Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Saúde

Doação de órgãos de pacientes rondonienses ajudarão a salvar vidas em quatro estados do Brasil


Doação de órgãos de pacientes rondonienses ajudarão a salvar vidas em quatro estados do Brasil - Gente de Opinião

A solidariedade de familiares de duas pacientes rondonienses, ajudará a salvar vidas, por meio de transplantes.  Através da doação, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde – Sesau, realizou a captação de quatro córneas, dois fígados e quatro rins no Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, em Porto Velho, no dia 29 de abril. As córneas foram direcionadas para o Banco de Olhos de Rondônia, e os demais órgãos encaminhados para outros três Estados do Brasil.

Os órgãos foram captados de duas pacientes, que vieram a óbito por morte encefálica, uma de 54 e outra de 44 anos. Com a autorização da família, a doação possibilitará o transplante e salvar a vida de até 10 pessoas. As doadoras eram naturais do estado de Rondônia, dos municípios de Porto Velho e Guajará-Mirim.

A enfermeira Érika Fernanda, da Central de Transplantes de Rondônia, que participou da captação, ressalta como a decisão da doação pode ajudar a salvar muitas vidas. “A sensação de fazer parte deste serviço, é extremamente gratificante. Muitas crianças, adultos e idosos aguardam ansiosos e aflitos por uma ligação informando: ‘chegou a sua vez, você tem um doador’. E saber que, mesmo de longe, sem nunca ter tido contato com essas pessoas, contribuímos para que elas tenham a oportunidade de viver e retornar ao convívio da família, é de uma satisfação extrema. A doação de órgãos, para muitas pessoas, é a única chance de viver, e estamos aqui para contribuir com isso”, diz Érika.

Mesmo no período da pandemia, esta importante ação não parou e no ano passado foram realizados 40 transplantes de córneas no Estado de Rondônia, por meio da ação voluntária que alcançou e beneficiou centenas de pacientes.

A secretária de Estado da Saúde, Semayra Gomes ressalta a importância da solidariedade das famílias, mesmo em momento de dor. “Entendemos o quanto é difícil para as famílias tomarem essa decisão de doar os órgãos, principalmente impactadas com o luto, mas quando vemos que essa atitude ajuda a salvar vidas de pessoas de todas as idades; todos os envolvidos, inclusive os familiares compreendem o quanto é grandiosa a doação”, pontua a secretária.

 

COMO SER DOADOR

Para ser doador no Brasil, a pessoa não precisa deixar nada escrito, em nenhum documento, basta informar à família sobre o desejo. O procedimento só ocorre depois da autorização da família. Nesse caso, os órgãos que podem ser doados são, fígado, rins, córneas, pâncreas, intestino, ossos, pele, coração, pulmão.

O doador voluntário pode doar um dos rins, parte do fígado, medula óssea ou parte do pulmão, para pessoas de até quarto grau de parentesco e cônjuges.

Segundo o Ministério da Saúde – MS, o Brasil é o segundo país de referência mundial na área de transplantes e possui o maior sistema de doação no mundo. Os pacientes recebem assistência integral e gratuita, incluindo exames preparatórios, cirurgia, acompanhamento e medicamentos pós-transplante, financiado pelo Sistema Único de Saúde – SUS.

A captação de órgãos se torna ainda mais importante pela possibilidade de salvar a vida de pessoas que aguardam na fila de espera por um transplante. Essas pessoas necessitam da permissão de uma família enlutada, para que consiga voltar a ter qualidade de vida ou até mesmo sobreviver, quando não há nada que possa ser feito, a não ser o transplante. Com a realização da captação, foi possível direcionar os órgãos para quatro Estados, incluindo Rondônia, já que as quatro córneas ficaram no Banco de Olhos de Rondônia, um fígado foi para o Acre, outro para o Distrito Federal e os quatro rins, para Pernambuco.

Mais Sobre Saúde

Histórias de superação de mães de prematuros marcam a abertura oficial da Semana Estadual de Doação de Leite Humano

Histórias de superação de mães de prematuros marcam a abertura oficial da Semana Estadual de Doação de Leite Humano

A abertura da Semana Estadual de Doação de Leite Humano, na última sexta-feira (20), no Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro –  HBAP, contou com a presen

Porto Velho - Unidade de Saúde Nova Floresta, na zona Sul é modelo em atendimento à comunidade e profissionais qualificados

Porto Velho - Unidade de Saúde Nova Floresta, na zona Sul é modelo em atendimento à comunidade e profissionais qualificados

"Fruto da boa gestão do prefeito Hildon Chaves, da competência da secretária da Semusa, Eliana Pasini e um grande trabalho humanizado e em equipe a

Após três anos de implantação do Ambulatório de Trauma Ortopédico, Hospital de Base atendeu mais de 16 mil pacientes

Após três anos de implantação do Ambulatório de Trauma Ortopédico, Hospital de Base atendeu mais de 16 mil pacientes

Na última sexta-feira  (13), a direção do Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro – HBAP comemorou os três anos de implantação do Ambulatório de Trauma Orto

Doação de órgãos permite a realização de cerca de cinco transplantes de córnea em média por mês em Rondônia

Doação de órgãos permite a realização de cerca de cinco transplantes de córnea em média por mês em Rondônia

A solidariedade da população rondoniense colabora com as ações desenvolvidas pelo Governo de Rondônia, que no decorrer de nove anos conseguiu captar 5