Porto Velho (RO) quarta-feira, 24 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Nota de Repúdio - Deputado agredido


Nota de Repúdio - Deputado agredido - Gente de Opinião

  

A Assembleia Legislativa de Rondônia repudia veementemente o desrespeito ao deputado estadual Adelino Follador (DEM), durante o desempenho de suas atividades parlamentares na PCH Jamari, onde buscava informações sobre os graves problemas gerados pela cheia do Rio Jamari. O deputado foi empurrado e expulso do local por um segurança, em uma completa agressão a Constituição do Estado, que garante as prerrogativas do parlamentar no seu legítimo direito fiscalizador.

 

Ao tempo em que se solidariza com o deputado Follador, a Assembleia Legislativa de Rondônia informa que está tomando todas as medidas necessárias, seja para resguardar as prerrogativas de seus membros e ainda buscando firmes ações para minimizar os efeitos da cheia no Rio Jamari.

 

Importante destacar que as prerrogativas dos deputados estaduais garantem a firme atuação da Assembleia Legislativa nas questões de pleno interesse do povo rondoniense.

 

 

Deputado Laerte Gomes

 

Presidente

Mais Sobre Política

Vereador Palitot questiona contratos de transporte escolar fluvial

Vereador Palitot questiona contratos de transporte escolar fluvial

O professor Aleks Palitot participou na manhã desta segunda-feira (22) de uma audiência convocada pela presidência da casa com o objetivo de discuti

Jair Montes faz grave denúncia envolvendo diretora do Detran

Jair Montes faz grave denúncia envolvendo diretora do Detran

O deputado Jair Montes (PTC), na sessão desta terça-feira (23), fez graves denúncias contra a diretora adjunta do Detran rondoniense. Ele disse ser

A pedido de Marcos Rogério, Casa Civil avalia incluir novos servidores na transposição

A pedido de Marcos Rogério, Casa Civil avalia incluir novos servidores na transposição

Em reunião com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, nesta segunda-feira (22/04), o senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu atenção do governo na in

Projeto de lei de Jaqueline Cassol garante trabalho às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar

Projeto de lei de Jaqueline Cassol garante trabalho às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar

No Brasil, uma mulher é vítima de violência física ou verbal a cada dois segundos, de acordo com o Relógio da Violência do Instituto Maria da Penha.