Porto Velho (RO) sábado, 31 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Política

Recuperação da Madeira-Mamoré


A Prefeitura de Porto Velho começou o trabalho de revitalização da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, obra há muito esperada pela população, e que deve dar novo impulso ao turismo da Capital. Os tapumes foram colocados no canteiro de obras, dando início à reforma do galpão onde funcionava a oficina da ferrovia.

O presidente da Fundação Iaripuna, Ariel Argob, disse que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) já autorizou a execução da obra, após concluir o laudo técnico. Nesta primeira etapa serão recuperados os três galpões do complexo cujo investimento está orçado em cerca de R$ 2 milhões, já disponíveis na Caixa Econômica.

Na última quinta-feira (27), Argob organizou um ato público na Praça da  Estrada de Ferro para explicar o trabalho que está sendo realizado pela Prefeitura, bem como os benefícios que a revitalização trará para a população e para  a economia do município com o incremento do turismo. Ariel Argob lembra que nos os estados onde o patrimônio histórico foi revitalizado, a iniciativa recebeu a aprovação e o apoio da população.

O prefeito Roberto Sobrinho inclui a obra no projeto de revitalização do centro da cidade realizado pela Prefeitura, em parceria com várias instituições, com a meta de recuperar praças e outros espaços públicos. Ele lembrou que a dificuldade inicial para a liberação de recursos para a Madeira-Mamoré era a falta de um projeto. "A partir do momento em que o Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (IPHAN) aprovou o nosso projeto, pode-se iniciar a obra com tranqüilidade", disse.

Idealizado pelos arquitetos e engenheiros da Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla), o projeto será executado em três fases. A primeira será a recuperação dos galpões onde serão instaladas oficinas de teatro, música, dança, artesanato e pintura. No galpão da marinha, além de oficinas no térreo, será construído no segundo piso um teatro, dois camarins, banheiros. No segundo piso a visão será panorâmica, tanto para o rio Madeira como para a Avenida 7 de Setembro.

O segundo galpão contará com duas salas de espetáculos para eventos diversos e mais um teatro de arena. Já o galpão onde funciona o museu, contará também com um piso superior, onde funcionará uma biblioteca, o museu e mais um espaço para exposições. Na parte inferior serão instaladas duas lanchonetes e dois restaurantes. O prédio onde funcionava a estação também será recuperado. Todos os espaços serão dotados de acesso aos portadores de necessidades especiais. 

Numa outra etapa do projeto está prevista a urbanização do espaço, com a construção de calçadas, praça de alimentação, playground, pista para corrida, quadra poliesportiva, ciclovia e acesso diferenciado para pedestre e veículos. Todo o projeto está orçado em R$ 20 milhões.

Além dos recursos federais, a expectativa do prefeito é que ao ser contemplado com a Lei Ruaner, a Prefeitura encontre mais facilidade para conseguir firmar parcerias com o setor privado, visto que a lei prevê a dedução do valor investido no Imposto de Renda. "Este processo já está tramitando no Ministério da Cultura, assim como também está sendo negociada a transferência de todo aquele espaço para a Prefeitura", afirmou Roberto.  

Fonte: Ascom

Mais Sobre Política

Cristiane Lopes cobra drenagem e pavimentação da rua Vale do Sol

Cristiane Lopes cobra drenagem e pavimentação da rua Vale do Sol

A vereadora Cristiane Lopes (Progressistas) reivindicou novamente a drenagem e pavimentação da Rua Vale do Sol, no bairro Nova Floresta, zona Sul da c

Anderson Pereira defende que Banco do Povo conceda linha de crédito para mototaxistas com taxa mínima de juros

Anderson Pereira defende que Banco do Povo conceda linha de crédito para mototaxistas com taxa mínima de juros

O deputado estadual Anderson Pereira (PROS) encaminhou indicação ao Poder Executivo, com cópia ao presidente do Banco do Povo de Rondônia, para que se

Oficiais de Justiça dizem que projeto do Judiciário tem erros e é inconstitucional; deputado Jean Oliveira ressaltou a importância dessa discussão

Oficiais de Justiça dizem que projeto do Judiciário tem erros e é inconstitucional; deputado Jean Oliveira ressaltou a importância dessa discussão

A Comissão de Constituição, Justiça e de Redação (CCJR) da Assembleia se reuniu na manhã desta terça-feira (27), quando foram ouvidos representantes d

Cristiane Lopes destaca a importância da Prevenção ao Câncer de Mama na data criada por ela em Lei Municipal.

Cristiane Lopes destaca a importância da Prevenção ao Câncer de Mama na data criada por ela em Lei Municipal.

Cristiane Lopes é autora da Lei Municipal que instituiu em 23 de outubro o Dia Municipal de Prevenção ao Câncer de Mama. A importância, vai além de um