Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de maio de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

Fiscalização do TCE conhece práticas e procedimentos de hospital em Porto Velho


Fiscalização do TCE conhece práticas e procedimentos de hospital em Porto Velho - Gente de Opinião

Práticas e experiências de sucesso desenvolvidas e adotadas pelo Hospital de Amor da Amazônia (antigo Hospital de Câncer) foram apresentadas a uma equipe do Tribunal de Contas (TCE-RO), durante visita técnica feita na última terça-feira (30), na sede da unidade de saúde, em Porto Velho.

 

A ação, que reuniu profissionais de diversas formações e áreas da Secretaria-Geral de Controle Externo (SGCE) do TCE, está em harmonia com o projeto “Blitz na Saúde”, iniciativa da Corte de Contas e do Ministério Público de Contas (MPC-RO) visando à verificação das condições em que estão sendo prestados os serviços de saúde à população rondoniense.

 

Na visita ao Hospital de Amor, a equipe do TCE foi recepcionada pelo diretor executivo Jean Negreiros, juntamente com diretores e colaboradores, e pôde conhecer atividades, procedimentos e rotinas feitos no hospital que podem servir de parâmetro e subsidiar medidas, recomendações e orientações do Tribunal aos jurisdicionados, mais precisamente para a rede pública de saúde.

 

Esse processo de “benchmarking” (compartilhamento de melhores práticas) foi destacado, durante a visita, tanto pelo gestor da unidade hospitalar quanto pelo coordenador da equipe do TCE-RO, o secretário executivo de Controle Externo Edson Espírito Santo Sena, haja vista a possibilidade concreta de aplicabilidade e disseminação das práticas verificadas a fim de aperfeiçoar a gestão e governança da saúde pública em Rondônia.

 

INFORMAÇÕES

 

Durante a atividade, a equipe do TCE obteve informações e esclarecimentos sobre o funcionamento do hospital na área administrativa, operacional e de gestão, incluindo protocolos de atendimento ao público, tornando a visita ainda mais produtiva, uma vez que foi possível constatar situações que podem produzir grande impacto com custo reduzido.

 

Nesse sentido, destaca-se a decisão da direção do hospital de adquirir e implantar uma usina para produção de gás medicinal, representando uma economia considerável, já que possibilitou a redução do preço do metro cúbico de oxigênio de mais de R$ 10,00 (quando adquirido junto a fornecedores externos) para R$ 0,29, com a produção própria.

 

Foi possível ainda conhecer o sistema de controle e gestão de medicamentos do hospital, assim como modelos adotados para aquisições de produtos; acondicionamento do lixo (tanto hospitalar quanto comum); questões relativas à segurança e à estrutura física da unidade; logística e acesso de pacientes e acompanhantes, entre outros aspectos inerentes à gestão hospitalar.

Mais Sobre Saúde

Deputado Lazinho da Fetagro propõe atendimento preferencial à portadores de fibromialgia

Deputado Lazinho da Fetagro propõe atendimento preferencial à portadores de fibromialgia

Em atenção às pessoas que portam a doença fibromialgia, o deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT) indicou ao Governo do Estado, por meio da Secret

Porto Velho: Ação na unidade de saúde Castanheira oferece tratamento auditivo

Porto Velho: Ação na unidade de saúde Castanheira oferece tratamento auditivo

A Unidade Básica de Saúde da Família do bairro Castanheira, na zona Sul de Porto Velho, realizou, no último sábado (18/5), uma ação de acolhimento e a

Jovem rolimourense morreu vítima de Chikungunya

Jovem rolimourense morreu vítima de Chikungunya

Uma acadêmica do curso de Pedagogia, 22 anos de idade, moradora de Rolim de Moura (RO), teve a vida interrompida vítima de Chikungunya. De acordo co

Rede de farmácias de manipulação Pharmapele inaugura primeira loja em Porto Velho

Rede de farmácias de manipulação Pharmapele inaugura primeira loja em Porto Velho

No dia 06 de junho, a maior rede de farmácias de manipulação chegará na cidade de Porto Velho (RO). “A inauguração desta nova loja é realmente a concr