Porto Velho (RO) domingo, 20 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Política

SIMPORO flagra trabalhadores em situação degradante


Sem uso de equipamentos obrigatórios, sem água potável, e almoçando sem as mínimas condições de higiene e ainda utilizando a tampa do marmitex como colher. Essas foram algumas das irregularidades flagradas pelo presidente do Sindicato dos Motoristas Oficiais Profissionais no Estado de Rondônia (Simporo), Clay Milton Alves durante uma fiscalização feita pela entidade na semana passada no trecho do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RO), na rua da Beira (BR-364).

No local trabalham aproximadamente 25 servidores, a maioria comissionados, e toda a situação degradante foi filmada e fotografada para instruir um procedimento aberto pelo Ministério Público do Trabalho contra a autarquia. O DER-RO assinou há seis anos um TAC no MPT se comprometendo em cumprir uma série de determinações incluindo situações mínimas como criação de CIPA, o PCMSO e o PPRA, e até por assédio moral contra trabalhadores, mas nunca cumpriu o TAC 50 na integra.

No local, Clay Milton chegou a ser chamado a atenção pelo encarregado da obra da rua da Beira, e antes que a discussão ficasse acirrada, Clay Milton conseguiu convencê-lo de que o tratamento dispensado aos trabalhadores era ilegal e que isto poderia custar outra punição ao DER-RO. “Conversei com os trabalhadores primeiro e logo depois com o encarregado. Falei para ele que estava exercendo meu papel de fiscalizar como sindicalista. As violações infelizmente continuam e o sindicato não vai ficar omisso”, ressaltou.

Na semana seguinte, após a denúncia, o DER-RO prontamente conseguiu regularizar a situação daqueles trabalhadores, montando no local um “mini-refeitório” com mesa, cadeira, água potável, colheres e outros utensílios que garantiram pelo menos uma refeição digna. Dias antes, Clay Milton já havia conversado por telefone com a procuradora Amanda Dornelas, do Ministério Público do Trabalho, encaminhado um oficio juntamente com um pen-drive  denunciando essa situação e outras efetiva contra os sucessivos abusos cometidos pelo Governo do Estado contra trabalhadores.

“A situação dos trabalhadores do trecho da Rua da Beira melhorou um pouco, mas as violações de direitos continuam em todo o Estado. O fato do DER-RO ter revisto a situação dos trabalhadores na rua da Beira demonstra que o trabalho do sindicato surtiu efeito e comprova mais uma vez a veracidade das denúncias que temos feito diariamente contra a autarquia”, comentou Clay Milton. Para ele, a situação encontrada em Porto Velho é apenas um vago reflexo do que acontece no interior do Estado, onde as denúncias e a situação degradante dos trabalhadores são bem mais contundentes.

Mais Sobre Política

Presidente Alex Redano participa de encontro do setor de eventos com o chefe da Casa Civil do Governo

Presidente Alex Redano participa de encontro do setor de eventos com o chefe da Casa Civil do Governo

Um dos setores mais afetados com a pandemia do coronavírus é o setor de eventos e entretenimento. Há mais de um ano parado, o segmento enfrenta inúm

Cacoal: durante assembleia dos servidores da Câmara de Vereadores, presidente concede recomposição salarial de 8.36%

Cacoal: durante assembleia dos servidores da Câmara de Vereadores, presidente concede recomposição salarial de 8.36%

O presidente da Câmara, João Paulo Pichek (Republicanos), disse que desde abril estava dialogando com o Sindicato dos servidores públicos de Cacoal