Porto Velho (RO) segunda-feira, 9 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

NOTA DAS ENTIDADES ASSOCIATIVAS DOS SERVIDORES MILITARES E CIVIS


 

NOTA PÚBLICA

 

Das Entidades Sindicais e Associativas de Servidores Públicos Civis e Militares de Rondônia sobre o Movimento das Esposas dos Bombeiros e Policiais Militares

 

As entidades sindicais e associativas representativas dos servidores públicos do Estado de Rondônia, militares e civis, vêm a publico, em virtude dos últimos acontecimentos que giram em torno do movimento de paralisação dos policiais e bombeiros militares, esclarecer:

 

-         As negociações que envolvem o Governo e as entidades associativas que representam os policiais e bombeiros militares têm demonstrado que a suspensão do movimento para uma negociação, visa o prevalecimento do diálogo por parte dos representantes dos militares e a busca de um compromisso por parte do Governo para que atenda as reivindicações, justas, legítimas e razoáveis, dos membros daquelas corporações;

 

-         As matérias e informações desencontradas veiculadas na imprensa, no momento de união dos servidores militares e civis, tentam desarticular a luta até aqui empreendida e minar o apoio que as demais entidades têm dispensado às esposas e familiares dos militares;

 

-         Que o objetivo das entidades sindicais de servidores públicos e privados, ao apoiar os militares, é fortalecer a luta conjunta dos trabalhadores no serviço público, que incansavelmente têm buscado a valorização e o reconhecimento dos servidores pelo atual Governo, que mesmo tendo condições orçamentárias e financeiras, não repôs sequer as perdas mínimas da inflação, ocorridas na atual gestão;

 

-         As manifestações das representantes dos familiares dos militares, fruto desse desencontro de informações, poderiam ter sido evitadas, para que não se proferissem discursos que viessem causar divisão na luta unificada dos servidores públicos, que é a garantia do realinhamento dos vencimentos dos policiais e bombeiros; bem como, buscar a recomposição geral das perdas salariais no percentual mínimo de 10%, cuja viabilidade restou demonstrada pela divulgação da arrecadação do Estado no Diário da Amazônia, edição do dia 21/07/2008;

 

-         Nossa manifestação pública deve-se ao fato de que a sociedade rondoniense não pode ser penalizada, devendo a responsabilidade pela eventual retomada do movimento ser creditada exclusivamente ao Governo do Estado, caso não cumpra o compromisso firmado com aquela categoria, fazendo justiça aos milhares de servidores públicos do Estado com a devida reposição salarial.

 


ASSINAM:

 

ASOF - ADRECS - SINTERO - SINDIFISCO - SINJUR - SINSEMPRO - SINTRAER - SENGE – CUT - SIMPORO - SINSDET - SINDAFISCO - ASPOMETRON.

 

 

Mais Sobre Política

 Vereadora Cristiane Lopes e SINJOR realizam evento sobre medida que extingue registro profissional

Vereadora Cristiane Lopes e SINJOR realizam evento sobre medida que extingue registro profissional

Jornalistas de Porto Velho reuniram-se na Câmara Municipal de Porto Velho, para discutir os efeitos da Medida Provisória 905/2019, que extingue a

Governo atende pedido do deputado Adelino Follador e abre processo seletivo na Idaron

Governo atende pedido do deputado Adelino Follador e abre processo seletivo na Idaron

O pedido foi apresentado ao governador Marcos Rocha (PSL) pelo deputado Adelino Follador (DEM), após visitas nas sedes das Agências de Defesa Sanitári

Sessão Solene marcou a entrega da honraria a 30 homenageados, no Dia da Consciência Negra

Sessão Solene marcou a entrega da honraria a 30 homenageados, no Dia da Consciência Negra

O deputado Lazinho da Fetagro (PT) comandou na tarde desta quarta-feira (20), no auditório da Assembleia Legislativa, Sessão Solene para homenagear

Presidente Laerte Gomes ressalta importância da união entre os poderes para o cumprimento do Teto de Gastos de 2019

Presidente Laerte Gomes ressalta importância da união entre os poderes para o cumprimento do Teto de Gastos de 2019

Na tarde desta segunda-feira (18), o presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB), participou da reunião com o Colegiado Superior do Es