Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de novembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Sid Orleans debate problemas do Porto do Cai N’Água


Após audiência pública realizada em outubro para discutir a administração do Porto do Cai N’Água, a Administração das Hidrovias da Amazônia Ocidental (Ahimoc) assumiu o trabalho parcial de controlar o terminal hidroviário. “A nossa audiência pública repercutiu em Brasília, o que fez a instituição chegar até aqui”, comenta Sid Orleans (PT), que propôs o debate na Câmara Municipal.

Para complementar as ações da Ahimoc, que está ligada ao Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit) – que administra os portos hidroviários de todo o País – uma reunião na Assembleia Legislativa do Estado (ALE), que reuniu também o deputado estadual Ribamar Araújo (PT), o procurador da república Reginaldo Trindade e a promotora de justiça Aidee Moser, Diego da Silva representante do Dnit em Rondônia, Andrea Barner representante do Dnit em Brasília, a controladora do município de Porto Velho, Maria Auxiliadora e o procurador geral do município Carlos Dobbis.

De acordo com o vereador Sid Orleans, ficou decidido na reunião que a Ahimoc continuará na administração parcial do porto hidroviário de Porto Velho com limpeza, segurança e a operação paliteiro, para a retirada de madeiras que acumulam nas grades do porto.

Orleans explica que a Controladoria Geral do Município (CGM) tem até o dia 21 de novembro para entregar o processo do porto para Procuradoria Geral do Município (PGM). A PGM tem até o dia 29 para entregar o processo para a Secretaria Municipal de Projetos Especiais (Sempre), que deve manifestar em até três dias úteis a devolução ou não da finalização das obras para o Dnit.

“O que é interessante dessa obra é que tudo que a prefeitura pagou, foi feito. Não há superfaturamento. Falta apenas a finalização da instalação de grades de segurança, cercas de delimitação da obra e a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE)”, exemplifica Orleans. A finalização desses é de responsabilidade da prefeitura, que deve manifestar se irá ou não concluir.

Ainda durante a reunião, a Sempre tem 60 dias para entregar o relatório de prestação de contas da obra, que só termina em agosto de 2014.

Fonte: Ascom
 

Mais Sobre Política

Presidente Laerte Gomes ressalta importância da união entre os poderes para o cumprimento do Teto de Gastos de 2019

Presidente Laerte Gomes ressalta importância da união entre os poderes para o cumprimento do Teto de Gastos de 2019

Na tarde desta segunda-feira (18), o presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB), participou da reunião com o Colegiado Superior do Es

Adelino Follador parabeniza presidente Bolsonaro por obra na BR-319

Adelino Follador parabeniza presidente Bolsonaro por obra na BR-319

O deputado Adelino Follador (DEM) recebeu com alegria o anúncio feito pelo presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), sobre o asfaltamento da BR-319,

Vencedores de concursos recebem premiação durante grande evento na Assembleia

Vencedores de concursos recebem premiação durante grande evento na Assembleia

Ao longo de 36 anos, a promulgação da Constituição Estadual de Rondônia foi lembrada de forma trivial pelos Poderes, mas no ano de 2019 a data de 6

Aprovado projeto do presidente Laerte Gomes que suspende eleições de diretores de escolas públicas

Aprovado projeto do presidente Laerte Gomes que suspende eleições de diretores de escolas públicas

A Assembleia Legislativa aprovou por unanimidade o Projeto de Lei nº 338/19, de autoria do presidente da Casa, Laerte Gomes (PSDB), revogando todas