Porto Velho (RO) sábado, 30 de maio de 2020
×
Gente de Opinião

Política

Rio Grande do Sul vai rever restrições a carne de RO.


Restrições à importação  de carne bovina de Rondônia
serão revistas pelo Governo do Rio Grande do Sul


Porto Alegre – (David Casseb) - As restrições impostas ao estado de Rondônia no tocante à exportação de carne para o Rio Grande do Sul, serão revistas na próxima reunião da Câmara Setorial do comércio, no início do mês de março, em Porto Alegre. A declaração foi dada pelo Secretário de Estado da Agricultura e abastecimento do Rio Grande do Sul, João Carlos Machado, em reunião que durou quase que a manhã toda desta segunda-feira, em Porto Alegre, com a comissão Parlamentar de Rondônia.

A Comissão Parlamentar, formada pelos deputados Luiz Cláudio (PTN), Wilber Coimbra (PSB), Valdivino Rodrigues (PRP), Ezequiel Neiva (PRS) e Ribamar Araújo (PT), tendo ainda como integrante o médico veterinário Márcio Alex da Idaron, manteve reunião com o Secretário da Agricultura e Abastecimento do Estado do Rio Grande do Sul, no sentido de mostrar a qualidade da carne bovina que o estado exporta e as condições técnicas do rebanho bovino de Rondônia.

A explanação de todo o procedimento de controle de zoonoses, por parte da agência de desenvolvimento agro-pastoril, a Idaron, foi feita pelo médico Márcio Alex, que mostrou em data show um quadro esquemático de levantamento, controle e manutenção da saúde de todo o rebanho bovino e bubalino existente no estado.

Durante a reunião, o secretário João Carlos Machado elogiou o trabalho realizado em Rondônia, afirmando que a tecnologia usada e os meios de controle, poderão servir de exemplo para o Rio Grande do Sul. João Carlos agendou uma visita a Rondônia até o final do semestre, para buscar subsídios tecnológicos na área de controle e profilaxia animal.

Um outro ponto destacado pelo secretário é de que as restrições para importação de carne, não se aplica somente a Rondônia, segundo ele, as restrições são válidas para todos os estados brasileiros, inclusive Santa Catarina, que recebeu o Certificado de Área Livre de Aftosa há poucos dias.

Segundo o secretário, não há embargo, e sim restrições temporárias, e que Rondônia poderá continuar a exportação de carne maturada, sem osso, que continua  bem aceita pelo Rio Grande do Sul. O secretário explicou que o que levou o Estado do Rio Grande do Sul a tomar medidas de precaução com relação à importação de carne bovina de todo o Brasil foi o foco de aftosa da Bolívia, ocorrido há pouco tempo. Porém, segundo o próprio secretário, toda a situação de trabalho realizado por Rondônia, e mostrada na reunião, servirá para uma amostragem ampla na próxima reunião da Câmara Setorial para a mudança do quadro.

A reunião, segundo o presidente da Comissão Parlamentar, deputado Luis Cláudio, foi altamente esclarecedora e proveitosa, já que muitos pontos de ambos os estados não estavam claramente definidos, tais como as restrições serem afetas a todos os estados da federação e não somente a Rondônia. "Por outro lado, explicou Luis Cláudio, a apresentação de nosso potencial pecuário, bem como os cuidados com a saúde animal, serviram para incentivar o governo do Rio Grande do Sul a conhecer a realidade econômica de Rondônia e uma possível parceria para dentro de um curto espaço de tempo".

 

Yêda Crusius

Após a reunião com o Secretário da Agricultura e Abastecimento, a Comissão Parlamentar foi recebida pela Governador Yêda Crusius que agradeceu a boa vontade dos parlamentares em vir até o Rio Grande do Sul apresentar a real situação de Rondônia como exportador de carne bovina, o que facilitará em muito uma mudança de procedimento por parte do seu governo, quando da reunião da Câmara Setorial de Comércio.

Mais Sobre Política

Deputado Exalta Servidores do TJ/RO e Critica Omissão da Diretoria do Sinjur

Deputado Exalta Servidores do TJ/RO e Critica Omissão da Diretoria do Sinjur

A última semana foi de intensa articulação na Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia, onde vários Sindicatos compareceram em busca de apoio pa

Adelino Follador volta à cobrar da Seduc a distribuição da merenda escolar para as famílias

Adelino Follador volta à cobrar da Seduc a distribuição da merenda escolar para as famílias

O deputado Adelino Follador (DEM) voltou a cobrar, na terça-feira (26), da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), que disponibilize imediatamente o

Deputado Dr. Neidson pede mais apoio para o setor de saúde do município de Guajará-Mirim

Deputado Dr. Neidson pede mais apoio para o setor de saúde do município de Guajará-Mirim

O deputado Dr. Neidson (PMN), na sessão ordinária desta terça-feira (26), disse que Governo do Estado assumiu a saúde em Guajará-mirim, mas a situ

Deputado Anderson Pereira apresenta projeto para acrescentar tempo de aposentadoria dos servidores da saúde e segurança pública

Deputado Anderson Pereira apresenta projeto para acrescentar tempo de aposentadoria dos servidores da saúde e segurança pública

Devido ao momento caótico que o mundo enfrenta, principalmente servidores das áreas de saúde e segurança pública, ligados diretamente no combate e