Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política

Valter defende implantação da Unestado através de parcerias


A questão da implantação da Universidade Estadual mais uma vez foi abordada na Assembléia Legislativa, na sessão ordinária desta quinta-feira (29) pelo deputado Valter Araújo (PL), lembrando que a instituição já foi criada pela Lei nº 543, de 28 de dezembro de 1993 e em 2002, no Governo Bianco foi criada toda a estrutura administrativa e organizacional através da Lei Complementar nº 271. “Inclusive naquela época havia um orçamento do Estado de 500 milhões para a implantação da universidade. Propus ao secretário de Estado da Educação, Ednaldo Lustosa, que sejam firmados convênios com o governo estadual, prefeituras e Unir para sua concretização”, informou.

De acordo com a proposta de Valter Araújo, encaminhada através de indicação ao Poder Executivo, neste convênio o Estado entra com a biblioteca, professores e material de expediente, a prefeitura com o espaço físico como salas de aula e ar-condicionado, e, a Unir entra com a sua experiência e supervisão. “Já entrei em contato com a reitoria da Unir, que concordou em ceder sua estrutura física nas cidades pólo, nos períodos em que não houver aulas, para a Universidade Estadual. Acredito que até o final do ano já teremos vestibular”, ressaltou. Informou ainda, que no mês de junho haverá vestibular em Cacoal, com os cursos de pedagogia, geografia e história, que será o primeiro na parceria do Estado com a Unir, que servirá de base para as outras.
Em aparte, o deputado Professor Dantas (PT), disse que é oportuna essa discussão, porque todos sabem a dificuldade que se tem de ingressar no nível superior. Informou que em Ouro Preto do Oeste, já foi doado um terreno de um alqueire e meio para fazer a Universidade Estadual. “A luta é nossa e temos que agilizar sua efetivação”, salientou.

Segundo o parlamentar, o secretário de educação explicou que a dificuldade do estado quanto à implantação da Universidade Estadual se deve ao fato de no Governo Jerônimo Santana, cerca de 250 escolas terem sido repassadas para a responsabilidade dos municípios e estes não estão tendo condições de mantê-las, sendo que o estado vai ter investir 1,4 milhão na recuperação de mais de 200 escolas.

PROFISSIONALIZAÇÃO

Valter Araújo destacou o sistema de profissionalização eficiente que existe em São Paulo e que deveria ser implantado em Rondônia. Disse que o estado já deu um grande passo, em relação ao Programa Estadual de Profissionalização (Proep), que está capacitando muitos jovens seis mil jovens neste ano, com cursos na área de informática, panificação, vendas, lapidação, confecção de bijuterias, dentre outros.

“Só em softwares serão investidos dois milhões de reais. Em Ji-Paraná terá uma grande central de profissionalização na escola a ser inaugurada ainda neste semestre”, informou. Citou que no caso do maquinário de lapidação de pedras, pode ser deslocado para qualquer município para capacitar a população nesse amplo mercado que tem surgido.

Criticou o Senai, Senac e Sebrae que não tem realizado cursos como o de torneiro mecânico para capacitar a população carente de Porto Velho, para que haja mão-de-obra qualificada local, para poder ser absorvida na construção das usinas. “Muitos jovens estão ociosos por falta de condições de profissionalização”, concluiu.

Mais Sobre Política

MP recomenda que Prefeito de Monte Negro adote medidas de combate ao nepotismo

MP recomenda que Prefeito de Monte Negro adote medidas de combate ao nepotismo

O Ministério Público de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça de Ariquemes, expediu recomendação ao Prefeito de Monte Negro, Evandro Marques da

Governo de Rondônia encaminha ao STF pedido de análise de proposta de renegociação da dívida do Beron

Governo de Rondônia encaminha ao STF pedido de análise de proposta de renegociação da dívida do Beron

Após a assinatura do sétimo termo aditivo de repactuação da dívida do Banco do Estado de Rondônia (Beron), foi questionado pela União o pagamento do v

Feminicídio é destaque da Semana da Justiça pela Paz em Casa

Feminicídio é destaque da Semana da Justiça pela Paz em Casa

O caso de uma adolescente de 17 anos, morta em Cerejeiras(RO), é um dos júris em que o Ministério Público pretende provar a ocorrência de feminicídio

Procurador-Geral de Justiça do MPRO participa de reunião com a presidente do STF sobre Cadastro nacional de Presos

Procurador-Geral de Justiça do MPRO participa de reunião com a presidente do STF sobre Cadastro nacional de Presos

O Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público do Estado de Rondônia, Airton Pedro Marin Filho, participou na tarde de segunda-feira (20/08) da r