Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Samuel Saraiva

O direito a ignorância


O direito a ignorância - Gente de Opinião

O “sagrado” direito por persistir na ignorância garante a decisão estúpida que revela a essência empobrecida do homem. O atraso hereditário atravessa milênios e mantém a humanidade privada da evolução; aprisiona a mente, causando delírios e letargia.

O ato de ignorar obscurece o discernimento, agride a razão, gera conflitos insanos para tormento próprio e do próximo, transformando mentiras em verdades próprias que tentam impor aos demais. Os infelizes e confundidos hipotecam pleno crédito à ilusão que a realidade os espera numa dimensão espiritual e numa enlouquecida e conveniente postura ridícula usufruem as conquistas do mundo real, enquanto esperam por benesses "celestiais" gratuitas e hipotéticas de uma presumível e improvável vida eterna.

Agem assim, desprovidos de qualquer outro mérito além da injustiça, do egoísmo, da hipocrisia, da exploração desalmada do ser humano em sua ingênua crendice.

Isso tudo resulta no desrespeito generalizado, no atropelo da moralidade, no extremismo, na intolerância geralmente vivenciados por aqueles que não compartilham a mesma fé, bem como, na vergonhosa ausência da empatia. Preocupam-se com interpretar o significado do amor, sem nunca buscar na prática seu exercício com dignidade e sinceridade.                                                        

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 29 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Para a razão, Deus é o único Ser responsável pelas terríveis consequências de sua criação maléfica

Para a razão, Deus é o único Ser responsável pelas terríveis consequências de sua criação maléfica

Em sua onisciência, antevendo o futuro, a criação do diabo e de seres humanos destrutivos e burros o Criador tomou uma decisão consciente para seu de

Deus, onisciente e onipotente: Uma criação da mente humana retratando empobrecida razão

Deus, onisciente e onipotente: Uma criação da mente humana retratando empobrecida razão

Se o homem foi criado por um Deus “a sua imagem é semelhança”, e age como bactéria nociva, se autodestruindo instintivamente com a natureza que o ab

O cristianismo se transformou num lucrativo comércio em que pastores evangélicos e padres católicos, disputam o dinheiro de cidadãos crédulos, ignorantes e desesperançados, a margem da capitulação psicológica

O cristianismo se transformou num lucrativo comércio em que pastores evangélicos e padres católicos, disputam o dinheiro de cidadãos crédulos, ignorantes e desesperançados, a margem da capitulação psicológica

A vergonhosa incapacidade de discernimento, ausência de fraternidade, respeito ao próximo e ética, revelam para o mundo o atraso espiritual, comprov

Gente de Opinião Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)