Porto Velho (RO) domingo, 20 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

MALÁRIA: Semusa prepara plano de ação



A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), através do Departamento de Epidemiologia, está elaborando o Plano de Ação de Controle da Malária que será desenvolvido diretamente nas áreas das usinas hidrelétricas do Madeira. O plano vai abordar desde as determinantes e fatores da incidência da malária, a prevenção, a estrutura dos serviços de saúde, o diagnóstico e o tratamento, até os custos das ações previstas.

Para a organização dos serviços de saúde que vão ser desenvolvidos neste  plano, serão realizados vários cursos e oficinas com a participação dos técnicos de toda a rede municipal de saúde. O primeiro seminário está previsto já para o mês que vem, quando serão tratados vários temas simultaneamente.

A chegada das Hidrelétricas do Rio Madeira tem movimentado diversos setores no estado. A área da saúde do município vem planejando formas de absorver o conseqüente aumento da população.

A malária

Conhecida como um grave problema de saúde pública em todo o mundo, a malária atinge 40% da população em mais de 100 países. De acordo com ao Organização Mundial de Saúde, são registrados de 300 a 500 milhões de novos casos e 1 milhão de mortes por ano no mundo inteiro. No Brasil, os tipos mais comuns são a Falciparum, a Vivax e a Malariae. Segundo os dados do Departamento de Epidemiologia da Semusa, até julho deste ano, foram registrados 177.455 casos de malária no Brasil. Em Rondônia, foram 27.503 casos. Porto Velho registrou 12.829 casos no mesmo período.

Elaboração do Plano

Equipes da Secretária Nacional de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, estão em Porto Velho reunidos com os técnicos da Semusa para a realização do primeiro seminário que vai definir as ações a serem implantadas no Controle da Malária no município. O evento será realizado nos dias 20 a 24 de outubro, em local ainda a ser definido.

Participaram da reunião, o assessor técnico do Ministério da Saúde, Rui Braz, a secretária municipal de Saúde, Givanilde Nogueira, secretário adjunto de Planejamento, Pedro Beber, a coordenadora do Departamento de Vigilância e Epidemiologia Ambiental, Régia Martins, a coordenadora do Núcleo de Educação e Saúde, Naderge Moura, a diretora do Departamento de Atenção Básica, Sandra Vidal e a Assessora Técnica, Ângela de Souza.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Saúde

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

A rede pública de Rondônia recebeu essa semana, seis respiradores pulmonares que passaram por manutenção do Serviço Nacional de Aprendizagem Industr