção dos males causados pela toxidade do mercúrio deve ocorrer por meio de ações integradas. Os profissionais da atenção básica têm o papel de orientar quanto aos riscos e as medidas de reeducação alimentar para reduzir a ingesta de mercúrio. Além disso, devem estar atentos aos sinais e sintomas da intoxicação para que a intervenção ocorra o mais cedo possível. Nesse sentido, as ações educativas têm papel fundamental.
Prevenção

Nesse sentido, a Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) realizou no dia 06 de setembro de 2018, por intermédio do Distrito Sanitário Especial Indígena de Porto Velho (DSEI Porto Velho), a I Oficina sobre Contaminação por Mercúrio. O intuito é instruir seus profissionais de saúde para identificar situações de risco, manifestações clínicas da intoxicação, vigilância, monitoramento e prevenção.

A Oficina foi ministrada pelo analista técnico de políticas sociais Fábio Ximenes da Silva, certificado pela OPAS/OMS para atuar como multiplicador local dos temas relativos à contaminação por mercúrio; e pelo Dr. Wanderley R. Bastos, professor da Universidade Federal de Rondônia e referência em pesquisas sobre o mercúrio na Região Amazônica.

Além disso, a equipe da Divisão de Atenção à Saúde Indígena (DIASI) do DSEI Porto Velho publicará um guia sobre contaminação por mercúrio em áreas indígenas. O guia, que terá ampla divulgação entre seus profissionais, se propõe a elucidar temas básicos sobre o mercúrio, como seu ciclo na natureza, os efeitos tóxicos, os biomarcadores, as orientações sobre o consumo de peixe, e outros aspectos.
Convenção de Minamata

Promulgada no Brasil por intermédio do Decreto nº 9.470, de 14 de agosto de 2018, a Convenção de Minamata é um instrumento de proteção da saúde humana e do meio ambiente dos efeitos adversos de emissões e liberações de mercúrio e seus compostos. O Brasil participou ativamente das discussões que deram origem à Convenção, que definiu regras internacionais para o uso e comércio de mercúrio, como o controle de fontes, comércio do metal, redução de emissões e de liberações de mercúrio no meio ambiente.

Mais Sobre Saúde

Incor lança campanha de arrecadação com artistas voluntários

Incor lança campanha de arrecadação com artistas voluntários

Artistas brasileiros de peso se mobilizam pela causa e ajudam a angariar fundos em comunicação assinada pela Africa

Secretaria de Meio Ambiente realiza campanha para eliminar caramujo africano em Rolim de Moura

Secretaria de Meio Ambiente realiza campanha para eliminar caramujo africano em Rolim de Moura

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SEMMADU), através da Coordenação de Projetos de Educação Ambiental está executando

Deputada Silvia Cristina pede mais médicos para atender a população

Deputada Silvia Cristina pede mais médicos para atender a população

Na manhã desta segunda-feira (15), a deputada federal Silvia Cristina (PDT) participou de uma Audiência para Discutir a Situação do Programa Mais Médi

Centro de Parto Normal em Ji-Paraná registra quase mil nascimentos em um ano

Centro de Parto Normal em Ji-Paraná registra quase mil nascimentos em um ano

Neste mês de abril, o Centro de Parto Normal (CPN) completou um ano de desde sua implantação. A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Muni