Quarta-feira, 12 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

Rondônia pode ajudar no ingresso do biocombustível na Europa, diz Amorim


  
As áreas degradadas em Rondônia – cerca de 1,5 milhão de hectares – podem ser usadas para provar a Comunidade Européia, Estados Unidos e ONU, que a produção de alimentos e culturas destinadas ao biocombustível, é feita de forma sustentável, ecológica e socialmente correta. A proposta é do deputado federal Ernandes Amorim (PTB).

Essa argumentação ele sintetizou em discurso feito na Câmara, na terça-feira, como forma de ajudar o governo brasileiro a dar resposta à Comunidade Européia que impôs a certificação da produção para abertura de mercado aos biocombustíveis. Europa, EUA e ONU têm criado barreiras ao biocombustível brasileiro – o etanol extraído da cana-de-açúcar – alegando que as áreas usadas para obtenção do novo combustível tem diminuído os estoques de alimentos do mundo. "Uma sacanagem já denunciada pelo próprio presidente Lula porque têm medo de concorrer conosco e Rondônia pode se inserir nesse enfrentamento com o aproveitamento dessas áreas, para produção dentro dos preceitos de ecológica e socialmente correta, já que a produção servirá para recuperar área e será feita pelos pequenos produtores de nosso Estado", advoga Amorim.
 
"Venho defendendo a criação de um PAC (programa de aceleração do crescimento), exclusivo para a recuperação das áreas degradadas na Amazônia, em particular em Rondônia, que detém em seu território milhares de hectares que foram degradadas pelas empresas mineradoras. Com essa recuperação do solo resgataríamos áreas para produção de alimentos e o biocombustível, e dessa forma aumentaríamos nossa área agricultável, reduzindo o custo de produção e gerando renda e empregos. Ainda com o uso dessa área, o governo daria resposta também ao programa de reforma agrária e extirparia movimentos bandoleiros, a exemplo da Liga Camponesa dos Pobres (LCP)", argumenta.

O Brasil, segundo ele, já está inserido na preocupação mundial com o meio ambiente, ao tornar-se o maior produtor e exportador de alimentos do mundo. "Não somos dos que defendem o meio ambiente de forma radical e ilógica, precisamos sim, de um ambiente saudável, vital para a saúde e a vida atual e das futuras gerações. Nesse contexto reside a grande oportunidade de Rondônia se inserir no mercado mundial, como um grande produtor de alimentos para a humanidade e contribuir de forma efetiva com o nosso desenvolvimento", avalia. Essa proposta, o deputado já enviou para a Casa Civil da Presidência da República, responsável pela condução do PAC no país, e ao Ministério do Meio Ambiente.

Fonte: Yodon Guedes
 

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 12 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Emenda do deputado Ribeiro movimenta mais de 500 atletas no campeonato estadual de Jiu-Jitsu

Emenda do deputado Ribeiro movimenta mais de 500 atletas no campeonato estadual de Jiu-Jitsu

O ginásio Cláudio Coutinho, em Porto Velho, recebeu entre os dias 08 e 09 de junho, mais de 500 atletas que participaram do Campeonato Estadual de J

Empresário Daniel Moraes Pit Bull anuncia pré-candidatura a vereador em Candeias do Jamari

Empresário Daniel Moraes Pit Bull anuncia pré-candidatura a vereador em Candeias do Jamari

O cenário político em Candeias do Jamari se aquece com a recente novidade da pré-candidatura do empresário Daniel Moraes Pit Bull, filiado ao partid

CCJR discute projeto sobre horários de provas de concursos públicos em Rondônia

CCJR discute projeto sobre horários de provas de concursos públicos em Rondônia

A Comissão de Constituição e Justiça e de Redação (CCJR) distribuiu e deliberou projetos durante reunião ordinária, na manhã desta terça-feira (11).

Doutor Aparício Carvalho e deputado federal Thiago Flores assumem o partido Republicanos em Rondônia

Doutor Aparício Carvalho e deputado federal Thiago Flores assumem o partido Republicanos em Rondônia

O partido Republicanos assume uma nova configuração. O empresário, Médico Psiquiatra, ex-Deputado Federal e ex-Vice-Governador de Rondônia, Aparício

Gente de Opinião Quarta-feira, 12 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)